O que é Fotografia de Stock?

O que é Fotografia de Stock?

Stock é uma palavra proveniente do idioma inglês que significa o mesmo que “estoque” ao ser traduzida literalmente para a língua portuguesa. Nesse sentido, a fotografia de stock é oriunda de bancos de imagens de empresas fornecedoras de fotografias para fins comerciais e editoriais, como anúncios, posts de blog e até mesmo embalagens de produtos. Como por exemplo o Depositphotos.

Se você é fotógrafo profissional e pretende conhecer mais sobre esse mercado para ingressar nele, confira o post a seguir!

O que é Fotografia de Stock?

Como funciona?

O banco ou “estoque” de imagens é formado a partir da colaboração de diversos fotógrafos que se associam às sua fotografias e fornecem imagens para fins comerciais e editoriais para a empresa que cria este banco de imagens em troca de royalties, os quais são pagos cada vez que o conteúdo é licenciado.

Para que um fotógrafo possa fornecer imagens em troca de royalties, geralmente é necessário se inscrever no site da Depositphotos, responder um questionário e enviar seu portfólio para que a qualidade das fotografias seja avaliada.

Após a aprovação, o fotógrafo pode produzir imagens para fins comerciais e editoriais e enviar para a Depositphotos para avaliação e, caso aprovadas, as fotografias são postadas no banco de imagens online, onde podem ser encontradas por compradores.

Usualmente, os usuários que pretendem adquirir imagens em bancos de imagens podem optar por comprar uma imagem individualmente ou contratar um plano específico. O valor das imagens depende da tiragem das mesmas. Por exemplo, revistas ou jornais de âmbito nacional pagam mais por esse tipo de conteúdo, pois o público que atendem é maior.

O que é Fotografia de Stock?

Contudo, pessoas que possuem sites e blogs ou pequenas empresas de marketing digital podem adquirir esse tipo de imagem por preços e planos mais acessíveis.

Exemplos de sites de Fotografia de Stock

A seguir, veja alguns bancos de imagens online de depositphotos:

1. Freepik

A Freepik foi fundada em 2010 e, atualmente, oferece aos seus usuários mais de 10 milhões de recursos gráficos. Tamanho sucesso fez com que a Freepik fosse considerada pelo Financial Times como uma das trinta empresas que mais crescem na Europa.

Dentre seus clientes de maior renome, podemos citar Microsoft, FedEx, Amazon e Spotify. Além disso, o banco de recursos gráficos da Freepik é acessado por milhões de usuários.

A Freepik conta tanto com designers e fotógrafos contratados quanto colaboradores. Para acessar seu site, clique aqui.

2. iStock

O que é Fotografia de Stock?
Site iStock

Fundada em 2000, a iStock adiciona mais de meio milhão de novos recursos visuais todos os meses. Devido ao seu bom desempenho no mercado, a empresa foi adquirida por nada mais nada menos do que 50 milhões de dólares pela Getty Images em 2006.

Em 2007, a iStock arrecadou 71,9 milhões de dólares. Desse total, 20,9 milhões de dólares foram destinados aos fotógrafos e designers colaboradores. Para acessar o site oficial no Brasil da iStock, clique aqui.

3. Shutterstock

A Shutterstock foi fundada em 2003 e, hoje em dia, oferece aos seus usuários mais de 300 milhões de recursos visuais, sendo considerada a maior empresa do segmento no mercado. Por conta disso, a Shutterstock está listada na bolsa de valores de Nova Iorque desde 2012.

Devido seu sucesso no mercado, a Shutterstock já adquiriu diversas outras empresas do segmento, como Bigstock, Webdam, PremiumBeat e Flashstock. Atualmente, a empresa possui mais de 100 mil colaboradores e clientes em mais de 150 países. Para acessar o site oficial do Brasil, clique aqui.

4. Dreamstime

O que é Fotografia de Stock?
Site Dreamstime

A Dreamstime ingressou no mercado de fotografias de stock após seus grandes rivais, iStock e Shutterstock, mais precisamente em 2004. Segundo o Nashville Business Journal, no terceiro ano de atuação no segmento, a empresa já arrecadou aproximadamente 10 milhões de dólares.

O banco de recursos visuais da Dreamstime conta com mais de 49 milhões de conteúdos produzidos por mais de 170 mil colaboradores. Para acessar o site da Dreamstime, clique aqui.

5. Can Stock Photo

Por fim, a Can Stock Photo também está entre uma das principais empresas que atuam no mercado de comercialização de fotografias de stock. A Can Stock Photo foi fundada em 2004 e, atualmente, conta com cerca de 21 milhões de recursos visuais, os quais são fornecidos por aproximadamente 40 mil colaboradores em todo o mundo.

Os conteúdos disponíveis no banco de imagens da Can Stock Photo são usados por empresas como TechCrunch, BuzzFeed, CBS 5, além de filmes, como Whiplash, o qual foi indicado a cinco categorias do Oscar, vencendo três delas.

Hoje em dia, a Can Stock Photo recebe em torno de 25 mil conteúdos visuais para dispor em seu banco de imagens. Para acessar o site da Can Stock Photo, clique aqui.

O que é Fotografia de Stock?

Como ganhar dinheiro com Fotografia de Stock?

Basta criar fotografias que possam ser utilizadas para fins comerciais e editoriais e se associar a um site de banco de imagem. Caso você não saiba quais cenários e situações podem compor esse tipo de imagem, visite cada um dos sites indicados neste post para ter uma noção.

Cada empresa que atua no ramo de comercialização de fotografias de stock possui um conjunto de regras e um processo seletivo para que o profissional possa se associar. Geralmente, esse processo consiste no envio do portfólio e o preenchimento de um questionário.

Como mencionado anteriormente, o profissional recebe a cada vez que o conteúdo é licenciado por um cliente. Para garantir que as suas imagens sejam escolhidas pelos usuários, tente identificar quais conteúdos vendem mais ou nichos pouco explorados, mas com muitas chances de vendas e capriche na qualidade das fotos.

O que é Fotografia de Stock?

Valores e Demanda

Cada banco de imagem paga um determinado valor e ele pode variar de US$ 0,20 para iniciantes e US$ 0,40 para fotógrafos que oferecem maior diversidade de imagens e vendem mais. De acordo com o portal Extra, em entrevista com o fotógrafo Paulo Vilela, contribuidor master na Shutterstock, o profissional conta que possui 23 mil imagens disponíveis na plataforma e vende em média 3 mil imagens por mês para clientes de todo o mundo.

Desse modo, profissionais que atuam no mercado de fotografias de stock podem gerar uma renda passiva, pois ao disponibilizarem uma grande quantidade de imagens, a plataforma digital se encarrega de oferecer aos clientes e fechar a compra.

E então, o que você acha de ingressar no mercado de fotografia de stock e começar a ganhar dinheiro de forma simples e facilitada? Deixe nos comentários!

SOBRE NÓS

O Blog eMania é voltado para o segmento fotográfico, filmagem e cinema. Trazemos dicas de equipamentos, tutoriais, notícias, curiosidade, reviews e comparações de produtos para facilitar a vida do fotógrafo e cinegrafista profissional e amador.

[site_social_icons]