Home»Artigos de Foto e Vídeo»Fazer faculdade, curso ou aprender sozinho para se tornar um fotógrafo?  

Fazer faculdade, curso ou aprender sozinho para se tornar um fotógrafo?  

eMania
7
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Ao contrário do que a grande maioria imagina, muitos começam na fotografia sem querer, onde acabam indo trabalhar por exemplo em um estúdio de fotografia e com o tempo se interessam pelo assunto. Porém, a grande dúvida de muitos é como fazer para se tornar um fotógrafo, certo?

Se você já possui a oportunidade de trabalhar no meio de profissionais que realmente entendem do assunto, se sinta mais do que beneficiado, pois é exatamente com eles que você poderá desenvolver o seu dom para fotografia, bem como aprender muitas coisas produtivas para seu currículo.

Após se interessar por esse ramo, certamente você irá desenvolver a vontade de querer aprender mais e se tornar um fotógrafo, porém, muitas dúvidas como por exemplo: “Vale a pena fazer cursos? Como aprender fotografia sem ter dinheiro? Qual faculdade fazer? ”, normalmente acabam surgindo.

Por isso, se você se vê neste tipo de situação, então, não se preocupe, pois tentaremos lhe auxiliar com o máximo de informações possíveis para que você possa optar por aquilo que realmente supra suas necessidades. Vamos lá?

Como se tornar um fotógrafo sem ter inicialmente um bom capital?

Infelizmente nem sempre possuímos o valor necessário para inicialmente investirmos em cursos mais caros e elaborados, porém, fique tranquilo, pois isso não será uma limitação para você, pois, na falta de um capital inicial siga as seguintes dicas:

-Utilize da internet:

Tenha sempre em mente que a internet sem dúvida alguma é um grande escape para muitas pessoas, onde em uma simples busca você poderá encontrar diversos canais ensinando muitas coisas e sanando diversas dúvidas.

Além disso, existem alguns cursos gratuitos disponibilizados na internet que também podem lhe auxiliar.

Leia muitos livros de fotografia:

Conhecimento nunca é demais, por isso, procure por livros que falem sobre o conhecimento básico da fotografia e se aprofunde ao máximo que puder neles.

-Compre uma câmera usada:

Incialmente você não precisa comprar tudo novo e da melhor qualidade, claro, que isso é algo fundamental para um bom trabalho, mas no início até que você possa aprender mais e ter um maior capital, a aquisição de uma câmera fotográfica usada pode te ajudar e muito para se tornar um fotógrafo.

-Explore o manual de sua nova câmera:

Usada ou não, ler o seu manual é fundamental, pois assim, você irá conhecer um pouco mais das funcionalidades de seu equipamento fotográfico, podendo aos poucos colocar tudo em prática.

Mas, e os cursos pagos, valem a pena?

Se você possui dinheiro para poder investir nos cursos, sem dúvida alguma a resposta é sim, eles valem e muito a pena, pois além de técnicas atuais, você irá aprender com profissionais já experientes que estarão ali para lhe auxiliar em suas dúvidas.

Tenha sempre em mente que os cursos são bem estruturados e possuem uma continuidade importante para o nosso aprendizado, deste modo, realiza-los sempre será um acréscimo para o seu currículo profissional.

Dicas de curso de fotografia

Existem muitos cursos bons para quem quer se tornar um fotógrafo, por isso, separamos algumas dentre muitas opções que você poderá escolher de acordo com suas necessidades e objetivos, veja:

  • Muitos profissionais indicam o curso de fotografia básica disponibilizado pelo SENAC, os quais, são bons e bem mais em conta;
  • Outra opção é pesquisar no Google cursos de fotografia em sua cidade ou região;
  • Participe também de grupos no Facebook ou no Flickr de sua cidade e temos plena certeza que os integrantes desses grupos irão lhe dar boas indicações.

Mas, e faculdade? Fazer ou não?

Essa com certeza é considerada uma opção bem particular, pois alguns profissionais acreditam que a faculdade serve apenas para ter contatos e possuir um papel que diga que você tem uma formação, já para outros, ela é fundamental para estreitar os seus conhecimentos e ter contatos com pessoas que entendem do assunto.

Além disso, é importante ressaltarmos que hoje em dia existem diversos cursos profissionalizantes e extremamente técnicos que podem ajudar e muito aqueles que estão entrando nesse meio ou que simplesmente desejam se aperfeiçoar.

Deste modo, fazer ou não faculdade de fotografia é algo muito subjetivo que depende apenas de suas necessidades pessoais, bem como de quais objetivos almeja alcançar em sua carreira, além disso, conhecimento e experiência nunca são demais e caso você tenha a oportunidade de fazer, então, talvez essa seja uma ideia a se pensar.

E os Workshops, valem a pena?

Como já mencionado acima, conhecimento nunca é demais, principalmente quando estamos nos referindo a uma profissão a qual novas técnicas e habilidades são sempre bem-vindas, certo?

Sendo assim, a participação de Workshops para muitos profissionais é considerado algo muito valido nesse mercado, pois são nesses tipos de eventos que se pode melhorar ainda mais suas habilidades ou até mesmo aprender coisas que não sabia.

Porém, não pense que preço é sinal de qualidade, ok? Um Workshop extremamente caro não significa que ele será o melhor ou que irá agregar valores a sua carreira, pois um mais em conta certamente poderá lhe oferecer conteúdos e técnicas bem melhores. Por isso, não se deixe levar por essa ideia de preços.

De modo geral, se o seu objetivo é se tornar um fotógrafo para hobby, existem meios bem fáceis e baratos como já mencionado acima, mas, se o seu propósito for realmente se profissionalizar, talvez as suas perguntas pessoais não devam ser “qual curso fazer” ou “como começar”, mas sim, “por que desejo trabalhar com fotografia? ” e essa pergunta, apenas você saberá responder.

Agora, após entender um pouco mais sobre o que optar para se tornar um fotógrafo, faça a escolha que mais atende as suas necessidades e além de se profissionalizar, ame fazer aquilo que gosta, pois apenas quem trabalha nesse meio sabe o quanto é importante amar a fotografia, pois muito mais do que talento, a paixão pelo que se faz é algo primordial.

Gostou do nosso artigo? Então, comente sua opinião logo abaixo e confira agora mesmo “Como fazer fotografias de viagens perfeitas” 

Post anterior

8 dicas para fazer a carga da bateria de sua câmera durar mais tempo

Próximo post

Como ser criativo com o mais novo dos aplicativos de fotografia: o Prisma