O incrível potencial demonstrado pela Canon MS-500

0 417

Imagine conseguir as melhores imagens, a cores, independente das condições de iluminação existentes? Esteja você na luz natural considerada como ideal ou em um verdadeiro ‘breu’, sua imagem colorida é garantida. Pois é justamente essa a ideia proposta pela possante Canon MS-500.

Aproveitando a visibilidade existente no famoso evento de tecnologia CES 2024, a multinacional do mercado fotográfico tratou de exibir o equipamento que funciona com o sistema originalmente conhecido como SPAD. Na tradução para português, ‘sensor diodo de avalanche de fóton único’.

o-incrivel-potencial-demonstrado-pela-canon-ms-500-blog-emania-16-01
Divulgação/Canon

Em resumo, uma câmera com sensor SPAD se baseia em partículas de luz e não na luminosidade geral por pixels. Algo, habitualmente, exercido no funcionamento de equipamentos montados no sensor CMOS. Dessa forma, ela potencializa consideravelmente tanto o raio de alcance como também a nitidez de captação mesmo quando se fala em quilômetros de distância.

Além do potencial incrível, a Canon assegura que o seu equipamento é pioneiro quando se fala em avanço nos trabalhos de sensor SPAD. Para se ter uma ideia, em 2020, a empresa desenvolveu seu primeiro sensor com capacidade de 1 megapixel. Na Canon MS-500, a resolução final chega a 3,2 megapixels.

o-incrivel-potencial-demonstrado-pela-canon-ms-500-blog-emania-16-01-2
Divulgação/Canon

Dessa forma, o equipamento em questão terá como seu principal público alvo empresas de segurança bem como grandes organizações governamentais. Especialmente, aquelas com o desejo de investimento pesado no monitoramento de prédios com alto valor presente. Afinal, estamos falando de uma câmera com valor médio que ultrapassa a casa dos R$ 100 mil.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.