Home»Artigos»Composição Fotográfica: Todos os fatos que você precisa saber !

Composição Fotográfica: Todos os fatos que você precisa saber !

10
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

A composição fotográfica é o ponto fundamental para o sucesso de suas imagens. De nada adianta uma sessão de fotos longa se o conjunto não for convincente e equilibrado. Está técnica, desde que bem executada, transmite de forma eficiente a mensagem de suas fotos e facilita o entendimento de suas imagens para o espectador.

O termo composição fotográfica diz respeito à organização dos elementos visuais de suas fotos na tela da câmera digital, incluindo o seu tema principal, o periférico e elementos de fundo que compõem a sua fotografia.

O equilíbrio entre esses pontos é o que chamamos de fotografia bem-sucedida. Entretanto, para além de uma técnica teórica, a composição fotográfica depende ativamente da criatividade e sensibilidade do fotógrafo, ponto determinante no processo.

Além disso, a composição fotográfica também determina a impressão causada por suas fotografias. Ou seja, a maneira como você organiza os elementos visuais em suas fotos, influência na maneira como as pessoas irão perceber os aspectos de sua fotografia.

Neste artigo, você irá conferir tudo o que precisa saber sobre composição fotográfica e como executá-la da melhor maneira possível.

Formatos padrão de composição fotográfica

Há uma série infindável de princípios e regras para composição fotográfica. Além dos formatos estudados ricamente na literatura fotográfica, cada fotógrafo pode ter a sua própria maneira de compor a sua fotografia e dar significado a ela.

Contudo, três formatos padrão de composição fotográfica são amplamente discutidos no cenário de fotografia profissional e vamos discorrer brevemente sobre cada um deles. Na sequência, vamos discutir outras regras de composição fotográfica que também podem ajudá-lo em seu trabalho como fotógrafo profissional.

Os três formatos padrão de composição fotográfica são: A Regra Áurea, Regra dos Terços e a Regra das Metades. Ao capturar as suas fotos, além de levar em conta “Os Truques Para Evitar Imagens Borradas vistas em outro artigo, o fotógrafo também deve escolher o melhor método de composição fotográfica.

Regra Áurea de composição fotográfica
composição fotográfica razão áurea

A primeira regra de composição fotográfica é baseada na razão áurea, onde é traçada uma linha perpendicular a partir do ponto superior da foto em ângulo reto, até um traço diagonal. Desta forma, são gerados os chamados “Pontos de Poder”, região da imagem onde as linhas se cruzam.

O intuito da regra áurea de composição fotográfica é posicionar o objeto principal de sua imagem em um desses pontos de poder, dando equilíbrio e sensação de dimensão para a sua fotografia, tornando-a mais clara em relação a sua mensagem.

Com isso, o fotógrafo consegue unir em suas imagens beleza, estabilidade, dinâmica e um perfeito posicionamento dos elementos primários, secundários e de fundo, sem mencionar, que o tema da foto estará bem equilibrado com os outros aspectos.

Regra dos Terços de composição fotográfica
composição fotográfica regra dos terços

A Regra dos terços é conhecida pela maioria dos fotógrafos, independente de seu nível de conhecimento e experiência. Possui uma semelhança incrível com a Regra Áurea que vimos anteriormente e utiliza de duas linhas verticais ou horizontais para dividir a imagem em três partes.

De acordo com a divisão da imagem, a regra dos terços pode se dividir em: orientação vertical com 3 seções verticais, orientação vertical com 3 seções horizontais, orientação horizontal com 3 seções horizontais ou verticais. Sendo que a palavra seção aqui se refere a cada retângulo gerado na imagem ao traçar as linhas.

As seções da imagem na regra dos terços de composição fotográfica, também podem ser chamadas de pontos de interseção e, geralmente, o tema principal da foto deve ser alinhado ao centro com uma das linhas.

Regra das Metades de composição fotográfica
composição fotográfica regra das metades

Na regra das metades, por sua vez, a divisão da imagem ocorre ao traçar apenas uma linha, criando metades iguais, que podem ser de nível superior – inferior, esquerda – direita ou ainda seções diagonais. O objetivo é criar uma foto direta, nítida e que realça o tema principal da sua fotografia, deixando-o em maior destaque.

O principal diferencial da regra das metades para composição fotográfica é seu contraste extremamente limpo, apresentando assim uma impressão sólida de estabilidade e utilizando de tons opostos, como claro e escuro, para enfatizar determinada região da imagem.

Outros estilos de composição fotográfica

Como já mencionamos antes, existem outros estilos de composição fotográfica para além dos três principais que discutimos acima. Por isso, vamos citar mais alguns deles em que a composição de suas fotos pode ser baseada. Entre eles:

Curva em forma de S
composição fotográfica curva

Curvas em forma de S traz sensualidade à composição fotográfica, suaviza, ajuda a direcionar o olhar graças ao tipo de distorção diagonal. É uma grande ajuda na transmissão de profundidade devido à associação que o nosso cérebro faz com outros objetos da realidade, ou algo semelhante ao que a imagem mostra que já vimos antes.

As curvas em forma de S são utilizadas, especialmente, para incluir no quadro elementos da natureza, alguns deles aparecem de forma repetida. O curso de um rio, uma estrada, ou a borda de um lago podem usar desta regra de composição fotográfica em suas fotos.

Mas, vale ressaltar que esses elementos não têm necessariamente de ser objetos. Uma sombra, uma linha que separa duas áreas com iluminação diferente também pode ser considerada uma curva em S.

Sol nascente
composição fotográfica sol nascente

Neste estilo de composição fotográfica, o fotógrafo deve centralizar o tema principal na imagem, deixando-o em destaque e contribuindo para a identificação imediata em sua fotografia.

Fotos do amanhecer, pôr do sol ou luar são exemplos comuns deste tipo de fotografia, onde a estrela ou astro é destacado na imagem e o plano de fundo (céu) desfocado. No entanto, também é possível empregar este padrão de composição fotográfica em outros métodos de fotos, utilizando-se os mesmos conceitos e padrões.

Linha diagonal
composição fotográfica diagonal

As linhas diagonais, que podem ser imaginárias ou não, servem para direcionar o olhar do espectador e, ao mesmo tempo, adicionar trama as suas fotos. Também podem ser usadas para transmitir a impressão de distância e espaço, com o chamado ponto de fuga, ou ainda usar de linhas de perspectivas para deixar as imagens mais impactantes.

Linhas triangulares ou em forma de V
composição fotográfica triangular

Está composição fotográfica é comumente utilizada em temas estendidos por longas distâncias na imagem em linha reta. Um exemplo deste estilo de composição é o retrato de estradas simples, vales, fotos do horizonte e assim por diante. A posição do triângulo altera a perspectiva da imagem, um triângulo apontado para cima representa estabilidade, apontado para baixo, no entanto, transmite instabilidade na imagem.

Linhas verticais
composição fotográfica vertical

As linhas verticais são usadas nas imagens para transmitir ordem, padrão e organização de qualquer método. Fotografia de bosques de cedros, exteriores de edifícios, etc. são exemplos claros desta composição fotográfica.

Linhas de interseção
composição fotográfica interseção

Ao contrário do que acontece na Regra dos Terços e outros estilos padrões de composição fotográfica, o foco neste tipo de imagem está num ponto de interseção e não em qualquer outra parte da imagem. O resultado é uma impressão mais forte neste tipo de composição fotográfica do que em qualquer outra.

Agora que você conferiu todos os fatos que precisa saber sobre composição fotográfica, deixe o seu comentário sobre isto e partilhe a sua própria experiência no campo de comentários abaixo.

Comentários

comentários

Post anterior

Como Fotografar Retratos Empresariais

Próximo post

Dicas para usar luzes LED