Home»Artigos de Foto e Vídeo»Fotografar Shows: Dicas de configurações básicas

Fotografar Shows: Dicas de configurações básicas

eMania
5
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Este guia destina-se a iniciantes em configurações básicas para fotografar Shows. Se você tem uma câmera DSLR e está interessado em como controlar as configurações básicas da sua câmera para tirar grandes fotos, este guia é para você. Se você é um fotógrafo experiente, mas que não está muito habituado a filmar shows e grandes eventos, pode haver alguma informação útil aqui juntamente com muita coisa que você já sabe!

Primeiro de tudo: não há configurações de câmera para criar a fotografia de show perfeita. Cada situação exige diferentes configurações de câmera com base em um número incontável de fatores:

  • Quanta luz existe?
  • O sujeito está se movendo?
  • Quanto de uma profundidade de campo que eu quero?
  • E se minhas fotos saírem estouradas demais?

Essas são apenas algumas das muitas dúvidas que podem surgir durante suas quando for fotografar shows. Os fotógrafos de Shows e eventos são frequentemente questionados especificamente sobre quais os tipos de configurações que utilizam, mas em geral sabem a resposta não será muito útil, pois suas configurações mudam constantemente dependendo da situação.

O que é importante mesmo é obter uma compreensão básica de como cada configuração funciona, para quais limites você pode pressionar cada configuração de sua Câmera DSLR antes de iniciar a gravação.

Todas as configurações básicas da câmera se combinam para resultar em uma imagem corretamente exposta. Ter uma compreensão básica do triângulo de exposição é importante e ajuda a entender como você precisará alterar suas configurações para a situação quando for fotografar shows e eventos.

Basicamente, o triângulo de exposição afirma que obter a exposição correta depende de três coisas:

  • ISO – Qual é a sensibilidade do sensor da sua câmera à luz
  • Velocidade do obturador – Quanto tempo o obturador fica aberto receber a luz
  • Abertura – O tamanho da abertura em sua lente, permitindo que a luz adentre

Na fotografia de concertos, você está constantemente lutando para deixar entrar o máximo de luz possível entrar, já que muitas vezes o ambiente para fotografar shows é pouco iluminado aí se dá a importância de saber as configurações básicas para fotografia de shows profissional.
Fotografe no Modo Manual da Câmera:

Fotografar no modo manual oferece maior controle sobre a exposição correta da imagem. Assim você é capaz de alterar as configurações básicas para gravação profissional rapidamente para combater as condições de iluminação em mudança, especialmente ao fotografar concertos.

A outra vantagem é que o manual de gravação irá rapidamente forçá-lo a aprender como cada configuração afeta a sua imagem e você vai se tornar um fotógrafo melhor por causa disso!

 

Velocidade do obturador: 1/250 ou mais rápido

A velocidade do obturador influencia diretamente no resultado final de suas fotografias ou filmagens, pois se deixá-lo em altas velocidades é possível que force os limites das outras configurações para obter uma imagem suficientemente brilhante.  Procure utilizar velocidades de obturador mais lentas na hora deFotografar Shows fotografar shows, assim está permitindo mais luz no sensor, resultando em uma imagem mais brilhante.

Mas se a velocidade do obturador é muito lenta, você obtém borrão de movimento quando os objetos se movem no quadro. Este é um grande problema na fotografia de concertos, onde seus sujeitos estão constantemente se movendo e você realmente precisa congelar o movimento. Quando os momentos mais icônicos de um set são um grande salto ou uma guitarra balançando, você não quer que essas imagens saem embaçadas.

1/250 é uma boa linha de base, mas não uma regra. Ele irá capturar a maioria dos movimentos bem, e deixar entrar luz suficiente para que você não forçar outras configurações ao máximo para balancear a superexposição.

Lentes para fotografar Shows:
Para fotografar Shows, você realmente precisa de uma lente “rápida” especializada que permita uma abertura de número f baixa. Os modelos mais indicados são as lentes Prime, como as lentes 50mm são claras e recebem mais luz para não haver a necessidade de deixar a velocidade de seu obturador baixa e correr o risco de borrões ou ISO realmente alto, criando o granulado.

Fotografar Shows

A única desvantagem disso é que o menor número f que definir, menor profundidade de campo que terá, e sua imagem não será tão nítida como a de um número f maior. Isso pode resultar em você perder o seu ponto de foco, mas boas lentes e câmeras tornam isso menos de um problema.

Aberturas mais recomendadas:

  • f/1.4-
  • f/2.8+

Balanço de Branco: Auto WB

Deixar seu equilíbrio de branco em auto é a melhor coisa que você pode fazer como um novato que vai fotografar shows. À medida que você adquire o restante das configurações da câmera, você pode começar a aprender um pouco mais sobre como o equilíbrio de branco funciona e como você pode ajustá-lo para obter cores consistentes em todo o conjunto de imagens.

Fotografar Shows

No entanto, em situações como concertos, as luzes muitas vezes mudam e isso se torna um problema, pois só poderá ajustar a temperatura de cor através de pós-edição, caso não haja balanço adequado, desde que fotografe RAW e não JPEG, você poderá ajustar sua temperatura de cor e matiz em software de edição como o Adobe Lightroom ou photoshop.

Autofocus: AI-Servo

Este é um modo de foco contínuo, que ajuda a rastrear o assunto e o ponto de foco à medida que eles se movem através do quadro. Ao fotografar shows verá que seu motivo se move rapidamente, para fotógrafos de concertos, quase sempre, a focagem contínua é um grande benefício. Uma técnica útil para fotógrafos de concerto para aprender é voltar botão foco, que permite que você defina outro botão em sua câmera para ser encarregado de focar.
Medição: Medição Spot

Fotografar Shows

A definição de medição da câmara não tem qualquer efeito na exposição que está a fotografar no modo manual. Se você estiver usando um modo diferente, como AV ou TV, a medição funciona alterando automaticamente as configurações em seu nome para obter a exposição correta. No entanto, ao olhar através do visor em manual, o medidor pode ser usado como um guia para descobrir como expor sua imagem também.

Fotografar Shows em RAW ou JPEG:

As imagens RAW têm alguns grandes benefícios em relação às imagens JPEG. Os arquivos RAW armazenam muito mais informações, o que permite que você leve suas fotos para um software de edição como o Adobe Lightroom e ajuste o balanço de branco, a exposição e muitas outras configurações. Esta é uma vantagem incrível ao fotografar show, pois mesmo ao cometer pequenos erros, é possível ajustar suas sombras e destaques e manter muitos detalhes, o que torna a edição muito mais fácil.

Fotografar Shows

Devido a essas habilidades, os arquivos RAW são muito maiores do que JPEG. Apesar da diferença de tamanho, não vale a pena disparar em JPEG. Cartões SD e CF são baratos nos dias de hoje, e por isso são discos rígidos.

Post anterior

Como usar a compensação da exposição adequadamente na fotografia ?

Próximo post

STRONG IS THE NEW PRETTY: UM PROJETO FOTOGRÁFICO SOBRE EMPODERAMENTO FEMININO