Home»Artigos de Foto e Vídeo»Fotógrafo inglês faz controversas imagens em álbum de casamento

Fotógrafo inglês faz controversas imagens em álbum de casamento

eMania https://blog.emania.com.br/content/uploads/2015/05/logotipo.png
eMania
3
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Se o casamento é uma das cerimonias mais importantes e marcantes na vida de homens e mulheres, ainda mais marcantes serão as fotos e filmagens que vão registrar esse momento. Isso porque, apesar de determinadas lembranças ficarem somente na memória e no coração, as imagens e vídeos feitos pela equipe contratada mostram nuances que, muitas vezes, jamais será possível perceber estando tão concentrado (a) em que um dia de tamanha felicidade seja absolutamente perfeito.

No entanto, assim como todos esses elementos citados podem trabalhar para o bem, tudo isso pode acabar sendo convertido para o lado negativo, aquele onde alguma coisa mal-feita ou mal administrada pode ser fatal no aspecto artístico. Como certamente aconteceu em situação tão curiosa como embaraçosa no Reino Unido envolvendo o fotógrafo inglês David Kilcourse e o casal Steph e Paul Unwin.

O fato começou quando Kilcourse foi contratado justamente para prestar os seus serviços de profissional da área de casamento para retratar todos os momentos da oficialização da união de Steph e Paul. No entanto, ao ver o resultado de muitas das imagens feitas pelo profissional, houve uma surpresa nada agradável: Quase não haviam fotos dos noivos.

A grande maioria das cerca de 1,6 mil fotografias recebidas tinham, segundo relato do casal, muito mais imagens mostrando características físicas das damas de honra e de outras mulheres que, aparentemente, atraíram olhares “curiosos” das lentes de David.

fotografo-ingles-faz-controversas-imagens-em-album-de-casamento-eMania-1-08-03
Foto: David Kilcourse

Em palavras captadas pelo jornal português Correio da Manhã, a agora Sra. Unwin relatou a situação com palavras fortes: “Recebemos 1636 imagens, que seriam as melhores. Quando o confrontamos com as fotografias mal tiradas, ele disse que foram ‘pequenos lapsos’. Ele tinha várias fotografias dos seios, decotes e traseiros das minhas duas damas de honra e de outras mulheres. Havia mais pormenores delas do que qualquer outro tipo de imagem no trabalho que ele nos apresentou. Eu até entendo que a fotografia é um arte e possa ser interpretada de maneira diferente por pessoas diferentes. Mas, quando há mais fotos do rabo de uma mulher do que do meu marido, não pode ser um acidente.”

Em sua defesa, o profissional afirmou que acabou prejudicado por questões meteorológicas e argumenta que o índice de queixas sobre seu trabalho é muito pequena mediante ao seu número de clientes:

fotografo-ingles-faz-controversas-imagens-em-album-de-casamento-eMania-2-08-03
Foto: Reprodução/Correio da Manhã

“A minha empresa diz que é um assunto encerrado. Já fiz mais de mil casamentos e tive, no máximo, dez queixas desta gravidade. É uma questão de opinião se as fotos estão boas ou não e se eu cumpri o que estava estabelecido. Ela diz que pagou para que fossem feitas fotos no exterior, mas estava chovendo. Eu não controlo as condições meteorológicas.”

Fato é que, em juízo após processo movido pelo casal que se sentiu lesado, houve a decisão de que Kilcourse pagasse uma indenização de 650 euros (em torno de R$ 2,6 mil) ao Sr. e a Sra. Unwin.

Comente

Post anterior

Como criar a luz de recorte, ou Rim Light, em suas fotografias?

Próximo post

Revista monta seleção de locais proibidos para turistas

O Autor

Alberto Barbosa

Alberto Barbosa

Formado em jornalismo no ano de 2012 pelo Centro Universitário FIAM, atuou em diversos segmentos da comunicação como editoras e sites de conteúdo esportivo. Foi editor e repórter do Universo dos Sports e hoje é, além de freelancer, Editor-Chefe do Futebol Latino e também do blog eMania.