Home»Equipamentos de Foto e Vídeo»Rebatedor: A União de Praticidade, Versatilidade e Utilidade!

Rebatedor: A União de Praticidade, Versatilidade e Utilidade!

eMania
1
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Rebatedor: A União de Praticidade, Versatilidade e Utilidade!

Como já sabemos, a arte da fotografia engloba bem mais do que apenas uma câmera. Para produzir uma boa foto com efeito necessário são usados diversos recursos como estúdios completos, softwares de edição e muitos outros, mas hoje falaremos sobre um recurso simples, poderoso e acessível: Rebatedores.

Esses refletores portáteis são ferramentas práticas para o dia-a-dia de um fotógrafo. Podem ser facilmente fechados, abertos ou dobrados de acordo com a sua disponibilidade ou necessidade. Possuem diversos tamanhos, cores, formatos e dimensões, trazendo a você diversas funcionalidades que, junto consigo trazem dúvidas que tentaremos responder com este post!

 

Rebatedores Principal

 

Qual Rebatedor escolher?

Atualmente no mercado temos rebatedores triangulares, ovais, circulares; dois em um, três em um; de 60, 80, 110 cm e uma infinidade de opções. Na hora de escolher o que mais se adequa ao seu tipo de trabalho leve em consideração as coisas que gosta de fotografar.

O uso mais indicado para os rebatedores fotográficos é para pessoas, em qualquer ambiente, seja em eventos, seja na rua, de dia ou à noite. No entanto, para criar efeitos de luz em fotos de objetos ou animais estes rebatedores são bem requisitados.

Formatos:

 

 

8

 

Rebatedor Triangular:

Os rebatedores triangulares são bem úteis para os fotógrafos que trabalham sós, ou em estúdios fotográficos. Em seu pegador, geralmente, há uma rosca de ¼ para que seja encaixado em um tripé de iluminação, desta forma, em seu estúdio ou em ambientes externos é possível regular a sua altura e posição em relação ao motivo garantindo luminosidade completa.

Rebatedor Circular:

Não é regra, mas os modelos mais recentes de rebatedores circulares possuem pegadores em suas laterais para facilitar o manuseio. Os modelos um pouco mais antigos não tem esse recurso, que embora simples, são extremamente úteis.

No entanto, mais indicados para uso externo, podem ser usados tanto em seu estúdio fotográfico quanto em qualquer outro lugar, mas a rosca de ¼ presente eu seu corpo, é sempre necessário um trabalho em equipe.

Rebatedor Retangular:

Estes têm como objetivo iluminar uma área mais direcionada. Por possuírem extremidades desiguais você consegue direcionar maior quantidade de luz para um ponto e menor para outro. E com seus tamanhos variados podem abranger uma grande área, mas isso pode ser facilmente resolvido com rebatedores de outros formatos de tamanhos iguais ou superiores.

Dimensões:

É possível encontrar rebatedores de qualquer formato a partir de 60 cm, seja largura, comprimento ou diâmetro. É óbvio que quanto maior o rebatedor maior será a área que receberá a luz refletida.

Mas cuidado: Tamanhos muito grandes podem atrapalhar no resultado. Se for, por exemplo, para um objeto ou animal pequeno, um grande rebatedor pode enviar muita luz e acabar arruinando a foto. Ou se o motivo a ser fotografado estiver longe e o refletor for um dos menores, a luz não rebatida não será o suficiente para cobrir a área.

Cores:

Ao invés de usar diversos efeitos sob as fotos que acabam tirando a naturalidade da mesma, pode-se usar rebatedores com diferentes cores para reproduzir luminosidade quase natural.

Dourado:

Uma das cores mais procuradas é o dourado. Em dias nublados ou em ambientes apenas com luzes claras as fotos em geral saem com um branco intenso diminuindo contraste de cores, mas isso pode ser contornado. Usando um rebatedor dourado o fotógrafo consegue reproduzir cores quentes, realçar bronzeados, dar efeitos naturais de nascer ou pôr-do-Sol, criar contrastes mais vívidos e destacar o motivo.

Rebatedor dourado - efeito

 

Prata:

Ao lado do rebatedor dourado, está o prata. Este possui reflexão mais forte e clara, no entanto não altera o branco, pelo contrário o contorna e aviva os destaques. Diferente do anterior, ele se direciona para objetos que fazem diferença na foto, por exemplo, em um ensaio com uma (ou mais) em seu estúdio fotográfico com finalidade de evidenciar e ressaltar acessórios como pingentes, colares, brincos, sapatos, pulseira ou até mesmo detalhes em roupas que as diferenciam das demais, de produtos que contenham diferenças importantes.

Usar um rebatedor é umas das táticas mais usadas por fotógrafos, pois apenas sua câmera fotográfica não proporciona o efeito desejado ou, em certas funções, não distinguem o que deve ou não ser mais ou menos acentuado.

rebatedor prata

 

Branco:

O rebatedor branco tem como função ampliar a capacidade do seu flash, mas produz cores neutras, ele apenas rebate as luzes e a projeta para pontos escuros, no entanto com delicadeza e neutralidade.

É ideal para ambientes com pouca luz, baixa dispersão ou com desproporção da mesma. Há casos onde realmente a neutralidade de cores é necessária, como em objetos muitos metálicos, roupas com cores exuberantes e onde mais houver muito contrate, a neutralidade mantém a naturalidade e relevância do que está sendo fotografado.

 

4

 

Preto:

Em ambientes externos, em dias ensolarados ou até mesmo estúdios fotográficos providos de fortes acessórios de iluminação, o rebatedor preto é um aparato para o que seu trabalho tenha excelentes resultados.

A cor negra absorve o excesso de luz branca e atenua as cores mais extremas. Embora não possamos ver, as luzes fluorescentes comum transmitem luz verde e, em contato com a luz branca produzida por flashes, pode causar distorções de cores, amarelado em tons mais escuro como marrom e roxo e uma seria de aberrações cromáticas.

Até mesmo a luz do Sol pode ser um empecilho, pois em grandes centros urbanos é refletida por espelhos, carros e metais presentes nas ruas estragando algumas fotos, apenas o rebatedor preto poderia absorver tais reflexos garantindo a luz ideal, juntamente com o seu flash ou abertura de sua câmera fotográfica.

6

 

Translúcido:

Outro tipo de efeito para intensificar e corrigir o excesso de luz é o rebatedor translúcido. Flashes tochas, holofotes e outros acessórios de iluminação que produzem luz contínua sobre um plano podem produzir sombras grossas e desnecessárias, para isso ser resolvido, um pano especial, fino e denso tem a capacidade de difundir e dispersar a luz e deixa-la suave. Isso minimiza as sombras ao extremo ou até as remove de vez. Indicado para ambientes fechados, como eventos, casamentos e em estúdios fotográficos

.7


Choma Key:

Esta é uma função que, quando bem empregada, traz consigo resultados magníficos. Os rebatedores chroma key servem para que você possa fazer edições no fundo da foto e dirigi-la da maneira que achar mais conveniente.

Ao invés de levar grandes e pesados acessórios de estúdio, como o pano de fundo infinito, os tripés e barras, você tem a opção de levar o compacto rebatedor (Note: Nem sempre o rebatedor pode e vai substituir o fundo infinito, são em pequenos casos que isso pode acontecer).

Mas não é apenas colocá-lo por de trás da modelo e ele fará o serviço, deve haver uma iluminação entre a pessoa a ser fotografada e o fundo infinito para que haja reconhecimento do software de edição da existência de um fundo infinito.

É importante que você escolha bem na hora de comprar o seu rebatedor, no entanto, comprar apenas um pode não ser um dinheiro bem gasto, às vezes, um rebater de cor única tem o preço aproximado de um com muitas. Na Emania – Foto e Vídeo trabalhamos com diversos com vários tipos de rebatedores, adquirir apenas um pode tornar seu trabalho limitado, por isso trazemos diversos modelos com multi-funções: 2×1, 3×1, 5×1 e 7×1.

Em um ensaio em um estúdio fotográfico é possível diferenciar estilos de foto, ter diversos efeitos e contrastes. Além de ter um ótimo custo benefício, é prático e muito útil, é o aparato que todo o fotografo eventualmente precisará, tornando o seu trabalho mais produtivo e fácil!

 

Veja o  Review sobre Rebatedor 5 em 1

Post anterior

Flash Viltrox: A luz que dá brilho ao seu trabalho

Próximo post

Xtrax One: a câmera de ação nacional