Home»Dicas»Dicas para fotografias de arquitetura mais criativas

Dicas para fotografias de arquitetura mais criativas

8
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Um dos fatos curiosos na fotografia de arquitetura é que um de seus maiores benefícios – os “modelos” não se moverem – também podem ser um dos maiores pontos negativos. Mas não tenham medo. Nós fizemos uma lista de dicas para te ajudar a pensar de forma mais abstrata e criativa quando for fotografar prédios e outros elementos arquitetônicos.

Dica 1: pense de maneira diferente nas fotografias de arquitetura

Procure por pontos de vista intrigantes e incomuns, ou tente registrar detalhes surpreendentes e interessantes para fugir do aspecto comum de “caixa de chocolate” que várias fotografias de arquitetura têm.

fotografias de arquitetura

Dica 2: depois de escurecer

Alguns prédios ganham vida depois que a noite cai, principalmente quando eles são iluminados por luzes dramáticas de holofotes, ou painéis coloridos de propaganda. Enquanto alguns acham que outdoors iluminados causam poluição visual, os fotógrafos podem capturar a beleza deles em fotografias de arquitetura.

fotografias de arquitetura

Dica 3: Defina uma abertura pequena

Quando você for fazer fotografias de arquitetura, é melhor usar uma abertura menor para certificar que tudo sairá nítido na imagem. Os arquitetos amam linhas e detalhes e esse trabalho deles deve ser mostrado nitidamente nas suas fotografias.
Uma abertura de f/13, ou f/16 promove a combinação perfeita entre a profundidade de campo e a qualidade de imagem (muitas lentes possuem um ponto específico no meio do quadro de abertura e não deixam as imagens tão nítidas). Um ISO de 200, ou menor também é essencial para garantir fotografias de arquitetura sem o aspecto granulado.

Dica 4: Procure por formas e detalhes

Use o visor da sua câmera digital para enquadrar – e fotografar – opções diferentes de poses; no entanto, às vezes é difícil dizer se uma composição vai funcionar apenas olhando para o visor. Por isso, a dica é procurar sempre por formas repetidas e detalhes para focar neles e isolá-los de elementos sem formas.
Linhas fortes diagonais podem ajudar a fazer com que sua fotografia de arquitetura fique mais dinâmica. Para fotografias mais abstratas, tente entortar a sua câmera, tomando o cuidado de eliminar qualquer elemento que possa dizer muito sobre o contexto, porque eles podem reduzir o aspecto abstrato da sua fotografia.

fotografias de arquitetura

Dica 5: segurar na mão, ou usar um tripé?

Fotografias de arquitetura costumam ser feitas com um tripé, mas se você for fazer imagens abstratas, fotografar segurando a câmera na mão pode ser mais fácil para se movimentar e tentar ângulos diferentes. Se a sua lente fotográfica possui um sistema de estabilização de imagem, certifique-se de que ele está ligado.
Quando você for disparar a sua câmera Dslr, esteja em uma postura reta, “prenda” os braços na altura da cintura para dar suporte ao equipamento fotográfica e segure a respiração para evitar movimentos e garantir fotografias nítidas. Se você estiver usando um tripé, opte por aqueles que tenham cabeças móveis, que te dão mais liberdade de movimento do que os tripés normais.

Dica 6: aguarde…

A melhor coisa da arquitetura é que o seu modelo não vai se mexer, o que significa que você terá tempo de fotografar o que quiser.
Se a luz está mudando, ou se o seu enquadramento está pegando algumas nuvens ruins, compensa ser paciente: você pode aguardar até que as nuvens adquiram posições sensacionais para uma fotografia, por exemplo. Isso faz com que você atinja um elemento composicional diferente.

Dica 7: fique distante

Fotografar prédios de perto com uma lente grande angular faz com que eles fiquem distorcidos na imagem. Se afaste do objeto principal para conseguir uma distância focal bacana.

Dica 8: hora dourada

Sempre fotografe instantes antes do por do sol, ou do nascer do sol. Quando o sol está baixo no céu, ele dá uma iluminação mágica que realça qualquer fotografia, sendo de arquitetura, ou não. Além disso, as sombras longas da hora dourada ficam ótimas para imagens arquitetônica.

Comentários

comentários

Post anterior

Fototurismo - Um guia rápido para tirar as melhores fotos nas suas viagens

Próximo post

Samyang apresenta suas primeiras lentes com AF