Home»Equipamentos»Estabilizador: equipamentos para não deixar a imagem tremida

Estabilizador: equipamentos para não deixar a imagem tremida

1
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

O estabilizador de imagem é uma ótima ferramenta para fotógrafos amadores e para iniciantes no mundo profissional da fotografia. O estabilizador auxilia e, dependendo dos casos, até garante que as fotos não saiam com efeitos de trepidação e aparência tremida. A imagem tremida perde completamente a qualidade visual e profissional.

São dois os principais tipos de estabilizadores de imagem no mercado. É claro que há outras diversas especificações e marcas que o fotógrafo deve pesquisar meticulosamente antes de comprar, mas vamos explicar aqui as duas opções existentes para que você saiba por qual caminho ir: o estabilizador óptico e o estabilizador digital

Estabilizador óptico

O estabilizador óptico é a melhor opção e a mais eficaz para combater imagens tremidas. Antes, essa ferramenta estava disponível apenas para câmeras profissionais e filmadoras profissionais, mas agora as semi profissionais e as compactas também possuem estabilizadores compatíveis a elas no mercado, como também muitas já vêm de fábrica com o estabilizador incorporado na lente do equipamento.

O que o estabilizador óptico faz é evitar que as fotos saiam tremidas no movimento da câmera causada pelo disparo da imagem. Para isso, o sistema do estabilizador óptico

Esse tipo de estabilizador possibilita que o fotógrafo faça imagens em ambientes com a iluminação prejudicada e em situações em que o fotógrafo e, consequentemente, a câmera, tenha de estar em movimento. É claro que movimentos bruscos são mais difíceis de serem combatidos, e também, dependendo da iluminação, longas exposições continuam sendo necessárias, mas a eficiência do estabilizador óptico é inegável.

Em ambientes com condições mais precárias para se fazer as fotos, a indicação é que sejam usados o estabilizador e o tripé ao mesmo tempo.

Estabilizador digital

Por ter uma estratégia de combater as fotos tremidas mais simples que o estabilizador óptico, a eficácia do estabilizador digital é menor e fica mais prejudicada.

O estabilizador digital é acoplado à câmera e ajuda a evitar a trepidação na imagem
O estabilizador digital é acoplado à câmera e ajuda a evitar a trepidação na imagem

Este equipamento aumenta o ISO e a velocidade do obturador para combater as trepidações. No entanto, a maioria das câmeras já possui essas opções para o próprio fotógrafo mudar manualmente.

O aumento da sensibilidade do ISO, apesar de reduzir o risco da imagem sair tremida, aumenta o nível de granulação e diminui a qualidade da foto.

Suportes

Mas não só desses equipamentos altamente tecnológicos que vivem os estabilizadores. Há também no mercado outras opções de estabilizador de imagem, que são os famosos suportes steadicam e os estabilizadores de ombro. Eles se tornaram populares com a valorização de câmeras de filmagens e câmeras profissionais mais compactas, como a GoPro e as suas variáveis.

Os suportes também são uma boa opção na hora de estabilizar a imagem
Os suportes também são uma boa opção na hora de estabilizar a imagem

Os suportes nada mais são que braços articulados, ou não, que mantém a câmera estabilizada junto ao corpo do fotógrafo, sem que ela se mexa junto com os movimentos de quem vai tirar a foto.

Esses acessórios são indispensáveis se o fotógrafo for capturar imagens enquanto pratica algum esporte, ou atividade que precise andar e correr. Os movimentos da imagem com essas suportes ficam fluídos e contínuos e evitam as trepidações.

Comentários

comentários

Post anterior

Segundo pesquisa, Ricoh GR é a "queridinha" entre as compactas

Próximo post

Tric irá potencializar qualidade das fotos tiradas via iPhone