Saiba mais sobre a ‘diferenciada’ rede social de fotografia Lapse

0 290

O formato básico de uma rede social é amplamente conhecido pelo público diante da gama de opções existentes na atualidade. Linhas do tempo, seguidores, likes, visualizações… em via de regra, mesmo com ligeiras diferenças, a receita dificilmente apresenta um modelo que não reúna esses elementos.

Por conta disso, a criação da rede social britânica Lapse tenta trazer algo que apresenta elementos que fogem a luxuosidade ou a exibição de qualquer modelo de perfeição humanamente inalcançável, pelo contrário. Não à toa, sua ação mais notória no posicionamento de produto é a disponibilidade, unicamente, de fotos analógicas. Ou seja, sem edição, postadas exatamente como são tiradas.

Outro ponto que chama a atenção na rede social criada pelos ingleses Ben e Dan Silvertown é um diferente tratamento em relação a sua formação de contatos. Isso porque você forma o seu círculo de amizades, necessariamente, por pessoas que você já conhece. Afastando, dessa forma, a criação de uma gigantesca bolha de ‘seguidores’ onde, apesar da tecnologia, as pessoas se sentem cada vez mais afastadas umas das outras.

Este modelo é levado tão a sério que, independente de ser convidado, é preciso, também enviar cinco convites para outras pessoas entrarem. Somente desta forma você terá real acesso as funcionalidades do Lapse em sua totalidade.

saiba-mais-sobre-a-diferenciada-rede-social-de-fotografia-lapse-blog-emania-interna
Foto: Divulgação/Lapse

Se você mostrou interesse em se tornar integrante desta rede social para conhecer melhor as funcionalidades, saiba que existem alguns pré-requisitos. Em primeiro lugar, a questão geográfica, já que, mesmo existindo desde 2021, ela segue restrita a Canadá, Estados Unidos e Reino Unido. Além disso, os usuários Android terão de aguardar, já que o Lapse só possui versão para iOS.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.