Concurso de Fotografia decide prêmio apenas no ‘voto de minerva’

0 80

É normal imaginar a dificuldade na escolha dos vencedores em um concurso de fotografia como o International Landscape Photographer of the Year. Entretanto, a edição de 2023 foi um tanto quanto peculiar nesse sentido. Mais especificamente, quando o assunto é justamente a categoria principal de Fotógrafo de Paisagem do Ano.

Isso porque dois concorrentes acabaram ficando ‘cabeça a cabeça’ no concurso de fotografia gerido por David Evans e Peter Eastway em quase todas as votações. Foram eles o australiano Tony Hewitt e o canadense Andrew Mielzynski.

Em resumo, os dois receberam a mesma quantidade de votos colocando suas imagens como as melhores do concurso. Além disso, eles também empataram quando a escolha foram os chamados ‘votos de preferência’.

Sendo assim, foi preciso que um dos jurados que não havia escolhido nenhum dos dois tivesse o chamado ‘voto de minerva’ para determinar o vencedor de uma das categorias deste concurso de fotografia. E quem acabou sendo o escolhido foi Hewitt e seu trabalho que aborda áreas de marés, na Austrália, com uma abordagem de cunho mais abstrato.

concurso-de-fotografia-decide-premio-apenas-no-voto-de-minerva-blog-emania
Tony Hewitt

Além do troféu em alusão a honraria, Tony Hewitt entra no livro dos vencedores do concurso em questão, recebendo, também, uma cópia gratuita do mesmo em formato de alta resolução. Outros itens que integram o triunfo (esses de uso mais prático) são o valor de cinco mil dólares (R$ 24,3 mil, na cotação de momento) e um kit avançado de Filtro de Lente NiSi 100mm V7.

Aqui, você pode saber quem foi o ganhador de todas as categorias do International Landscape Photographer of the Year.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.