Home»Artigos»Como trabalhar com fotografia? Veja as formas e opções de trabalho para você empreender !

Como trabalhar com fotografia? Veja as formas e opções de trabalho para você empreender !

5
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

O ramo da fotografia é muito amplo e oferece diversas oportunidades para os amantes das fotos. Ao mesmo tempo que isso gera várias opções, gera também diversas dúvidas, por este motivo logo abaixo terão algumas informações sobre o ramo da fotografia para você seguir e dicas para você empreender no ramo fotográfico.

Confere aí!

Fotografia – divulgações pela internet

Para você que está iniciando na profissão de fotografia, é importante que você realize um primeiro ato para que depois você consiga clientes em potencial, tudo precisa de um primeiro passo. Veja só alguns passos para você se guiar melhor!

Criar um portfólio de Fotografias

Você pode estar pensando que para que você crie um portfólio é necessário ter clientes, mas isso não é necessariamente uma regra. Uma informação que é importante você definir é: qual o ramo da fotografia você quer trabalhar?

Mesmo que seja em todas, inicie com alguma de sua preferência e que você já tenha uma expertise para fotografar, ou seja, lugares que você já fotografou, editou e que ficaram profissionais. As imagens têm que despertar a atenção dos seus futuros clientes.

Após isso, faça fotografias com as características do ramo desejado, faça edições em programas que deixem suas fotos profissionais e atraiam os clientes.

Se você já trabalha com fotos, atualize o seu portfólio e inove em suas fotos para conseguir novos clientes.

Divulgue seu portfólio em plataformas

Você pode criar um site para divulgar o seu portfólio, mas para que isso seja feito perfeitamente é necessário que você invista em um programador e web designer, por isso se você está iniciando na profissão, vai acabar gerando um valor relativamente alto para divulgar suas fotos.

Para evitar esse gasto você pode optar por divulgar suas fotografias em um blog (mas nesse caso vai ter que investir tempo para divulgar essas fotos para que pessoas as achem), ou em plataformas próprias para isso (já é uma forma completa de divulgação), como:

  • Picasa;
  • Olhares;
  • Photoblog;
  • Flickr

Proteja as fotografias e envie seu portfólio

Proteger suas fotografias é muito importante, por isso é importante que, para divulgação, você coloque sempre a marca d’água indicando que você quem fez o trabalho fotográfico.

Após isso, envie o portfólio por e-mail para seus clientes com as marcas d’água. Envie para futuros clientes, clientes antigos ou possíveis clientes como forma de divulgação dos seus melhores trabalhos.

Fotografia – trabalhe pela internet

Caso você tenha tempo, internet e um computador em casa, você pode optar por trabalhar com esse ramo direto da sua casa.

Fotografia para e-commerce

Você pode optar por tirar fotos e editá-las para empresas que trabalham com e-commerce que é a venda pela internet, imprimindo a visão que o cliente quer passar para o seu consumidor.

Fotografia em site ou blog

Uma forma que talvez você não conheça é trabalhar com fotografias em um site ou blog, mas conseguindo fundos com esse blog ou site.

Isso é possível através de um recurso do Google chamado AdSense, ele cria anúncios em suas páginas e você ganha por visualizações dos anúncios ou compras a partir do clique feito pelo cliente em seu site ou blog (depende do programa de afiliado que você se cadastrar).

Em um blog ou site, é importante que você crie conteúdos interessantes e procurados para os seus possíveis clientes.

Marketing em Fotografias

Com certeza essa é uma área importante para os empreendedores, no ramo da fotografia não é diferente. Algumas dicas para você investir são:

  1. Tenha seu Site ou Redes Sociais: o Marketing Digital é muito importante para o seu negócio. Com ele você define os tipos de relacionamentos que você terá com seus clientes, permite contatos abertos dos clientes com sua empresa e abre a possibilidade de pessoas compartilharem o seu trabalho e possuir um alcance maior.
  1. Identidade Visual: crie um estilo próprio e que imprima sua identidade para os clientes, é importante ter um diferencial. Além disso invista em Logotipo, em muitos casos os clientes terão o primeiro contato com a sua marca vendo o seu Logotipo.
  1. Equipamentos: faz parte do Marketing, uma vez que se você não tiver os equipamentos adequados para atingir o resultado necessário para a fotografia, o impacto visual para o seu cliente não será o mesmo.
  1. Seja aberto aos clientes: você já deve ter tentado comprar algum produto ou serviço e não conseguiu entrar em contato com a empresa, ou não achou um meio de contato. Por isso é importante que você deixe sempre os seus contatos, para que o cliente fale com você. A dica em um blog, por exemplo, é criar um formulário para que os clientes tirem suas dúvidas.

Monte seu negócio de fotografia

São diversos os ramos que o fotógrafo pode trabalhar, para você que está iniciando e quer trabalhar já recebendo um valor interessante, existem quatro opções selecionadas como as melhores que são:

  1. Eventos sociais (casamentos / empresas);
  2. Fotografar bebês;
  3. Publicidade;
  4. Fotografar

Outros 15 ramos da fotografia que você pode procurar para trabalhar, são em:

  1. Arquitetura;
  2. Revistas;
  3. Moda;
  4. Jornais;
  5. Comercial;
  6. Indústria;
  7. Natureza e paisagem;
  8. Vida submarina;
  9. Ciência;
  10. Aerofotografia;
  11. Modelos;
  12. Animais;
  13. Books;
  14. Esportes;
  15. Produtos.

Fotografias em banco de imagens

Se você já fotografa determinados ambientes e quer vendê-las, mas ainda não possui clientes, pode optar por bancos de imagens, como:

  • Fotofolia;
  • Alamy;
  • Auroraphotos;
  • Istockyphoto.

Eles pagam porcentagens em cima de cada foto vendida pelo banco deles, é uma boa opção para quem está iniciando.

Montar um estúdio de fotografia ou não?

Isso, como você deve ter notado, vai depender do seu estilo de trabalho.

Se você quiser abrir um estúdio, claramente, vai precisar de um lugar físico. Não precisa ser grande, mas tem que ter todos os recursos necessários para realizar os efeitos precisos em books, fotografias de bebês e etc. Além disso, você terá que investir em acessórios.

Uma outra opção é você alugar um estúdio, é essencial para você que deseja ser freelancer em fotografia e que vai usar poucas vezes os espaços de um estúdio, por exemplo: freelancer de fotografia em empresas de publicidade.

Agora você já pode começar a divulgar suas fotografias e já sabe que se precisar de alguma solução, estaremos aqui para te auxiliar!

Um abraço e sucesso!

Comentários

comentários

Post anterior

VENCEDORES DO WORLD PRESS PHOTO 2017 SÃO ANUNCIADOS

Próximo post

DICAS FÁCEIS E PRÁTICAS SOBRE O EFEITO PANNING