Home»Artigos»De câmeras fotográficas a equipamentos médicos: conheça a história da Canon

De câmeras fotográficas a equipamentos médicos: conheça a história da Canon

9
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Todo mundo conhece a Canon como uma das melhores e mais concorridas marcas de câmeras fotográficas profissionais. Mas a produção da companhia não para por aí. Ela é responsável pela fabricação de diversos outros produtos tecnológicos, como filmadoras, copiadoras, scanners, impressoras, computadores e até equipamentos médicos.
Apesar de desejada por muitos, são poucos os que conhecem a origem e a história da marca. Por isso, saiba tudo sobre a trajetória da Canon aqui no Blog Emania.

Fundação

A história da Canon começa em 1933 com a inauguração do Laboratório de Instrumentos de Precisão Ópticos, em Tóquio, no Japão. O laboratório foi criado pelos jovens Goro Yoshida e Saburo Ushida que, apaixonados por fotografia, decidiram abrir um negócio de fabricação e manutenção de câmeras fotográficas.
Na época, o Japão ainda não era o pólo tecnológico que é hoje, foi por isso que Yoshida e Ushida conseguiram sucesso com o laboratório, pois eles fabricavam equipamentos de alta qualidade, com preços mais baixos que as câmeras importadas disponíveis no mercado à época.
Um desses equipamentos foi a primeira câmera fotográfica de 35 mm japonesa, com foco plano. Ela foi batizada de “Kwanon”. O nome foi inspirado na Deusa da Misericórdia do budismo, Kuan Yin.
Na fabricação dessa câmera, um dos funcionários do Laboratório de Instrumentos de Precisão Ópticos teve papel fundamental. O nome dele era Takeshi Mitari, que veio a se tornar o primeiro presidente da Canon.

A Canon

A Canon que conhecemos hoje em dia foi fundada quatro anos após a criação do laboratório, em 1937. No entanto, o nome “Canon” foi registrado como marca alguns anos antes, no dia 26 de junho de 1935. O nome da companhia foi escolhido a partir da Kwanon, primeira câmera fotográfica Canon fabricada pelo Laboratório, por ter o som parecido e pela palavra significar “precisão”, que seria o foco dos produtos e por causa da busca incessante ao padrão de Alta Tecnologia.
O responsável pela nova empresa foi Takeshi Mitarai, que convenceu alguns funcionários do Laboratório de Instrumentos de Precisão a profissionalizar o serviço que eles estavam oferecendo.

Pan - Canon

Produtos e inovação

Em 1940 a Canon saiu na frente novamente e foi a pioneira na criação de câmaras de raio-x, sendo a primeira empresa japonesa a fabricar o equipamento.
Continuando na linha do pioneirismo, dessa vez em 1941, a Canon lançou a primeira câmera 8 mm para cinema do Japão, a Canon Cine 8T. Esse equipamento possuía tecnologia avançada e nada igual havia sido feito, o que fez a companhia japonesa liderar no negócio milionário cinematográfico.

Prototipo Câmeras Fotografica Kwanon - Canon

Na década seguinte, já em 1958, a Canon saiu na frente de novo com a primeira lente objetiva de foco variável, dessa vez não só do Japão, mas de todo o mundo.
Foi na década de 50 que a Canon decidiu se aventurar, também, na linha de equipamentos para escritórios com lançamentos de copiadoras e acessórios para máquinas de escrever.
Ela também foi a responsável pela primeira calculadora com dez teclas, o fax eletrônico e a primeira fotocopiadora de papel normal, todos lançamentos da década de 1960. Com o avanço da tecnologia a partir da década de 1980, a companhia também lançou impressoras a laser e bubble Jet.

A Canon no século XXI

Com o lançamento da câmera Canon EOS D30, em 2000, ela atingiu o patamar de melhor marca de câmera fotográfica profissional, sempre disputando o posto com a concorrente Nikon. Foi nessa época que as câmeras digitais SLR ficaram populares tanto com fotógrafos profissionais quanto com amadores. Foi aí que a Canon começou a desenvolver tecnologias avançadas nesse setor, como os sensores de propriedade CMOS e o processador de imagem digital de alto desempenho, o DIGIC.

Câmera Canon

Para acompanhar a alta produção de câmeras fotográficas, ela desenvolveu também uma grande linha de lentes EF, cumprindo os conceitos de alta velocidade, facilidade e alta qualidade de imagem.
Com o advento da internet, a presença da marca em vários países e o mundo digital, em 2006 a Canon lançou uma nova campanha com o slogan “Image Anywhere”, ou “Imagem em qualquer lugar”, para simbolizar que o mundo (e a marca) estava livre de fronteiras de imagens, dispositivos, informações e qualidade. A Canon afirma então que é possível trabalhar com equipamentos da marca onde e de que forma quiser.
Em 2011 a Canon divulgou uma estatística que nenhuma outra companhia do gênero havia atingido: a marca havia atingido uma produção de 50 milhões de câmeras EOS e 70 milhões de lentes EF.

Canon, internacional

Em dez anos após a sua consolidação no Japão, a Canon já saía para dominar o mundo. A primeira sucursal nos Estados Unidos foi aberta em 1955 e foi o marco na internacionalização da companhia. À época, os Estados Unidos eram o país mais tecnológico do mundo. Se fazer conhecido lá era o desejo de qualquer empresa do ramo.
A sucursal europeia foi inaugurada dois anos depois, em 1957. A essa altura, a Canon estava presente nas principais regiões do mundo e com apenas 20 anos de existência, já era considerada uma das maiores marcas de equipamentos fotográficos do mundo.
Hoje em dia, além de fabricar os produtos tradicionais como câmeras de foto, vídeo, fax, copiadoras, scanners, impressoras e equipamentos médicos, ela comercializa esses produtos em mais de 200 países, totalizando 199 mil empregos. O faturamento gira em cerca de US$ 50 bilhões.

Canon no Brasil

A Canon está presente no Brasil desde 1974 e, desde então, é atuante no fornecimento e comércio de equipamentos e tecnologia de imagem. Atualmente, no Brasil, ela é uma das lideres na distribuição de equipamentos de impressão e especializados em atendimento tecnológico de empresas. A Canon também segue na lista de maiores companhias presentes em território nacional encarregadas de comercialização das linhas de consumo, como as câmeras fotográficas, filmadoras e impressoras de uso pessoal.

Comentários

comentários

Post anterior

58 filmes dirigidos por mulheres que você tem que assistir!

Próximo post

Brasileiro fatura prêmio internacional de fotografia com drones