O que é JPEG XL ?

O que é JPEG XL? Nos últimos anos, os idealizadores do formato de imagem “JPEG” anunciarem o lançamento do novo tipo de arquivo “JPEG XL” que oferecerá mais melhorias para a navegação da internet em relação às imagens.

Ele apresentará um novo codec que permitirá economia de até 30% do tráfego de dados nas redes de navegação, mantendo a qualidade digital das imagens e a experiência do usuário de internet.

Atualmente, considerando todos os tipos de imagens carregáveis na internet, boa parte delas soma cerca de 60% do peso das páginas que rodam nos sites.

Na prática, no uso do atual JPG, os servidores que oferecem hospedagem ficam sobrecarregados com o excesso de imagens gerando lentidão no acesso e mais gasto de energia para o servidor e os dispositivos digitais.

O desenvolvimento da nova extensão do arquivo promete ser uma solução para o armazenamento nas nuvens dos arquivos de imagens e para melhor o acesso a diferentes formatos de imagens salvos e veiculados neste novo formato.

Edição JPEG XL

Inicialmente, o sistema de codificação de imagem JPEG XL (ISO / IEC 18181) apresenta mais recursos, principalmente, focados para a otimização de conteúdo em ambientes digitais responsivos.

Dessa forma, permite que o conteúdo visual seja renderizado em uma ampla variedade de dispositivos. Em outros casos, também ajuda no processo de transição do formato.

Ao utilizar uma imagem editada ou migrada para o formato JPEG XL, o usuário conta com a redução de custos de armazenamento. Dentro do servidor, os arquivos JPEG poderão ser transcodificados sem gerar perdas para o formato JPEG XL, e reduzindo o peso das imagens.

Ao adaptar a imagem JPEG para JPEG XL, é mantida a mesma qualidade reduzindo o peso da imagem, proporcionando uma transição mais suave para a extensão mais moderna.

Em suma, os usuários de internet e editores de conteúdo contarão com um seguro processo de transcodificação, restauração e eficiência para a imagem utilizada.

Benefícios iniciais

O novo formato foi projetado visando atender novas demandas de entrega e veiculação de imagem na web, beneficiando a imagem digital, a fotografia profissional e qualquer tipo de imagem (desenhos, ilustrações, design, projetos visuais e entre outros).

Ao compreender o que é JPEG XL podemos também entender que essa extensão oferece mais base para uma maior gama de cores, imagens de alta profundida com mais bits.

O JPEG XL oferecerá também uso de recursos mais avançados como canais alfa, animação, camadas em miniatura, uso de codificação progressiva e a mescla de mais de um recurso, dependendo do estilo da imagem, sem se limitar às atuais galerias de fotos.

Esses novos recursos oferecerão grandes avanços para o setor de e-commerce, edição de galerias de imagens múltiplas, mídia social e entre outras interfaces de armazenamento de imagens por meio de dados nas nuvens.

Para editores de imagem, será possível adicionar suporte para imagens feitas em 360 graus, com montagem de mosaicos e diversos panoramas para impressão.

Compactação

Esse novo formato de extensão para imagens oferecerá também mais qualidade e taxas de compactação superiores às taxas do atual JPEG. Ao utilizar o JPEG XL, o usuário verificará que ele foi projetado para codificação e decodificação eficiente sem exigir acelerar de hardware adicional.

Substituindo outros Formatos

Ao saber o que é JPEG XL, o editor de imagens e usuários de internet não precisará mais depender de formatos tradicionais como PNG ou GIF para acrescentar cores ou movimento, lembrando que o JPEG XL conterá recursos de animações, canais alfa e codificação sem gerar perdas.

​Novo padrão de qualidade

A nova extensão do arquivo foi desenvolvida considerando três bases fundamentais:

– Alta fidelidade à imagem;

– Alta velocidade de codificação ou decodificação;

– Taxa de compressão típica de 20:1 até 50:1.

Considerando essas três bases, teremos um formato mais eficiente sob todos os aspectos que não exigirá maior desempenho do computador ou do smartphone nos processos de edição, publicação e armazenamentos.

Quando?

Os criadores e desenvolvedores do JPEG XL prometem começar a implementar o novo formato até o final de 2021.

A promessa é que a adaptação para o uso da nova extensão do arquivo ocorra em quatro etapas, lembrando que os softwares ou programas de edição de imagens ofereçam suporte para o novo codec.

A história do JPEG

Para editar e salvar imagens digitais, o formato JPEG, ou popularmente referido como JPG, foi criado por pesquisadores da ISO ( International Organization for Standardization) nos anos 1980.

Com o decorrer dos últimos anos, ele se tornaria o mais utilizado e mais exigido em todas as plataformas digitais, superando o GIF e o PNG, considerando as suas vantagens em relação às demais extensões ou tipos de arquivos para a edição e publicação de fotos e imagens digitais.

Ainda nos anos 1990, o arquivo JPEG permita a redução do tempo de carregamento das imagens em menos de cinco segundos, quando o tempo médio anterior era de minutos.

Nos últimos quarenta anos, o padrão de compactação de dados para arquivos de imagens se manteve o mesmo, inalterado e tradicional. Mesmo com o surgimento de outros tipos de arquivos como JPEG 2000, JPEG XR, WebP e HEIC, a usabilidade atual na internet móvel tem exigido mais das imagens.

Benefícios do JPEG XL

Ao saber o que é JPEG XL, ressaltamos como principal benefício a possibilidade de selecionarmos um arquivo salvo em JPEG comum e transcodificá-los para a versão XL sem perdas de qualidade e ainda conseguindo reduzir o tamanho do arquivo.

O caminho inverso poderá ser feito, ou seja, o de selecionar um arquivo JPEG XL e renomeá-lo como JPEG em um processo referido como restauração do arquivo da imagem.

Dentre os principais benefícios, podemos indicar a possibilidade dos fotógrafos e profissionais de fotografia de inclusão do uso de ampla gama de cores, de HDR (alta faixa dinâmica), uso de imagens com mais bits e profundidade, uso e armazenagem de imagens com menor peso ou tamanho, contando com mais qualidade e uso de menor espaço.

Conclusão

Neste artigo apresentamos os principais benefícios da imagem salva e armazenada em JPEG XL. Os desenvolvedores da extensão do arquivo prometem mais qualidade com uso de proporção de codec menor do que o típico 20: 1 a 50: 1 e codificação e decodificação sem aceleração da máquina, computador ou dispositivo móvel. A promessa é a de que o arquivo já esteja em circulação para uso a partir do final do ano de 2021.

SOBRE NÓS

O Blog eMania é voltado para o segmento fotográfico, filmagem e cinema. Trazemos dicas de equipamentos, tutoriais, notícias, curiosidade, reviews e comparações de produtos para facilitar a vida do fotógrafo e cinegrafista profissional e amador.

[site_social_icons]