Home»Artigos»Vídeo faz um retrato com imagem “extra dimensional”

Vídeo faz um retrato com imagem “extra dimensional”

4
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Muitas vezes você vê um vídeo e se maravilha com sua beleza. Outras vezes quando você assiste algum vídeo ou vê alguma imagem altamente impactante, você provavelmente se pergunta como ele foi feito. E também tem àquelas vezes em que você franze a sua testa como se estivesse dizendo: “Que diabos é isso que estou vendo?” Pois então, este vídeo vai fazer você fazer todos os três, ao mesmo tempo.

Kevin McGloughlin é um artista de vídeo bastante conhecido por suas obras experimentais e autorais. Não é muito estranho ou incomum ver peças suas que instigam e causam estranheza ao mesmo tempo. Também não é muito estranho que a criação de peças belamente estranhas usando efeitos complicados tenha um público interessado, afinal de contas nesse mundo tem gosto para tudo.

Por isso mesmo ele criou alguns vídeos fascinantes para músicos, tais como Tucan e Somadrone, mas é o vídeo que ele fez em homenagem a seu pai, “Arquiteto”, que realmente chama a atenção, principalmente por causa das técnicas complicadas que ele usou para fazê-lo. McGloughlin compartilhou um pouco sobre essas técnicas na descrição do vídeo, mas ele descreveu mais profundamento todo o seu processo para nós, passo a passo. Mas, antes de qualquer coisa, aqui está o vídeo.

Como fazer um vídeo com fotografia de time-lapse e outras técnicas. vídeo

De acordo com a descrição do vídeo, “Arquiteto” foi feito “inteiramente a partir de fotografias e imagens de vídeo” usando “várias técnicas em fotografia time-lapse e fotografia de longa exposição”, juntamente com o tempo de filmagem real. Isso é superinteressante, mas nós quisemos saber exatamente como McGloughlin abordou seu trabalho nesta obra magnífica. Ele explica:

 

Houve um longo processo de realização deste retrato. O primeiro processo foi o trabalho de câmera. Isto envolveu em uma fotografia de longo time-lapse de várias fontes, sejam luzes de rua, nuvens, líquidos e texturas, entre outros. Com estas seqüências, os quadros individuais foram dispostos em um espaço 3D e uma câmera virtual foi colocada indo atráves deles. Eu também gravei um vídeo em tempo real que foi tratada de forma semelhante, embora no caso das filmagens, a câmera virtual não foi colocada indo através das imagens. Em vez disso, eu dupliquei o vídeo e desloquei o tempo em um quadro para cada camada de vídeo para criar a ilusão de movimento para frente. Eu, então, editei em conjunto as várias seqüências em um clipe sem costura.

 

Com o primeiro processo completo, eu renderizei a sequência de imagens para que todas as imagens ficassem como um único vídeo. Eu, então, incorporei digitalizações de desenhos arquitetônicos, bem como fotografias e imagens de vídeo de rosto do homem (Paraic Sr.) usando modos, máscaras e chaves luma diferentes que misturam camadas do vídeo. Estas imagens foram, em seguida, novamente renderizado em um único vídeo. Com este clipe, eu então o dupliquei muitas vezes e novamente coloquei múltiplas camadas em um espaço 3D. Novamente desloquei o tempo em um quadro para cada camada de vídeo. Então, usei efeitos de ‘keying’ para extrair dados de cada camada em valores progressivamente superiores de trás para frente da pilha de camadas, criando o que é, em essência, uma técnica Strata Cut com a mídia digital.

Essa explicação pode parecer um pouco complicada para aqueles que não conhecem muito sobre software de edição ou outras ferramentas, mas de qualquer maneira é uma grande aula sobre como utilizar criativamente as ferramentas que temos a disposição. Muito obrigado, Kevin!

Se você quiser, você pode conferir mais do trabalho de Kevin McGloughlin em sua página no Vimeo, e acredite você vai querer fazer isso. Nesta página você poderá encontrar algunstrabalhos dele com vídeos de músicas e também outros trabalhos altamente criativos que utilizam até o limite todas as ferramentes e técnicas de filmagem e pós-produção. Fique a vontade para se maravilhar e aprender um pouco.

vídeo-arquiteto

Comentários

comentários

Post anterior

5 Dicas para Tornar Suas Fotografias com Smartphone um Sucesso

Próximo post

Lentes Tamron: As Duas Novas Objetivas IFA 2015