Fotografar no pôr do Sol

Fotografar no pôr do Sol e no nascer: 4 dicas valiosas

Fotografar no pôr do Sol e no nascer: 5 dicas valiosas

O brilho do sol e como ele cai para o horizonte não só cria atmosfera fantástica, mas também algumas as luzes mais lisonjeiras que podem ser encontradas. Para fotógrafos de retrato a hora de ouro é o momento perfeito para fotografar no pôr do sol. Neste post trazemos 5 dicas valiosas para melhorar suas técnicas nesse tipo de fotografia.

  1. Saiba onde o Sol estará

No sentido mais primitivo, o sol se põe no Oeste e sobe no Leste, mas esses são dois grandes horizontes. Ao planejar fotografar no pôr do sol você deve estar bem ciente de exatamente onde ao longo desse horizonte o sol será arco para iluminar o ambiente que deseja fotografar.

  1. Conheça a sua janela

Fotografar no pôr do sol ou no nascer requer muita atenção e cuidados, pois não somente você necessita ser preparado para ajustar-se rapidamente às mudanças de condições da iluminação. É necessário ter um plano para tirar determinados tipos de fotografia em horários específicos e estar preparado para as eventualidades, ou seja, conheça a sua janela.

Fotografar no por do Sol e no nascer

Tenha um conhecimento dos horários e da localização do sol para harmonizar com o tipo de fotografia que deseja fazer. Além de saber o tipo de fotografia e iluminação que deseja é importante ter conhecimento dos elementos que estarão presentes no local da fotografia para organizá-los ou readaptá-los afim de favorecer a iluminação na sua fotografia. Desta forma, você pode compor a sua cena, a fim de maximizar o impacto do sol em sua foto.

  1. Um sol falso pode não ser tão ruim

Um sol falso? Não é bem assim. Uma dica de alguns fotógrafos para fotografar no pôr do Sol de maneira profissional e saber utilizar todos os seus recursos. Ao se pôr ou ao nascer a iluminação do sol traz uma paleta de cores muito diversificada para o céu, mas sempre essa luz vai ser ideal para fotografar.

Fotografar apenas sol e o céu, a paisagem em si, separadamente do seu motivo pode ajudar a montar uma imagem mais profissional na pós-edição. Isso porque essa técnica permite capturar a imagem que deseja do sol e em outro momento capturar o seu motivo utilizando a iluminação correta e no melhor horário. Outra dica é minimizar o impacto do sol ou a fonte principal de luz, quando a mesma não for e evidencia do seu quadro.

4. Deixe o céu mais brilhante

Não é necessário mudar a cor do céu, literalmente, nem perder horas mudando ele com o photoshop e aplicativos de edição. Praticamente todos os processadores raw são dotados com dois sliders incríveis que tornam esta técnica especial super fácil. São elas a temperatura de cor e matiz.

Fotografar no por do Sol e no nascer

A fim de mudar a cor do horizonte tudo que você precisa fazer é iluminar o seu assunto com a cor oposta que você quer que o céu seja e a câmera ajustada para capturar em RAW com as funções da câmera como ISO e Abertura já pré-definidos, assim o sensor mudará a cor do céu naturalmente afim de procurar balanço de cor.

SOBRE NÓS

O Blog eMania é voltado para o segmento fotográfico, filmagem e cinema. Trazemos dicas de equipamentos, tutoriais, notícias, curiosidade, reviews e comparações de produtos para facilitar a vida do fotógrafo e cinegrafista profissional e amador.

[site_social_icons]