Conheça os erros mais comuns de fotógrafos iniciantes
Foto: Okmar Naidu/Pexels

Conheça os erros mais comuns de Fotógrafos Iniciantes

No mundo da fotografia, estamos em constante aprendizado. Dessa forma, cometer erros é mais comum do que se imagina, principalmente quando você é um fotógrafo iniciante.

Mas, um erro não define sua trajetória como fotógrafo, muito pelo contrário. Ele é apenas parte do seu processo de aprendizagem. Sendo assim, nós vamos errar! Mas, calma, é possível corrigir esses erros e melhorar a qualidade dos seus registros.

Neste post, vamos te mostrar alguns dos erros mais comuns de iniciantes no mundo da fotografia, além de dar algumas dicas sobre como você pode melhorar suas técnicas.

Suas fotos poderão ter ótimos resultados se você corrigir os erros com estas dicas!

1. ENQUADRAMENTO

Para tirar uma boa foto, você não pode apenas ligar a câmera, apontar para o seu ponto de interesse e clicar. Por isso, você deve entender como funcionam as regras de enquadramento, para conseguir posicionar bem os elementos dentro da imagem.

Existem algumas regras para você entender melhor sobre a composição da sua foto. Uma delas é a Regra dos Terços, que consiste em separar a foto em nove partes iguais, deslocando seu ponto principal um pouco para o centro.

Neste post, você encontrará algumas dicas sobre composição, que irão auxiliar no desenvolvimento das suas técnicas.

2. FOCO

Foco é um dos elementos principais de uma fotografia. Caso não saiba usar, pode arruinar o seu registro, pois você não vai poder corrigir quando for editar a foto. Por isso, é importante se atentar ao que deseja capturar.

Em primeiro lugar, é importante ressaltar que, para conseguir um bom foco, é interessante utilizar sua câmera no modo manual, principalmente em ambientes de baixa luminosidade. Se ela estiver no modo automático, tentará encontrar sozinha o ponto focal.

3. FOTOGRAFE EM RAW

RAW é um dos formatos possíveis para fazer as suas fotografias. Diferentemente do JPEG, que é um formato mais tradicional, ele traz registros mais crus, o que permite que você faça maiores ajustes no momento da edição.

Dessa forma, fotografar em RAW tem suas vantagens, pois além do ganho de qualidade das suas imagens, você terá mais liberdade para editar as cores, nitidez, entre outros elementos. Já os registros em JPEG, além da qualidade reduzida, não permite tantas alterações.

No entanto, você pode não conseguir fotografar em RAW em todos os momentos. Situações de movimento intenso, como corridas, por exemplo, vão fazer com que você precise do bom e velho JPEG.

4. EDIÇÃO

Sim, você deve editar suas fotos. Mesmo que digam para você que uma foto real não precisa de edição, é importante realizar ajustes nas suas fotografias. Um dos grandes erros dos fotógrafos é achar que não precisam editar seus registros.

Sempre que produzimos uma imagem, a câmera não consegue captar o que nossos olhos viram. Dessa forma, é preciso que você dê o seu olhar para as imagens. No entanto, você só vai conseguir bons resultados se abraçar os aplicativos de edição.

Existem programas tradicionais, como o Photoshop e o Lightroom, que são os mais conhecidos para fazer edições de qualidade. Outros, para celular, como o VSCO e o Snapseed, também entregam ótimos resultados.

5. BATERIA EXTRA E BACKUP

Um dos erros mais comuns, que não são técnicos, mas sim de preparação, é a ausência de suporte extra no momento de fotografar.

Imagine que você está pronto para fazer um belíssimo registro, mas a bateria da câmera acaba e você não tem uma extra na sua mochila… Ou então tem um problema no seu computador e perde todas as suas fotos!

Por essas e outras, é importante estar sempre com material extra, principalmente se estiver longe de casa. Tanto bateria, quanto HDs externos são boas pedidas para você que desejar fugir de perrengue.

Outros erros para ficar de olho

Outros erros também são comuns quando se é um iniciante no mundo da fotografia mas, com o aprendizado, você poderá corrigi-los facilmente.

Não esqueça de redefinir as configurações da sua câmera ao final de cada registro. Sem isso, você pode acabar perdendo belas imagens. Além disso, faça mais de um clique, para ter a certeza de que tirou a melhor foto possível.

Preste sempre atenção na luz, dando preferência a fotografias com iluminação mais fraca, se for ao ar livre. A hora de ouro ou Golden Hour é ótima para fazer bons registros com a luz natural.

Outra dica importante, dada pelo fotógrafo Sheldon Evans, é de não fazer cortes em articulações. O motivo é simples: quem vir a imagem não saberá se há ou não o restante dos membros da pessoa. Por isso, pense em composições que o corte não crie essa dúvida.

Procure referências antes de sair fotografando. Elas podem te auxiliar a fazer registros mais precisos, principalmente em locais desconhecidos. Não deixe de tentar criar fotografias com o seu estilo. Exercite a sua criatividade!

Se você quiser encontrar mais dicas de fotografia, confira nosso guia básico para fotógrafos iniciantes e aprenda mais sobre este mundo.

SOBRE NÓS

O Blog eMania é voltado para o segmento fotográfico, filmagem e cinema. Trazemos dicas de equipamentos, tutoriais, notícias, curiosidade, reviews e comparações de produtos para facilitar a vida do fotógrafo e cinegrafista profissional e amador.

[site_social_icons]