Home»Artigos»Como as fontes de luz e o posicionamento da câmera podem afetar a sua fotografia?

Como as fontes de luz e o posicionamento da câmera podem afetar a sua fotografia?

6
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Indiscutivelmente, fotografia está inteiramente ligada à iluminação. Para qualquer objeto que você deseja fotografar, vai precisar de fontes de luz para permitir que sua câmera capture o momento da maneira correta. Está regra só não se aplica aos temas de sua fotografia que emitam luz própria, como o sol, lua, fogos de artifício, vaga-lumes e assim por diante.

Em outro momento já cobrimos as diferentes fontes de luz no blog eMania, desta vez, vamos relacionar essas fontes de luz com o seu trabalho e entender até que ponto elas podem influenciar o resultado final de suas imagens.

Conheça abaixo os diferentes tipos de luz e a forma de usá-los efetivamente para conseguir fotos impressionantes com o seu trabalho. Vamos nessa!

Tipos de fontes de luz

Como já vimos, há diferentes fontes de luz na fotografia, cada uma delas possui características próprias e afetam a sua fotografia de maneira diferente. Abaixo você confere uma rápida lista das principais fontes de luz, bem como os pontos distintos entre elas e o seu uso mais comum.

Luz do sol e luz da lua
fontes de luz sol

Em primeiro lugar estão as fontes de luz mais conhecidas e amplamente usadas por qualquer fotógrafo, até mesmo pelos amadores e amantes da selfie, as fontes de luz natural. O maior exemplo delas é, sem dúvida, a luz do sol, é a maior estrela de nossa galáxia e emite luz suficiente para compor suas fotos e reger todo o universo.

A luz da lua também pode ser útil em fotografia noturna, sendo capaz de fornecer efeitos maravilhosos em suas fotos. Ambas as fontes de luz, são utilizadas preferencialmente em ambientes a céu aberto, ao ar livre, em pleno contato com a natureza. Nesses momentos, as fontes de luz artificial não podem ser usadas de forma adequada, ou simplesmente, não são capazes de produzir o mesmo efeito das fontes de luz natural.

Vale ressaltar, no entanto, que o posicionamento da câmera digital e objeto a ser fotografado influenciam a capacidade de iluminação, por isso, o fotógrafo deve determinar estas posições de acordo com as fontes de luz escolhidas.

Lâmpadas normais e lâmpadas fluorescentes
fontes de luz lampadas

As lâmpadas normais ou fluorescentes são exemplos clássicos de fontes de luz artificial, usadas com maior frequência em ambientes fechados, como estúdios fotográficos e outros ambientes que as fontes de luz natural não são aplicáveis.

Lâmpadas halógenas, de tungstênio, Iluminadores de LED e fluorescentes são exemplos clássicos destas fontes de luz na fotografia. Com toda certeza, você já deve ter ouvido falar delas em algum momento em sua fotografia, afinal, são as mais utilizadas pelos fotógrafos profissionais. Entretanto, existem outras fontes de luz especiais que podem ser usadas em ambientes fechados levando-se em conta o objeto a ser fotografado e a preferência do profissional de fotografia.

Flashes
fontes de luz flash

Desde câmeras com flash embutido, flashes externos, sistemas de múltiplos flashes e unidades micro flash, eles estão presentes no cenário de fotografia de forma indiscutível. O flash é, sem dúvida, uma das fontes de iluminação mais conhecidas quando o objetivo é iluminar as suas fotos.

Da mesma forma, esses pequenos acessórios para sua câmera tornaram possíveis algumas técnicas básicas de iluminação para muitos fotógrafos, mesmo os menos experientes no cenário de fotografia profissional. Talvez, todo esse alarde esteja diretamente ligado ao baixo custo do flash se comparado a outras fontes de luz profissionais.

Também chamadas de fontes de luz estroboscópicas fornecem uma rápida explosão de iluminação para a sua fotografia. São usadas mais comumente em ambientes de pouca luz, mas com pequenos ajustes ostentam resultados impressionantes com a adição de um maior número de flashes, mudança do posicionamento e a combinação de outras fontes de luz, o que será capaz de criar imagens de tirar o fôlego.

Como a direção da luz determina o posicionamento da câmera?
fontes de luz câmera

O posicionamento da câmera influencia diretamente os detalhes de sua imagem, a dimensão dos objetos e o resultado final de todo o seu trabalho. Para lidar da melhor forma com essas mutações, você precisa levar em conta as fontes de luz e a direção da iluminação na hora de posicionar a sua câmera.

Outro ponto determinante para o sucesso de suas fotos é possuir o controle completo da direção da luz em sua fotografia. Em outras palavras, ter a capacidade de alterar o posicionamento de suas fontes de luz ajuda a influenciar e enriquecer a sua imagem final.

Em razão disto, você verá uma lista com a direção das fontes de luz e como isso pode afetar o posicionamento de sua câmera, bem como o resultado final de sua fotografia. Levando em conta a iluminação frontal, traseira, luz diagonal de fundo ou iluminação lateral, vamos compreender como um elemento aparece na foto.

1.    Iluminação frontal
fontes de luz frontal

A iluminação frontal ocorre quando as fontes de luz são posicionadas a frente do objeto a ser fotografado, de forma semelhante como a câmera captura está imagem. Com isso, o tema de sua fotografia permanece totalmente iluminado e as suas sombras se entendem para o plano de fundo da cena.

Contudo, nem tudo são flores com a iluminação frontal. O brilho excessivo das fontes de luz frontal pode acarretar em efeitos de halo em suas fotos, o que imprime uma aparência demasiadamente plana nas imagens.

2.    Iluminação lateral
fontes de luz lateral

Neste tipo de iluminação as fontes de luz devem ser posicionadas no lado esquerdo ou direito do tema principal da foto. Por conta disto, as sombras e luz da cena são balanceadas e transmitem a impressão de dimensão na fotografia que utiliza desta configuração de iluminação. Muitos fotógrafos utilizam do por do sol para conseguir uma iluminação lateral em sua fotografia e alcançar resultados surpreendentes.

Por outro lado, em alguns casos pode ocorrer variações drásticas entre o equilíbrio da luz e sombra na iluminação lateral. Este problema é visível em fotografia de retrato, onde as oscilações se apresentam com mais evidência no rosto e abaixo do pescoço do modelo da foto.

3.    Iluminação traseira diagonal
fontes de luz traseira

Como o próprio nome sugere, na iluminação traseira diagonal as fontes de luz permanecem atrás do elemento principal da fotografia, posicionadas de forma diagonal (direita ou esquerda) segundo a preferência do fotógrafo e melhor aplicação.

O efeito obtido com essa iluminação é um plano de fundo minimamente iluminado, trazendo uma imagem com leveza e um fundo mais desfocado, enquanto o tema principal da imagem permanece em foco total.

O maior problema com este tipo de iluminação é o centro da foto escurecido em decorrência das condições de iluminação. Se este efeito não for proposital na fotografia, parecerá estranho e mal definido, podendo comprometer o resultado de suas fotos.

4.    Iluminação de fundo
fontes de luz fundo

Assim como a iluminação anterior, neste caso as fontes de luz permanecem na retaguarda do objeto de sua fotografia, mas, sem necessitar do posicionamento diagonal de suas fontes de iluminação.

A iluminação de fundo é um pouco polêmica para a maioria dos fotógrafos. Afinal de contas, você já deve ter ouvido em algum momento que não deve capturar imagens com o sol de frente para a câmera, por exemplo.

No entanto, você pode conseguir um efeito charmoso com este tipo de iluminação, promovendo a sombra total em sua fotografia, realçando os contornos com luz, capaz de imprimir um efeito incrível para a sua fotografia. Apenas fique ligado nos efeitos de halo e flare que podem aparecer quando fotografar contra a luz, principalmente, quando a iluminação contrária for muito intensa.

Tendo em vista que conheceu as principais fontes de luz e como podem afetar a sua fotografia, experimente cada uma destas técnicas para conseguir os seus próprios resultados. Fique a vontade para partilhar abaixo as suas próprias dicas e sacadas sobre fontes de luz, bem como deixar a sua opinião sobre este artigo.

Comentários

comentários

Post anterior

Canon diminui o preço da XC10

Próximo post

Nova Leica X-U: uma compacta câmera a prova de tudo