Home»Artigos de Foto e Vídeo»Conheça a Canon 5Ds por dentro

Conheça a Canon 5Ds por dentro

eMania https://blog.emania.com.br/content/uploads/2015/05/logotipo.png
eMania
2
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Hoje vamos abrir uma Câmera Canon 5Ds. Não, você não leu errado.

Para quem trabalha com fotografia, existe um tabu interessante. Você pode conhecer muito bem os tipos de máquinas, suas características, suas funções, suas vantagens e desvantagens. Porém, a menos que você faça um curso bem específico, é possível que nunca veja os “bastidores” do que acontece quando tiramos uma foto. É possível que nunca veja uma câmera por dentro. Afinal, câmeras são caras… quem vai querer desmontar a sua?

Pensando nisso, pesquisamos e encontramos uma boa apresentação da Câmera Canon 5Ds – um dos novos modelos da Canon. Olhando por fora, ela não é muito diferente da 5D Mk III. Resta ver como será por dentro. Vamos acompanhar esse tour inusitado?

O primeiro passo para desmontar a Câmera Canon 5Ds é retirar o painel lateral que cobre a porta I/O. Assim, é possível observar que placas de metal e parafusos mantém as portas de conexão firmemente seguras. O próximo painel a sair é o inferior, na base da câmera fotográfica. Então passamos ao painel traseiro – onde fica o visor. Ele apresenta algumas pequenas diferenças com relação à Câmera Canon 5D Mk III. Uma delas é o apoio de alumínio do LCD, que está mais forte e grosso.

Internamente, a câmera parece diferente por que o circuito impresso é coberto com um adesivo plástico, em vez do vinil, que é mais comum. Essa diferença torna mais fácil reparar a câmera, pois o adesivo plástico é mais resistente do que o vinil. Portanto, ele não deve ser danificado por acidente durante um conserto.

 Câmera Canon 5Ds
Desmontando

Em seguida, são retiradas as proteções elétricas, deixando expostos o circuito impresso e a maior parte dos chips. Removendo alguns (vários) parafusos, é possível separar também o circuito impresso, e então podemos ver a placa de circuitos dos sensores (ao centro) e o slot de Cartão Compact Flash (à direita e acima).

O próximo passo é retirar o painel frontal, onde fica a lente, e também o painel superior. Enquanto isso, na parte inferior, ainda temos a chamada “placa trípode”, que será a próxima a sair. Já notamos que esta peça está mais grossa do que na Câmera Canon 5D Mk III. Além disso, os parafusos que seguram a placa à maquina também são mais longos. No geral, isso garante mais resistência à base da Câmera Canon 5Ds, que está mais robusta do que suas antecessoras.

Com isso, toda a “carroceria” da máquina foi retirada. Ficamos somente com o motor nas mãos!

Câmera Canon 5Ds

A próxima peça a sair é a porta do memory card. Ela não precisa ser retirada por último, mas há um truque. A porta de memory card da Canon 5Ds – como na maioria das máquinas – tem um sensor especial que não permite que a câmera seja ligada se a porta estiver aberta. Esse sensor é muito fino e fácil de quebrar. Se ele quebrar, você terá grandes problemas para usar sua máquina novamente!

Câmera Canon 5Ds

Um dos componentes mais interessantes de observar ao desmontar a Câmera Canon 5Ds é o pentaprisma, que fica acima das lentes. O pentaprisma é a razão de haver aquela elevação na parte superior da sua câmera DSLR. É esse prisma que permite ao fotógrafo olhar através de suas lentes e saber exatamente como a sua foto irá ficar, antes mesmo de apertar o botão. Nós falamos mais sobre isso em outro artigo do blog Emania, que você pode ler aqui.

Câmera Canon 5Ds
Vedação

Outro aspecto interessante que fica visível neste ponto é a vedação contra intempéries. A Câmera Canon 5Ds foi apresentada como uma câmera de estúdio, e não tem uma vedação tão boa quanto a Câmera Canon 7D Mk III. Mesmo assim, a proteção está lá, especialmente em voltas das portas conectoras. É possível ver uma vedação de espuma em torno da porta do memory card e da porta da bateria. Mas ela não apresenta vedações de borracha. Ou seja, o nível de proteção aqui é padrão. Essa não é uma câmera apropriada para ser exposta à água, sob qualquer circunstância! Se você pretende dar um passeio com ela na chuva, a vedação não irá garantir sua integridade – então, o melhor é investir em capas de silicone, como explicamos neste outro artigo.

Falando em portas de conexão, todas as portas da Câmera Canon 5Ds ficam em uma placa separada, que é então conectada ao circuito impresso através de fios. Isso foi uma melhoria inteligente da Canon, já que normalmente as portas ficam conectadas diretamente ao circuito impresso, o que causa grandes problemas. Se você puxar um cabo USB ou HDMI com força e arrancar a porta, pode danificar o circuito, o que é mais difícil e caro de consertar. Com a solução criada para a Câmera Canon 5Ds, somente a placa das portas precisa ser reparada.

Essa visita rápida ao interior da Câmera Canon 5Ds demonstrou que a câmera não tem muitas novidades em termos de componentes. Porém, ela está mais reforçada, mais robusta e resistente. Três características que são extremamente importantes para uma câmera profissional de estúdio, que está sujeita ao uso constante e pesado. Fora isso, ela se mantém fiel ao layout limpo das câmeras da Canon, sem “firulas” desnecessárias.

Se você quiser ver o processo inteiro de desmontagem em detalhes, visite o site Petapixel (em Inglês). O procedimento foi feito por um especialista em reparo de máquinas fotográficas e é bem inusitado!

Post anterior

Matte Box ! Mas para que serve este acessório?

Próximo post

Sony Action Cam: a câmera de ação concorrente direta da GoPro

O Autor

Clara Mangolin

Clara Mangolin