Home»Reviews»Review: Nikon 1 V3 e Nikon 1 J5

Review: Nikon 1 V3 e Nikon 1 J5

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Vamos começar essa review de um jeito meio diferente, e relembrar um bom modelo que já está no mercado há algum tempo. A Câmera Nikon 1 V3 – terceira geração da Nikon Series 1 – foi lançada cerca de um ano atrás, em Abril de 2014. Ela é mais fina e mais rápida do que suas antecessoras. Ela também tem alguns recursos que vale a pena comentar.

Em primeiro lugar, a entrada de cartão SD foi substituída por uma entrada para cartão microSD. O objetivo da troca, é claro, foi ajudar a manter o design da câmera pequeno. Isso não faz muita diferença em termos de performance, já que os cartões microSD atualmente tem tanta capacidade quanto um cartão SD normal.

A Câmera Nikon 1 V3 é uma câmera sem espelhos, e a Nikon sempre ficou acima da média com câmeras deste tipo. Neste novo modelo, a taxa de gravação de fotos é de 20 frames por segundo – mais do que o suficiente para a maioria das situações. Em uma partida esportiva, por exemplo, 7 a 10 frames por segundo já pode ser considerado bom. Para completar, essa taxa vem acompanhada de auto-foco contínuo.

Falando nisso, as câmeras Nikon Series 1 sempre foram excelentes para vídeos. Com o novo EXPEED 4A, a Nikon 1 V3 consegue filmar em full-HD, com a taxa de 60 frames por segundo, permitindo que o resultado seja ao mesmo tempo mais limpo e mais rico. Também merece destaque o desempenho desta câmera ao filmar em slow-motion – que chega a se comparar ao resultado obtido com filmadoras profissionais. É possível obter um vídeo super slow motion em HD, que deve agradar principalmente quem gosta de fazer vídeos esportivos com muita ação.

Também é impossível não mencionar a WiFi integrada, um recurso extremamente útil para os fotógrafos que gostam de se manter sempre conectados. Ele torna muito mais fácil fazer o upload imediato de suas fotos para o seu site, portfólio online, ou até mesmo para o Instagram. Basta instalar o aplicativo gratuito da Nikon em seu smartphone; havendo uma conexão de WiFi disponível, a câmera poderá transferir fotos de sua memória imediatamente para o smartphone.

Outra possibilidade interessante trazida pela WiFi integrada, é que você pode transformar seu smartphone em um controle remoto para a Nikon 1 V3. Pode não parecer um recurso essencial, mas ele cria diversas chances para que você possa controlar diversos aspectos da sua foto e ainda aparecer nela. Sem depender do timer, e sabendo exatamente como a foto ficará no final!

Quando foi lançada, a Câmera Nikon 1 V3 foi considerada uma boa câmera para uso em ambientes abertos. Ela não consegue oferecer o mesmo nível de desempenho das máquinas com sensores maiores. Porém, para lugares bem iluminados ao ar livre – contanto que não precise de uma câmera à prova de água – ela apresenta um bom desempenho, associado com boa ergonomia.

Câmera Nikon 1 J5
Nikon 1 J5 – novo na família

Este ano, a Nikon lançou a Nikon 1 J5 – sucessora da Nikon Series 1. Ela é visualmente mais bonita e também mais reforçada. Seu corpo é feito de alumínio com partes em magnésio. Isso acabou fazendo com que fosse pesada, especialmente considerando seu tamanho compacto, mas garante maior resistência e durabilidade. Para compensar o peso, foram feitos ajustes para torná-la mais ergonômica.

Uma diferença entre o modelo Nikon 1 V3 e o modelo Nikon 1 J5 é que o mais recente não tem visor. Somente é possível enquadrar suas fotos através do painel de LCD. Isso dificulta um pouco a qualidade da foto em dias e lugares com forte iluminação, pois a visibilidade do painel é apenas mediana. Para compensar isso, talvez, foi incluída funcionalidade touch no painel da Nikon 1 J5 – que não existia na Nikon 1 V3.

A Câmera Nikon 1 J5 conta com um obturador (shutter) eletrônico. Ele é completamente silencioso e tão rápido que é possível fotografar até 60 frames por segundo. Enquanto isso, a Nikon 1 V3 tinha um obturador mecânico.

Outra diferença entre as duas é a bateria. A bateria Nikon da J5 é menor do que a utilizada em seu irmão mais velho, a Câmera Nikon 1 V3. Por esse motivo, ela consegue tirar menos fotos em uma única recarga – cerca de 230. Novamente, essa foi uma alteração com o objetivo de manter a câmera mais compacta.

Uma coisa, porém, foi mantida: a conexão WiFi integrada. Essa é uma funcionalidade que já se tornou padrão, e considerada essencial por muitos usuários. E, para garantir ainda mais seu espaço no mundo atual, de conectividade e mobilidade, a Nikon ainda incluiu suporte à conexão via NFC.

Assim como no caso da Nikon 1 V3, o modelo J5 é uma boa máquina para a maioria das necessidades. Uma série de alterações foram feitas com a intenção de mantê-la ao mesmo tempo pequena e resistente; por isso, é uma boa máquina para ser carregada em viagens e sessões ao ar livre. Lembrando, é claro, que ela ainda não é à prova de água.

Se você quiser saber mais sobre as máquinas da Nikon, confira também esse post aqui, onde o pessoal da EMania faz um comparativo entre a Canon e a Nikon!

Comentários

comentários

Post anterior

ARRI Amira vs. RED Epic Dragon – Teste de Resolução

Próximo post

Flash Speedlite 600EX-RT falso no mercado: Canon alerta