Figura da Samsung dá declaração polêmica sobre fotos reais

0 254

A evolução tecnológica trouxe uma série de benefícios e facilidades para o mundo da filmagem e fotografia. Em especial, quando falamos em ajustes e filtros que elevam o nível de qualidade na maioria esmagadora das imagens. Porém, uma figura ligada a gigante Samsung levantou novamente o debate sobre a relação entre modernidade e fidelidade das fotografias vistas na atualidade.

De acordo com Patrick Chomet, Chefe de Experiência do Cliente da Samsung, toda e qualquer imagem feita com smartphones e/ou câmeras modernas não são imagens fieis da realidade. Na sua concepção, se tornou impossível a inexistência de elementos de correção onde, mesmo com mínimas alterações, afetam o conceito de ‘imagem real’.

“Existe um debate sobre o que constitui uma imagem real. E, na verdade, não existe uma imagem real. Assim que você tem sensores para capturar algo, você reproduz (o que está vendo), e isso não significa nada. Não existe uma imagem real. Você pode tentar definir uma imagem real dizendo: ‘Eu tirei essa foto’, mas se você usou IA para otimizar o zoom, o foco automático, a cena – ela é real? Ou são todos filtros? Não existe uma imagem real, ponto final”, cravou em entrevista ao portal TechRadar.

samsung-se-movimenta-para-fazer-aquisicao-da-corephotonics-Blog-eMania-28-01
Foto: Divulgação

Sem realidade, mas com fidelidade… ao cliente

Partindo desse princípio, o executivo da Samsung aponta que, mesmo ciente da impossibilidade de haverem fots fieis a realidade, isso não impede a companhia de perseguir os anseios de seus clientes. Algo que, prezando pela qualidade das imagens, naturalmente passa pelo trabalho de sintonia fina cada vez maior de sistemas de IA:

“As questões relacionadas à autenticidade são muito importantes e nós (Samsung) fazemos isso reconhecendo duas necessidades do consumidor. Duas intenções diferentes do cliente. Nenhuma delas é nova, mas a IA generativa vai acelerar uma delas. Uma das intenções é querer capturar o momento – querer tirar uma foto que seja a mais precisa e completa possível. Para fazer isso, usamos muitos filtros, modificações e otimizações de IA para apagar sombras, reflexos e assim por diante. Mas nos mantemos fiéis à intenção do usuário, que era capturar aquele momento.”

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.