Fotografia de Viagens (parte 2)
Crédito: Imagem de Dariusz Sankowski por Pixabay.

Fotografia de Viagens (Parte 2)

Agora que você já sabe como funciona o ramo da fotografia de viagens, acompanhe as 7 principais dicas que a equipe eMania preparou para iniciantes sobre como colocar em prática a sua paixão por viajar e transformá-la em um negócio.

Escolha o ramo da Fotografia de Viagens apenas se você tem paixão.

Se aventurar no universo da fotografia de viagens pode ser bastante desafiador, pois envolve muitos gêneros de nicho, como: fotografia de vida selvagem, fotografia industrial, fotografia de paisagem, fotografia de retrato, entre outros. Aprenda sobre cada um desses tipos quais são os requisitos e as habilidades necessárias para enfrentar os desafios que envolvem essa prática. É importante levar sempre em conta os modelos de monetização que existem para arcar com todos os gastos e imprevistos. Estude e repense toda a dinâmica e as ferramentas que serão utilizadas antes definir sua decisão final sobre aquele assunto. Após escolher a área de fotografia de viagens para ser sua especialidade no âmbito profissional, concentre-se em priorizá-la e dedique-se a ela como sua paixão. Siga sempre o coração, a mente e a intuição, mas sem perder a razão.

Invista tempo, esforço e verba para aprender os truques do comércio.

Preste atenção neste exemplo: se apaixonar por alguém à primeira vista é a sensibilidade no seu ápice; planejar se casar com esta pessoa e constituir família com ela é a sensibilidade no seu auge. Da mesma forma, se você mesclar/casar a sua paixão à sua experiência (seja ela estética, comercial ou técnica), você dará um grande passo para pensar e agir como um profissional. Você pode iniciar nesse campo e aprender como funciona o comércio através de um estágio voluntário – fotografar com uma câmera mais em conta ou de segunda mão, enquanto utiliza seu tempo fazendo cursos de fotografia de viagens.

Absorva o máximo que você puder através das experiências práticas e desenvolva suas técnicas a partir dos seus erros e acertos. Um bom exercício também é interagir com seus colegas do ramo e pesquisar dicas de fotografia a partir de bons sites de viagens. Busque bons livros e revistas sobre esse universo fotográfico, aprenda em workshops e seminários ou em programas de treinamentos – realizados por profissionais renomados. O importante é colocar em ação tudo o que você for aprendendo.

Fotografia de Viagens (parte 2)
Crédito: Imagem de Dariusz Sankowski por Pixabay.

Saiba descrever previamente e de forma clara o seu serviço.

Defina o seu serviço de fotografia de viagens de forma que não haja equívocos por parte de clientes ou admiradores de suas obras. A apresentação do seu negócio precisa ser clara e de fácil entendimento, para que os possíveis contratantes entendam a qualidade de suas fotografias, o preço habitual do seu trabalho e o valor agregado ao realizar projetos de grande escala. Defina bem a forma de pagamento desejada, assim como os termos e condições para taxas horárias e os prazos de cada serviço. Estabelecer com clareza todos esses requisitos, permitirá que você ganhe dinheiro com fotografia enquanto realiza a sua paixão de viajar.

Crie o seu próprio site de fotografia profissional de viagens.

É importante construir o seu portfólio para atrair olhares de clientes e até mesmo de patrocinadores. Mesmo enquanto você estiver aprendendo a desenvolver suas técnicas e habilidades na área da fotografia de viagens, não esqueça de divulgar o seu trabalho. Já dizia o ditado: “Quem não é visto não é lembrado”. Ao exibir suas fotografias através de um site ou de redes sociais, você terá mais chances de expor os seus serviços enquanto busca adquirir espaço nesse ramo. Selecione as melhores fotos de diferentes gêneros e adicione regularmente os resultados de novos projetos. O seu site será a vitrine para o mundo e a ponte para que haja o primeiro contato com colaboradores.

Use as mídias sociais para gerar exposição para seu trabalho.

A internet proporciona grande visibilidade para quem quer ingressar no mercado de trabalho, seja na fotografia de viagem ou em qualquer outra área. É através de sites e redes sociais que você pode receber bastante atenção e resposta durante o desenvolvimento do seu negócio. Os navegantes da internet gostam de curtir postagens, conhecer lugares que nunca visitaram, compartilhar paisagens; e é pensando nisso que você precisa colocar em exposição suas fotografias, para que sejam vistas e propagadas.

Portanto, aprenda a utilizar a mídia social a seu favor: escolha uma ou duas redes sociais e concentre suas energias em compartilhar seu trabalho regularmente e outras postagens interessantes. Busque interagir com as pessoas que comentarem e compartilharem o seu trabalho, no intuito de construir a sua base de fãs e criar um vínculo com eles. Estude como funcionam os dados e as métricas de sua rede social para entender melhor as tendências do mercado e apresentar um trabalho de qualidade. No Instagram, por exemplo, a fotografia de viagens tem se tornado bastante popular – há muitos perfis e páginas que promovem esse tipo de serviço.

Uma dica importante: aprenda a usar hashtags no Instagram para alcançar mais pessoas para ter sucesso como fotógrafo de viagens e ter o seu trabalho cada vez mais conhecido.

Fotografia de Viagens (parte 2)
Crédito: Foto de Tracy Le Blanc no Pexels.

Comece um Blog sobre Fotografia de Viagens

Você pode adicionar ao seu site (ou às mídias sociais) um blog que traga textos informativos e curiosos a respeito da fotografia de viagens. Compartilhe dicas, conte histórias visuais, descreva as primeiras impressões e os bastidores das viagens. Crie narrativas a partir das fotos de pessoas e lugares pelos quais você passou. Fale sobre a cultura e as experiências vivenciadas durante suas explorações. Seguindo essas dicas, seu blog se tornará um ímã para atrais leitores, clientes, curiosos, fãs, entre outros.

Explore as diversas possibilidades de ganhar dinheiro durante as viagens.

Registrar as melhores fotos enquanto você viaja pelo mundo é uma coisa; ganhar dinheiro com elas é outra coisa bem diferente. Procure sempre oferecer suas habilidades para algum serviço, “vender” suas ideias e suas habilidades, conseguir um negócio melhor. Você pode buscar publicar suas fotografias em diversas plataformas para mostrar o seu trabalho e ganhar dinheiro a partir disso. Corra atrás de parcerias com outros colaboradores ou clientes e ofereça as vantagens que serão proporcionadas para ambas as partes. Você também pode publicar suas fotos em plataformas que dizem respeito a turismo, vida selvagem, esporte; áreas que necessitem que você faça viagens para realizar o seu serviço.  Há também muitos sites de banco de imagens para você vender as suas fotografias de viagem – construa também relacionamentos com revistas e outros serviços de exposição fotográfica.

SOBRE NÓS

O Blog eMania é voltado para o segmento fotográfico, filmagem e cinema. Trazemos dicas de equipamentos, tutoriais, notícias, curiosidade, reviews e comparações de produtos para facilitar a vida do fotógrafo e cinegrafista profissional e amador.

[site_social_icons]