Home»Dicas»Dicas para fazer uma boa fotografia de show

Dicas para fazer uma boa fotografia de show

5
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Antigamente, shows musicais só podiam ser registrados por fotógrafos e câmeras profissionais. Porém, com a popularização das câmeras digitais, a fotografia de show não só ficaram mais acessíveis como as restrições contra câmeras amadoras praticamente não existem em recintos de concertos musicais. Com as câmeras portáteis e celulares, hoje em cima é impossível impedir que o público fotografe os espetáculos.
No entanto, por serem em ambientes não favoráveis à fotografia e por o público, geralmente, ser amador na fotografia profissional, é comum que os resultados fotográficos em shows sejam frustrantes. Por isso, confira algumas dicas para facilitar e melhores os seus resultados na fotografia de shows.

Se prepare antes do show

O preparo para fazer uma boa fotografia de show deve começar antes de sair de casa: cheque a bateria da câmera. Durante shows, para não perder nenhum momento, é comum deixar a câmera ligada por muito tempo, por isso essa parte é essencial. É recomendável também levar uma um Batterry Grip ou bateria extra, ou mais pilhas, para que todos os momentos importantes do show sejam capturados
Confira também se você vai poder entrar com sua câmera no local do show. Apesar de ser cada vez mais difícil, alguns eventos podem proibidor que o público faça fotografia de shows.

bateria-bp70a-camera-digital-samsung-es65-es70-st60-original-10964-MLB20037545302_012014-F

Escolha um bom local

Estar bem localizado no local do evento é muito importante na hora de fazer fotografia de show. Esses lugares costumam ficar apertados por causa da quantidade de pessoas e fazer fotos de vários ângulos se torna uma tarefa difícil. Por isso, estude o local ao chegar – e tente chegar cedo. Se for possível variar o local das fotos, o resultado será ainda melhor, porque você vai conseguir pegar todos os integrantes da banda e os detalhes da apresentação.
Lembre-se que o melhor lugar não é necessariamente na primeira fila. Seja estratégico.

Abandone o flash

Fotógrafos amadores costumam pensar que o flash é necessário em ambientes com pouca luz para que os elementos principais da imagem fiquem iluminados, mas esse é um pensamento errado.
O flash de câmeras fotográficas, principalmente das compactas, tem um alcance de poucos centímetros. Uma fotografia de show feita da arquibancada, por exemplo, exige um alcance de flash bem maior que o adquirido por câmeras compactas.
Já que iluminação do palco de um show é estudada minuciosamente para mostrar os artistas e os detalhes da apresentação, utilize esse recurso, desligue o flash e captura o momento utilizando essa iluminação.
O uso do flash, mesmo se você estiver próximo ao palco, vai ocasionar a capturas do primeiro objeto que está à sua frente, deixando o fundo escurecido. O resulto do flash, portanto, pode ser exatamente o contrário do que desejado em uma fotografia de show.

show

Ajustes da velocidade e do ISO

O flash pode ajudar na hora de congelar uma ação. Se o uso desse recurso está “proibido” em fotografia de show, como evitar uma foto tremida? Sabendo ajustar adequadamente a velocidade do obturador e da Sensibilidade ISO.
Algumas câmeras compactas permitem que a velocidade do obturador seja controlada, por isso, verifique no manual do seu equipamento se isso é possível antes de fazer uma fotografia se show. Nessa configuração, o fotógrafo determina o tempo que o sensor tem para captar a imagem e, quanto maior o tempo, mais luz entra na câmera.
Já o ISO é responsável pela sensibilidade do sensor. Quanto maior o valor do ISO, maior é a sensibilidade e mais luz ele é capaz de captar.
Quando não se usa o flash, a câmera precisa de uma velocidade mais alta para não tremer a imagem. No entanto, essa configuração pode escurecer a fotografia e aí que entre o ISO: com um valor alto, o sensor capta mais luz em menos tempo.
O segredo, então, é um ISO alto e uma velocidade razoável (por volta de 1/60). Em câmeras compactas, o ISO pode chegar a 1600 ou 3200.

Estabilizar a imagem

Muitas câmeras possuem o estabilizador de imagem. Antes de fazer as fotografias de shows, lembre-se de ativá-lo. Ele consome mais bateria, mas ajuda a não deixar as fotos tremidas. Para câmeras com lentes intercambiáveis, o estabilizador está na própria lente. Observe se a objetiva tem esta função antes de comprar.

Atente-se ao enquadramento

O enquadramento é muito importante na fotografia. Mesmo que você não esteja próximo ao palco, ou em uma posição favorável, uma boa composição de imagem pode salvar a fotografia.
Tente não cortar as cabeças dos artistas, nem partes do corpo, ou instrumentos. Tenta também desviar dos microfones que podem ficar na sua frente. Saiba usar e distribuir bem elementos decorativos do palco para enquadrar a imagem e usá-los como molduras.
Iluminação do palco, instrumentos e integrantes secundários das bandas podem colaborar com o enquadramento da sua fotografia de show e, por isso, não devem ser ignorados. Aproveite-os pensando na regra dos terços.

Aproveite os detalhes

Dentro do enquadramento, saiba aproveitar os detalhes de um show e não foque somente no rosto dos artistas. Capture detalhes do palco e instrumentos. Nesse quesito, estar mais próximo do palco pode ajudar. Incremente sua fotografia com elementos que possam torná-la diferente.

hayley-williams-se-apresenta-com-o-paramore-em-sao-paulo-20022011-1298251580572_1024x768

Edição

Se as sua fotografias não ficarem boas por causa da iluminação, ou da posição em que você estava, há sempre o recurso da edição posterior à produção de imagem. Mude o contraste, brilho, saturação, deixe as imagens em preto e branco…

Comentários

comentários

Post anterior

Dicas para Tirar Boas Fotos de Pássaros

Próximo post

Workshop de Fotografia - A linguagem Fotográfica surreal