Home»Artigos»A LINGUAGEM NARRATIVA DO CINEMA E DA FOTOGRAFIA: “ OS PLANOS DE UMA CENA “

A LINGUAGEM NARRATIVA DO CINEMA E DA FOTOGRAFIA: “ OS PLANOS DE UMA CENA “

5
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Acompanhando esta série de posts ” A linguagem Narrativa do Cinema e da Fotografia ” vocês vão dar um salto qualitativo nas suas fotografias e nos seus vídeos. O post de hoje é sobre os planos de uma cena tanto na fotografia como no cinema. Vou explicar que é um plano, quais são os seus tamanhos e qual a carga narrativa que cada um possui. Então vamos lá!

 

O Plano

O plano determina o tamanho dos personagens e objetos apresentados em cada quadro, assim como qual parte deles veremos. A escolha do plano controla o que podemos saber de um tema numa certa cena e também pode exercer um efeito poderoso em nossa resposta emocional.

 

 

BASTARDOS INGLÓRIOS (2009) - QUENTIN TARANTINO E ELI ROTH PLANOS DE UMA CENA
BASTARDOS INGLÓRIOS (2009) – QUENTIN TARANTINO E ELI ROTH

 

Podemos utilizar os seguintes termos e abreviaturas para os planos:

 

  • Plano Geral (very long shot) P/G
  • Plano Médio (long shot) P/M
  • Plano Americano (mid shot) P/A
  • Primeiro Plano (close-up) P/P  
  • Primeiríssimo Plano (big close-up) Pº/P
  • Plano Detalhe (extra-big close-up) P/D
  • Plano Inicial (Stock Shot)
  • Plano Seqüência

 

Plano Geral:

É o plano panorâmico da cena. O Plano Geral também pode ser utilizado para dar sentido de isolamento colocando uma pequena figura humana numa vasta paisagem. O plano geral permite a utilização como elemento de contraste com planos médios e primeiros planos dos elementos nele incluídos, relaciona os personagens e quem os rodeia.

 

Foto - Kai Ziehl PLANOS DE UMA CENA
FOTO – KAI ZIEHL

 

Pulp-Fiction-Quentin Tarantino PLANOS DE UMA CENA
Pulp-Fiction-Quentin Tarantino

 

Taxi-Driver-Martin Scorsese PLANOS DE UMA CENA
Taxi-Driver-Martin Scorsese

 

 

Plano Médio:

Inclui todas as características importantes de uma cena. Estabelece relações entre o tema e o meio ambiente.São visíveis apenas gestos largos. Mostra a pessoa da cintura para cima, está entre o plano geral e o close.

 

Pulp-Fiction-Quentin Tarantino PLANOS DE UMA CENA
Pulp-Fiction-Quentin Tarantino

 

The Devil Wears Prada-David Franke PLANOS DE UMA CENA
The Devil Wears Prada-David Franke

 

The-Godfather-Francis Ford Coppola PLANOS DE UMA CENA
The-Godfather-Francis Ford Coppola

Plano Americano:

Revela expressões mas não enfoca um tema. Estabelece inter-relação entre dois personagens, Mostra a pessoa do joelho para cima.

 

Apocalypse-Now-Francis Ford Coppola PLANOS DE UMA CENA
Apocalypse-Now-Francis Ford Coppola

 

Casino-Martin Scorsese PLANOS DE UMA CENA
Casino-Martin Scorsese

 

Saturday Night Fever-John Badham PLANOS DE UMA CENA
Saturday Night Fever-John Badham

Primeiro Plano:

Concentra-se num rosto ou detalhe de uma cena. Revela o personagem e seus sentimentos. Desempenha função mais emocional. plano é cortado pouco abaixo das axilas. Permite por exemplo imagens de alguém a fumar,cortando totalmente o ambiente em redor. Este tipo de planos privilegia o que é transmitido pela expressão facial.

 

Amelie Poulain-Jean-Pierre Jeunet PLANOS DE UMA CENA
Amelie Poulain-Jean-Pierre Jeunet

 

Apocalypse-Now-Francis Ford Coppola PLANOS DE UMA CENA
Apocalypse-Now-Francis Ford Coppola

 

Bram Stokers Dracula-Francis Ford Coppola PLANOS DE UMA CENA
Bram Stokers Dracula-Francis Ford Coppola

Primeiríssimo Plano:

Enquadra e enfoca uma parte do rosto do tema como os olhos, as mãos ou outro detalhe. Cria um efeito de choque. Essencial para se alcançar a máxima intensidade dramática, apresenta nitidamente a expressão do rosto e projeta as características do personagem e pode revelar pensamentos e o momento interior do personagem.

 

Pulp-Fiction-Quentin Tarantino PLANOS DE UMA CENA
Pulp-Fiction-Quentin Tarantino

 

Apocalypse-Now-Francis Ford Coppola PLANOS DE UMA CENA
Apocalypse-Now-Francis Ford Coppola

 

2001A-Space Odyssey-Stanley Kubrick PLANOS DE UMA CENA
2001A-Space Odyssey-Stanley Kubrick

Plano Detalhe:

Enfoca  um detalhe mínimo, muitas vezes de maneira que não se consegue reconhecer o objeto. Cria um sentido de mistério e surpresa quando o tema é revelado. Plano de impacto visual e emocional, mostrando uma parte essencial do assunto, as vezes criando uma imagem abstrata.

 

Bram Stokers Dracula-Francis Ford Coppola PLANOS DE UMA CENA
Bram Stokers Dracula-Francis Ford Coppola

 

Pulp-Fiction-Quentin Tarantino PLANOS DE UMA CENA
Pulp-Fiction-Quentin Tarantino

 

Amelie Poulain-Jean-Pierre Jeunet PLANOS DE UMA CENA
Amelie Poulain-Jean-Pierre Jeunet

Plano Inicial / Plano de Passagem:

São planos que podem utilizar vários tipos de planos. Eles são usados para que o público possa se situar e compreender a onde se localiza a história ou a passagem do tempo na trama do filme. Exemplo:

  • Um filme que está sendo gravado em São Paulo, mas que durante a trama exite uma cena que vai ser gravada em Nova Iorque, é aí que entra o plano de passagem, fazendo a ligação destes dois cenários. Neste caso, é de costume utilizar um plano geral da cidade, e aí sim cortar para uma determinada ação.

 

Amelie Poulain-Jean-Pierre Jeunet PLANOS DE UMA CENA
Amelie Poulain-Jean-Pierre Jeunet

 

Amelie Poulain-Jean-Pierre Jeunet PLANOS DE UMA CENA
Amelie Poulain-Jean-Pierre Jeunet

 

Um filme que usa e abusa dos planos inicial e o de passagem, é  filme “Violino Vermelho” :

 

Plano Seqüência:

O plano seqüência é um plano sem cortes. Segue uma seqüência contínua, podendo ser executado com a câmera na mão ou utilizando vários tipos de estabilizadores de imagem.  O mais conhecido e utilizado é o ” Steadicam “.

Exemplos:

Arca Russa, dirigido por  Alexandr Sokurov.

Plano sequencia inicial do filme “Snake Eyes”, dirigida por Brian de Palma em 1998.

 

12 Best Long Takes in Film History

Para que seus vídeos tenham qualidade e resultados profissionais, além de conhecer os tipos de planos, é importante saber e entender sobre o enquadramento e a composição do quadro, que é a matéria anterior a essa. Confira!

Espero que vocês tenham gostado, até o próximo post!

Abs!

Fernando Rozzo

Comentários

comentários

Post anterior

Conheça as 100 dicas de fotografia de Martin Gommel

Próximo post

Sony: liderança em diversos segmentos tecnológicos