Saiba como Fotografar Horizontes
Crédito: Foto de Kellie Churchman no Pexels.

Saiba como Fotografar Horizontes

Quando o assunto é fotografar horizontes, fato comum a nós, como humanos, é preferir horizontes planos e não responder bem às coisas que estão fora de equilíbrio. Na fotografia, em geral, essa regra é exatamente a mesma, pois o fotógrafo profissional busca sempre priorizar a linha reta do horizonte. É incrível como essa proposta tem forte poder de acrescentar belezas e sensações a um retrato ou a uma imagem; diferente de uma foto com a linha do horizonte torta, que pode tirar algo igualmente incrível da fotografia e impactar de forma negativa.

Imagine o seguinte exemplo: você está em um cômodo da sua casa fazendo esforço para pendurar um quadro ou uma moldura. Você mede, observa de longe se a estrutura está torta ou perfeitamente reta. Talvez você até faça marcações na parede ou utilize um aparelho nivelador para garantir que tudo esteja em  perfeito equilíbrio. Pense em como é frustrante quando o quadro se inclina para a esquerda ou para a direita depois de toda a sua persistência! Para fotografar horizontes o conceito é exatamente o mesmo. Para isso, a equipe eMania preparou este conteúdo com dicas e explicações de como realizar esse tipo de fotografia.

Saiba como Fotografar Horizontes
Crédito: Foto de Robin Schreiner no Pexels.

Se você está lendo este texto e pensando se isso realmente importa, a resposta é sim; a linha do horizonte pode lançar o foco de toda a sua foto. É um processo de aprendizagem que te tornará mais exigente com o trabalho que você mesmo produz – no momento em que você passar a enxergar a importância dessa questão. Para começar a treinar, você pode se basear em guias de fotos de horizontes e paisagens, para que sirvam de referências básicas na hora de fotografar horizontes – essas práticas irão te ajudar a desenvolver a sua sensibilidade e um olhar crítico.

Quando a imagem capturada possui a linha do horizonte torta (de forma muito óbvia), o olhar do espectador é direcionado para aquela irregularidade e a imagem pode acabar causando uma sensação de irritação no observador. Outra forma de refletir sobre isso é quando você está na praia, olhando o mar encontrando o céu; não importa onde você esteja, o ponto de encontro (a linha do horizonte) que une ambos sempre parecerá reto. É tudo uma questão de manter os elementos de sua foto em equilíbrio, de maneira harmoniosa; seja onde o mar encontra o céu, onde a parede encontra o solo ou onde o teto encontra a parede. 

Saiba como Fotografar Horizontes
Crédito: Foto de Maksim Goncharenok no Pexels

A mente é uma ferramenta muito poderosa. Linhas horizontais irregulares podem gerar um desequilíbrio na percepção subconsciente. Não é natural para o ser humano ver uma linha do horizonte instável; esse efeito pode induzir os olhos do espectador a enxergar os objetos como se estivessem caindo ou inclinados – quando, na verdade, não estão. O nosso olhar é sempre desenhado por linhas, por isso, é importante que você leve em consideração as linhas que farão parte da composição. A simples ação de criar uma linha reta (horizontal ou vertical) muda o impacto e todo o visual da foto. 

Se depois de fotografar horizontes você percebeu que a linha ficou torta, não se desespere ainda; você tem a opção de alinhar suas fotos no processo de pós-produção. Talvez você tire centenas de fotos na esperança de que pelo menos uma delas contenha a linha do horizonte razoavelmente reta; da mesma forma, você talvez acredite que o pós-processamento será a solução milagrosa para os seus problemas. Nenhum desses métodos é cem por cento eficaz, mas você pode testar as diferentes alternativas para descobrir qual deles melhor se aplica ao seu estilo de trabalho. 

Saiba como Fotografar Horizontes
Crédito: Foto de Sebastian Voortman no Pexels.

Além dessas orientações, reserve um tempo para realmente se concentrar na composição fotográfica e elaborar sua cena. Preste muita atenção no enquadramento que você irá utilizar em cada abordagem. Procure também quaisquer objetos ou pontos de foco que você possa utilizar como um guia visual que irá orientar o olhar do observador dentro da cena. Uma boa dica para começar a fotografar horizontes é usar a “grade do visor” da sua Câmera Fotográfica – você pode se basear na “regra dos terços”, caso tenha interesse. Se você tiver uma Câmera Mirrorless, provavelmente terá a opção de utilizar as grades.

Cada Câmera Digital funciona de maneira diferente, por isso, não deixe de verificar o livro de manual fornecido. Leia as instruções e descubra as ferramentas que sua câmera possui e o que ela não possui. Por exemplo: se a sua máquina fotográfica não oferece a opção de “grade do visor”, você pode adicionar um auxiliar de nivelamento, como um nível de bolha. Mas, nem sempre, dá para confiar em suas mãos para obter uma linha perfeitamente reta na hora de fotografar horizontes – elas podem ser trêmulas e prejudicar o resultado da imagem. 

Saiba como Fotografar Horizontes
Crédito: Foto de Bella White no Pexels.

Usar um tripé pode tornar as coisas muito mais fáceis, pois oferece uma estabilidade maior na hora de capturar a imagem que você deseja. Utilizar um Bom Tripé também irá lhe proporcionar tempo para se concentrar na composição e tornar você mais consciente dessas linhas visuais sorrateiras. Se sua linha do horizonte ainda não estiver saindo reta, como planejado, é mais seguro você optar pela edição do alinhamento na pós-produção. Pode acontecer de você não saber mais o que fazer com a câmera na hora de fotografar, o que também pode ser causado pela combinação da distância focal da lente e suas propriedades de distorção.

Você pode utilizar programas de edição de imagens como o Lightroom e o Adobe Photoshop no processo final da fotografia para realizar os ajustes necessários. Os dois programas oferecem uma maneira simples e rápida de corrigir a linha do horizonte. Você pode encontrar tutoriais em sites de pesquisa para aprender a manipular essas ferramentas. A régua é um item interessante para ser aplicado em sua imagem no processo de edição, você pode arrastar a régua ao longo do horizonte torto. Nesse caso, você terá que buscar um horizonte visual e focar nele; depois de encontrar esse ponto, use-o para alinhar a sua fotografia.

SOBRE NÓS

O Blog eMania é voltado para o segmento fotográfico, filmagem e cinema. Trazemos dicas de equipamentos, tutoriais, notícias, curiosidade, reviews e comparações de produtos para facilitar a vida do fotógrafo e cinegrafista profissional e amador.

[site_social_icons]