Leica e Lumix anunciam acordo de colaboração para criar a L² Technology

0 38
Tempo de leitura: 2 minutos

Duas das empresas mais renomadas quando o assunto é o mercado fotográfico global não apenas do presente, mas também com larga história construída, a Leica e a LUMIX (divisão de câmeras digitais da Panasonic) anunciaram a criação de uma parceria consolidada em forma de marca própria: a L² Technology.

camera mirrorless panasonic lumix g80

As companhias em questão já possuem outros episódios onde a construção de câmeras com a estrutura produzida pela LUMIX possuía lentes fabricadas pela tecnologia da Leica. Tudo isso graças a um acordo formal existente desde 2000 relacionado a área de lentes e equipamentos audiovisuais que foi ampliado em 2001 especificamente para câmeras digitais.

Porém, a ideia é ampliar ainda o caráter de colaboração não apenas pensando em itens para as duas empresas em separados, mas também o desenvolvimento de tecnologias e equipamentos que já venham com a chancela da L² Technology, tornando a relação ainda mais sólida.

“Com a chegada de uma era onde fotos e vídeos são compartilhados de maneira global e em tempo real, as câmeras precisam ter a capacidade de criar expressões cada vez mais impressionantes e de tirar o fôlego. Eu sempre fiquei impressionado pela alta qualidade de imagem e filosofia que a Leica desenvolveu ao longo de sua história. Estou agradecido e empolgado de continuar trabalhando com a Leica para desenvolver tecnologias que vão permitir as pessoas, ao redor do mundo, compartilhar suas emoções”, destacou Akira Toyoshima, CEO da Panasonic Entertainment & Communication.

“Nós temos trabalhando com a Panasonic por muitos anos em um espírito de parceria, confiança e sua extensa expertise é imbatível. A combinação das nossas competências na L² Technology é outra marca na parceria e comprova que o melhor caminho para enfrentar os desafios atuais no mercado de câmeras fotográficas não é segmentar e se especializar, mas sim aprofundar as capacidades para, em conjunto, criar soluções para o futuro”, avaliou.

E você, acha que a nova marca pode se tornar dominante no mercado fotográfico? Ainda prefere esperar para ver os primeiros equipamentos? Deixe sua opinião nos comentários!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceito Política de Privacidade