Home»Artigos»Como utilizar sombras para fazer um bom ensaio boudoir

Como utilizar sombras para fazer um bom ensaio boudoir

4
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Jogar com sombras não é um conceito novo, no entanto se tornou-se uma tendência recentemente na hora de fazer um bom ensaio boudoir.  Esse tipo de fotografia ainda permanece caracterizado no lado íntimo e romântico da fotografia ao invés de buscar imagens mais eróticas.

Em uma competição recente em um concurso de fotografia nos estados unidos, onde o tema era ensaio boudoir, muitos fotógrafos exploraram a ideia das sombras durante o ensaio, mas de forma muito diferente chegaram a resultados únicos. Isso traz atenção para o aumento na busca de personalização das técnicas já muito conhecidas e utilizadas, como luz e sombra.

Elementos decisivos para um bom ensaio boudoir: uma combinação da pose do modelo junto com o ponto de vista dos fotógrafos e o foco de sua lente fotográfica. Estes dois últimos elementos desempenham o papel principal, enquanto a iluminação proporciona o humor necessário para criar a imagem final.

ensaio boudoir

 

Ter um conhecimento nos componentes da iluminação na fotografia pode te ajudar a ter uma visão mais ampla do assunto. Pois para alcançar as sobras desejadas e causar o impacto que precisa, os três elementos mencionados no parágrafo anterior devem se harmonizar com a Luz do ambiente. É a partir daí que o ponto de vista do fotógrafo é muito importante demarcar áreas escolhidas e deixa-las mais ou menos iluminadas.

Para atingir uma boa iluminação, iluminadores de LED ou softbox para estúdio devem estar, preferencialmente, com o difusor instalado para evitar luz muito dura e a perda da naturalidade da pele, cabelos e detalhes que possam ser atraentes ou que estejam sendo buscados. Rebatedores de estúdio ou para flash speedlite podem ser usados para dar as cores e tons desejados no ensaio boudoir.

ensaio boudoir
Imagem de um ensaio boudoir em tons frios.

Nesse processo, a temperatura de cor pode influenciar bastante, já que uma das funções na fotografia é passar uma ideia de sensação. A temperatura mais quente passa a ideia de aconchego e calor, claro, que são mais atraentes em determinados tipos de fotografia, enquanto os tons mais frios passam ideias de distância e proporcionam mais atenção do expectador, em contraste com as sombras, que não sofrem muitos efeitos com a temperatura de cor, mas criam novos aspectos no ensaio boudoir.

 

ensaio boudoir
Imagem de um ensaio boudoir em tons quentes

 

Utilizar a luz natural do sol em ambientes amplos, ou janelas realçam mais os detalhes do corpo de quem é fotografado no ensaio boudoir, como clavícula, perfil da face, bem como os elementos em torno dela, como mesas e camas.

Durante a sessão em si, a iluminação natural pode ajudar a/o modelo a fornecer uma expressão facial que corresponde à imagem, harmonizando o resultante final, pois luzes muitos potentes em ambientes pequenos, além de tirar a naturalidade do disparo pode não permite abertura dos olhos, sorrisos e muito mais.

Caso o uso de luz natural não seja possível, tente difundir ao máximo, dentro da intensidade de iluminação que você precisa, pois, as imagens difundidas de alta intensidade lisonjeiam a pele e dão um toque aveludado e receptivo, enquanto a parte técnica transmite outros aspectos, caracterizados por distâncias focais suaves e uma profundidade de campo rasa.

Em resumo, quando menor for a fonte de luz ou mais suave ela for, mais fácil será para o fotografo modelar as sombras, dar relevos e intensidade à imagem, não apenas às imagens finais, mas também ao humor criado no próprio cenário do ensaio boudoir.

ensaio boudoir

A pose das(os) modelos devem ser também o mais natural e nunca excessivamente eróticos ou sexualmente sugestivos ao posar. A este respeito, a expressão facial é mais importante do que o estilo da roupa que estiver vestindo ou mesmo se não estiver usando nada. Um contato sutil entre a(o) modelo e a câmera, ou mesmo um olhar distante com uma boa jogada de luz pode ser o suficiente para atingir bons resultados no ensaio boudoir.

Em suma, utilizar uma boa luz natural, mas não abrir mão de bons acessórios de foto e vídeo, como os mencionados é indispensável para se alcançar a luz ideal e, consequentemente, as sombras. Quando não for possível, kits de iluminação para estúdio fotográfico juntamente com técnicas de fotografia e um olhar profissional podem ajudar a criar um inesquecível ensaio boudoir.

Comentários

comentários

Post anterior

Workshop “Um olhar na Semana Santa de Ouro Preto”

Próximo post

Fotografar no pôr do Sol e no nascer: 4 dicas valiosas