Home»Artigos»Como atrair mais Clientes de Fotografia usando Técnicas de SEO

Como atrair mais Clientes de Fotografia usando Técnicas de SEO

23
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

O ramo da fotografia pode parecer fácil para quem olha de fora, mas quem tira seu sustento dela tem propriedade para afirmar que não é bem assim. Rogério Von Krüger, fotógrafo profissional de casamentos, afirma que: “A concorrência é grande e para se destacar entre tantos bons profissionais, é preciso bem mais que competência no ramo.” Hoje em dia tudo é feito on-line, então é necessário usar de estratégias de marketing no âmbito digital também.

É aí que entra o famosa Técnicas de SEO! Muitas pessoas já leram ou já ouviram falar sobre essa sigla, que significa Search Engine Optimization. Grosso modo, é um método de otimização do conteúdo do seu site, fazendo com que ele esteja sempre bem posicionado na busca do Google, de preferência, na primeira página.
Tecnicas de SEO

Primeiros passos

Para quem ainda não tem uma página na internet, o primeiro e mais importante passo é providenciar um site ou um blog onde você pode expor seus trabalhos, portfólios, dar informações sobre suas especializações e de contato.

Feito isso, é necessário escolher cuidadosamente as palavras-chaves a serem trabalhadas. Esse processo é de extrema importância em Técnicas de SEO e é necessário investir tempo em testes para verificar se usando as palavras-chaves o seu site fica bem posicionado.

As palavras-chave devem ser escolhidas de acordo com seu ramo, obviamente, com o(s) bairro(s) que você atende e também com suas especialidades, exemplo: fotógrafo de eventos na Barra da Tijuca.

Produza conteúdo de qualidade

O conteúdo é muito importante para qualquer tipo de site, então é bem legal que tenha um blog dentro do portal para postar textos sobre fotografia ou sobre algum trabalho específico, dando dicas etc. não se esquecendo das técnicas de SEO para que o conteúdo seja relevante e auxilie no bom posicionamento no Google.

É muito importante ressaltar que todos os textos precisam ser inéditos, logo, além de ser plágio, não é uma boa ideia em termos de marketing digital copiar o texto de outro lugar, porque o Google não gosta de conteúdo duplicado. Preste atenção no título, pois ele também influencia bastante.

Na hora de escolher as pautas para o seu blog, é sempre bom verificar no que as pessoas têm se interessado sobre fotografia. Faça buscas no Twitter e no Yahoo Respostas, que podem te fornecer bons temas. O Google Trends também é uma ótima ferramenta, pois ele filtra as tendências de pesquisa por região.
Tecnicas de SEO

Tenha seu domínio próprio

Por mais que o Blogger ou o WordPress sejam bem interessantes, ter um domínio próprio é muito importante porque passa a impressão de mais profissionalismo, credibilidade e confiança.

Além disso, o design também é importante. Um site clean, organizado e funcional vai despertar no cliente uma vontade maior de explorá-lo e, consequentemente, ele terá a chance de saber mais sobre o seu trabalho.

Se acha que não consegue, não tenha medo de recorrer às agências
Tecnicas de SEO

Agências de marketing são verdadeiras salvadoras da pátria nesse quesito e podem te ajudar a estruturar a sua página e colocá-la no ar, além de tratar de toda a sua Técnicas de SEO. Algumas até oferecem o serviço de conteúdo para o blog interno.

É claro que você pode fazer tudo sozinho se não tem recursos financeiros para investir ou porque simplesmente não tem vontade, basta seguir as dicas anteriores, mas vale ressaltar que é desnecessário ter receio de contratar uma empresa especializada porque criar um site não é um gasto, é um investimento cujo retorno é garantido. “Não me arrependo de ter contratado uma agência especializada em marketing digital para cuidar do meu site e da minha assessoria. A procura por orçamentos e pelos serviços aumenta tanto que, no fim, você acaba não tendo tempo para isso”, finaliza Von Krüger.

Autora: Bia Neves
Fonte: Fotografia-DG

Comentários

comentários

Post anterior

Nova câmera Z150 da Sony filma 4K em até 120fps

Próximo post

Review: Canon EOS Rebel T6s