Home»Equipamentos»Drones revolucionando o mercado – TUTORIAL Dji Phantom 3

Drones revolucionando o mercado – TUTORIAL Dji Phantom 3

4
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Quando falamos de cinegrafia do momento, falamos de uma tecnologia que chegou a alguns anos no mercado audiovisual e está progredindo a cada dia. O drone se tornou uma ferramenta importantíssima na mão de qualquer cinegrafista, justamente por dar a liberdade de se fazer takes unilaterais, em qualquer que seja a altitude e de qualquer que seja o âmbito do diretor. Com imagens áreas em mãos, é possível diversificar os takes na edição, trazendo dinamismo, alterando imagens de acordo com as batidas das respectivas músicas usadas pelo editor, ou até mesmo pela movimentação que o drone pode proporcionar.

Neste post ire Dji Phantom 3 i falar especialmente dos drones da DJI, que se estabeleceram primeiramente no mercado e conseguiram tornar os drones, algo acessível a profissionais autônomos e não somente a produtoras ou emissoras de televisão. A DJI lançou um equipamento de ótimo alcance com um custo relativamente acessível e uma qualidade de imagem incrível, que a cada ano vem se aproximando da perfeição e veracidade quando o assunto é registro da imagem.

Para vocês entenderem como funciona a linha Dji Phantom, eles a cada ano lançam uma atualização de seu drone, que pode ser chamado de 1,2,3,4 e assim por diante, porém dentro de cada versão anual, é lançado também o modelo para determinado tipo de uso e interesse.

Por exemplo, na linha Phantom, que é a linha de maior popularidade da Dji Phantom, na versão Dji Phantom 3, ela deixou disponível ao público, as Versões Standard, Advanced e Pro, onde o que muda entre uma e outra na maioria das vezes é o alcance do rádio, tamanho de captação de imagem, como 2,7k, 4k e etc. e comandos automáticos como perserguir um objeto selecionado, ou percorrer um circuito pré-determinado.

Dji Phantom 3

Desde as primeiras versões até a atual, o dispositivo “Go Home” é uma das maiores funcionalidades do drone, pois possibilita que quando o mesmo perca o sinal, esteja acabando a bateria ou coisa do gênero, ele retorne para o ponto de origem que ele decolou chamado de “home”, evitando assim que ele possa ser perdido.

 

A grande barreira que ainda não conseguiram evoluir é a do alcance da bateria, que em casos extraordinários não passa de 25 minutos de autonomia. Muitas vezes o drone tem a capacidade de voar 2, 3, 4 km… porém ele não teria tempo de ir e de voltar antes que acabasse a bateria.

 

 

A Dji Phantom com a evolução dos smartphones e dispositivos mobile, lançou um aplicativo, onde ele se comunica diretamente com o rádio que consequentemente se comunica com o drone, para disponibilizar ao piloto, a visão em tempo real da câmera que está abordo do quadricóptero e assim proporcionar voos além do visual, podendo chegar a escala de quilômetros, apenas de olho no smarthphone.

 

Dji Phantom 3

 

Você pode ver acima um print de como o App funciona no dispositivo mobile. Na barra inferior, proporciona dados como altura, distância, velocidade na altura ou no avanço unilateral. Acima podemos identificar a carga de bateria, nível de sinal wifi para conectividade do App, nível do sinal vindo do rádio controle, o modo que ele se encontra, no caso em modo GPS, onde o vôo é controlado via satélite determinando posicionamento correto dentre outras funcionalidades. Logo ao lado vemos também o nível de sinal vindo do satélite. Algumas funções como pouso automático, Return to Home (onde ao acionar ele começa a efetuar o pouso no local de origem) e botão para determinar a home também podem ser vistos na barra esquerda. No canto inferior esquerdo, vemos o mapa de localização, que pode ser alterado para híbrido ou mapas. Na barra a direita, se encontram as configurações de captação, logo abaixo o modo de captação se é foto e vídeo, botão para Rec, acesso a galeria de imagens captadas e por fim ajustes de exposição, ISO, shutter speed e etc.

 

Dentre essas funcionalidades existem outras inúmeras que proporcionam imagens cada vez mais incríveis, onde até um tempo atrás só era possível se você locasse um helicóptero. O drone veio para revolucionar não só o mercado áudio visual, mas também revolucionar a história do registro da imagem.

Clique abaixo para ver o vídeo tutorial, seguido dos vôos que fizemos:

Comentários

comentários

Post anterior

Ansel Adams: fotografia de natureza e preocupação com o meio ambiente

Próximo post

20 Frases motivadoras para fotógrafos profissionais e amadores