Elliott Erwitt, renomado fotógrafo, morre aos 95 anos de idade

0 329

Um importante nome da fotografia mundial nos deixou nesta quinta-feira (30). Aos 95 anos de idade, o francês Elliott Erwitt teve seu falecimento divulgado por familiares através da conta oficial de Elliott na rede social.

“É com tristeza que informamos que, após 95 anos extraordinários, Elliott Erwitt faleceu pacificamente em casa, rodeado pela família”, apontou o breve comunicado.

elliott-erwitt-renomado-fotografo-morre-aos-95-anos-de-idade-blog-emania-2
Reprodução/Instagram Elliott Erwitt

Integrante do famoso Magnum Photos, coletivo que reúne importantes nomes da área, o profissional que teve mais de 70 anos dedicados a fotografia era aclamado, inegavelmente, por sua genialidade e versatilidade. Passando desde o mundo político, transitando por fotografias de moda, fotojornalismo e, principalmente, a captação de… cachorros.

Tendo adotado um nome artístico que ficou famoso nos quatro cantos do mundo, ele nasceu Elio Romano Ervitz, no ano de 1928, em Paris. Porém, pouco antes do início da Segunda Guerra Mundial, em 1941, a família se mudou para a cidade de Nova York, onde se estabeleceu.

elliott-erwitt-renomado-fotografo-morre-aos-95-anos-de-idade-blog-emania-1
Elliott Erwitt

Apesar de ter atuado em diferentes área com teor mais denso, Elliott Erwitt sempre deixou claro que considerava a arte de fotografar como algo mais a ser apreciado do que refletido. Esse pensamento, aliás, ficou evidente em entrevista dada por ele em 2009 para a Folha. Na época, ele participou da SP-Arte, evento que anualmente ocorre no Pavilhão da Bienal, situado no Parque Ibirapuera.

“Cachorros não dão desculpas e não se incomodam. São seres simpáticos. Muitos fotógrafos se concentram nas misérias do mundo, outros nas coisas mais belas. Eu só gosto de boas fotografias, não importa do que sejam, contanto que falem da condição humana”, destacou.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.