Quer fotografar sua viagem? Confira o que não pode faltar na sua mochila!
Foto: Davi Pimentel/Pexels

Quer fotografar sua viagem? Confira o que não pode faltar na sua mochila!

Preparar sua mochila para uma viagem é complicado, nós sabemos. São tantos itens que gostaríamos de levar, mas falta espaço e temos de nos preocupar com o peso. Por isso, muitas vezes ficamos sem saber o que fazer.

Tem coisas que são essenciais na vida de um fotógrafo e não podem ser deixadas de lado em uma viagem. Outras, no entanto, você pode deixar de fora quando for arrumar seus equipamentos.

Sabendo disso, elaboramos uma lista de dicas para você que está arrumando sua mochila para viajar, mas não sabe por onde começar e o que precisa levar antes de pensar em qualquer outro tipo de equipamento.

Qual tipo de viagem você vai fazer?

É importante saber qual tipo de viagem você vai fazer porque a composição dos seus equipamentos depende quase integralmente disso.

Sendo assim, decida qual tipo de registros você deseja criar, como irá fazê-los e onde eles acontecerão. Dependendo de onde for o seu destino, quanto menos equipamentos você levar, melhor. Afinal, sofrer com o peso durante caminhadas em lugares de difícil acesso pode arruinar qualquer clima aventureiro.

Com o seu destino e sua programação desenhada, você pode escolher: qual tipo de lente poderá levar, qual o melhor tripé para te acompanhar, se será necessário o uso de controle remoto etc.

Um tripé flexível é uma boa pedida

Tripés não são instrumentos de fácil manuseio. Nem todos são leves ou dobráveis e podem ocupar um espaço enorme na sua mochila.

Por isso, é importante a escolha de um tripé que você consiga levar durante o passeio e não ocupe tanto espaço. O mais recomendado entre os amantes da fotografia é o GorilaPod, que é possível flexionar, se tornando mais fácil de guardar na sua mochila.

Além disso, quando você utiliza um tripé, acaba deixando a imagem mais estável em comparação aos momentos em que segura apenas com as mãos, principalmente em fotos de longa exposição.

Sua mochila é prioridade máxima na sua viagem

Sabemos que uma mochila, além de um acessório, é um item de moda. Muitas vezes, nos atentamos mais a esse quesito do que à função mais importante dela: comportar o peso que carregaremos nas costas.

Mochilas de alça lateral, por exemplo, são maravilhosas. Mas, você terá problemas por segurar todo o peso em apenas um dos seus ombros.

Optar por mochilas de pano pode ser a melhor pedida, principalmente quando você for para lugares em que será preciso caminhar, pois elas são mais leves e também comportam um peso razoável. Mochilas de couro também são boas, mas o peso do couro acaba somando ao restante, o que pode incomodar bastante no fim do dia.

Não esqueça do notebook

Ter um notebook com você é importante e será um dos equipamentos mais utilizados durante a sua viagem. Além de editar as fotos enquanto ainda está no local, você pode utilizá-lo para armazenar suas fotos.

Você deverá ter cuidado, é claro. Tanto para utilizar o notebook quanto para não perder suas fotos. Por isso, é necessário ter equipamentos de backup, que serão uma segurança extra, para que você não perca nenhum dos seus registros.

Tenha sempre uma reserva: tanto de bateria, quanto de memória

É frustrante quando você está empolgado com as suas fotografias, curtindo o momento e, de repente, percebe que a sua bateria está perto de acabar e não tem uma reserva. Por isso, leve uma carga extra. Isso vai fazer uma diferença enorme.

Assim como as baterias, ter um cartão de memória extra também é essencial. Nós vamos para uma viagem sem saber o número exato de fotografias que faremos. Além disso, tenha um HD externo, caso acredite que só o seu notebook não será suficiente para gravar as suas fotos.

Registre sua viagem em modo manual

Recentemente, falamos sobre fotos noturnas e a importância de fazer registros em modo manual, para que você consiga extrair o melhor da sua câmera e, consequentemente, conseguir um bom registro.

Seja à noite, seja de dia, sua viagem também merece as melhores imagens, certo? Por isso, utilizar o modo manual pode ser bem interessante. Assim, você poderá encontrar o seu estilo e a melhor maneira de fazer suas fotografias.

Aproveite para conhecer a cidade e contar histórias com os seus registros

Uma viagem não serve apenas para tirar fotos de maneira automática, não é mesmo? Somos apaixonados por fotografia, mas também temos outros desejos quando estamos em uma nova cidade.

Por isso, não deixe de conhecer o local. Converse com moradores, pergunte sobre os pontos turísticos e também aqueles menos conhecidos, mas que poderão gerar excelentes registros.

Acima de tudo: não deixe de exercer sua criatividade. Seu olhar sobre o local será o responsável por contar uma história, que ficará registrada em sua memória e nas suas fotografias.

Boa viagem!

SOBRE NÓS

O Blog eMania é voltado para o segmento fotográfico, filmagem e cinema. Trazemos dicas de equipamentos, tutoriais, notícias, curiosidade, reviews e comparações de produtos para facilitar a vida do fotógrafo e cinegrafista profissional e amador.

[site_social_icons]