Home»Dicas»Dicas para usar luzes LED

Dicas para usar luzes LED

3
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Para muitos cineastas indie, a escolha de equipamentos de iluminação fica definida muitas vezes menos sobre os recursos adequados e mais sobre o preço certo. Assim, as chances são altas de que se você, em algum momento do passado recente, tentou fazer a iluminação de um filme com um orçamento baixo, você já trabalhou com luzes LED.

Isso é porque eles são frequentemente muito mais dentro das possibilidades de um cineasta indie do que luzes de tungstênio tradicionais: eles são muito mais acessíveis, exigem menos energia, e não aquecem tanto (que é ótimo para aqueles que estão trabalhando sem nenhuma experiência com vários equipamentos de iluminação, possivelmente com perigos para todos envolvidos). No entanto, como tudo neste mundo – para cada pro, existe um contra. Aqui nós temos algumas dicas para que você escolha bem as luzes LED.

Os prós e contras de trabalhar com LED

Led Sungun

Pros

LEDs custam significativamente menos.

LEDs exigem menos energia. O Aputure Lightstorm 1 (LS1), por exemplo, requer menos da metade da quantidade de energia que uma 300w requer, no entanto, é tão brilhante como três 300ws.

LEDs são muitas vezes mais portáteis. Muitas têm a acessibilidade de ser operado por bateria, ou com pilhas AA padrão para modelos menores ou com baterias, como a bateria v-mount para painéis de luz de LED maiores.

A característica mais predominante das luzes LED é que elas só aquecem uma fracção da temperatura que a luz de tungstênio 300w iria aquecer. Para fazer ajustes apenas nas portas das abas da 300w você precisa de luvas, ou pelo menos esperar uma pequena quantidade de tempo antes de fazer quaisquer ajustes. No entanto, uma pequena luz LED que tenha sido usado por 25 minutos diretamente pode ter o mesmo calor que você acharia no seu telefone após 15 minutos de uso contínuo, o que é quase nada.

Contras

No entanto, a desvantagem de LEDs é que às vezes a paleta de cor pode ser desagradável vindo de modelos mais baratos.

Você pode realmente ter uma luz de Fresnel com LEDs dentro em vez de uma lâmpada de tungstênio, que oferece o melhor dos dois mundos. No entanto, essas luzes vão destruir o seu orçamento.

Outra desvantagem de se usar LED é que agregar vários LEDs não difusos de diferentes marcas podem lançar cores incoerentes e sombras indesejadas. LED mais baratos também podem fazer uma centelha, quando suas baterias estão começando a acabar. Algo que não aconteceria com uma luz de tungstênio alimentado a partir da rede de energia.

Em comparação com uma luz de Fresnel, contudo, as LEDs podem frequentemente parecer que a sua construção é mais barata. As portas de proteção geralmente são de plástico, e por experiência própria, quando uma luz de Fresnel é derrubada, as portas de metal resistente são o que normalmente salva a lente de ser esmagado em mais de uma vez.

 

Como eu disse no começo, usar iluminador de LED é, provavelmente, uma grande alternativa ao uso de iluminação de tungstênio tradicional, se você 1.) estiver com um orçamento baixo, e 2.) seja inexperiente ao trabalhar com luzes. LEDs são frequentemente muito mais baratas (em preços e, naturalmente, qualidade de construção) do que tungstênio, e não esquentam o suficiente para exigir que você use luvas para tocar a luz ou as abas de proteção. Além disso,a energia que elas precisam para trabalhar é significativamente menor, o que significa que você provavelmente pode ligá-las em tomadas domésticas normais (ao contrário de um gerador), sem o risco de sobrecarregar o disjuntor / fusível e provocar um incêndio.

Refletor de LED

Comentários

comentários

Post anterior

Composição Fotográfica: Todos os fatos que você precisa saber !

Próximo post

10 Dicas vitais para um Fotógrafo de Casamentos