Dicas valiosas para os interessados em fotografia de paisagem

0 471
Tempo de leitura: 2 minutos

Apreciar os mais diferentes tipos de imagens é algo que os amantes da arte dos cliques com uma câmera fazem muito bem. E, obviamente, dentro das alternativas existentes nas práticas mais habituais, a fotografia de paisagem apresenta uma incrível gama de opções e possibilidades para aqueles que gostam desse contato com a natureza.

Pensando em outras modalidades onde existe modelo(s) humano(s) como elemento(s) central(is), por mais que existam variações possíveis, tudo vai fatalmente girar no modelo (ou nos modelos). Algo bem diferente da fotografia de paisagem e a sua praticamente infinita variedade de ângulos, jogo de luzes e enfoques.

Com base nessa realidade diversificada, o fotógrafo austríaco especialista na área, Christian Irmler, elencou uma série de dicas que podem ser consideradas como extremamente valiosas. Afinal, retratar esse tipo de ambiente pode ter particularidades bastante complexas, mas que podem ser amenizadas com o devido planejamento e também conhecimento. Então, vamos as dicas!

4 dicas para melhorar sua fotografia de paisagem urbana

Planeje objetivamente a sua fotografia de paisagem

É evidente que analisar virtualmente um cenário em potencial tem diferença considerável de quando estamos in-loco. Afinal, existem inúmeros elementos que podem influenciar de maneira positiva ou negativa dentro das impressões alimentadas do momento que você toma conhecimento da existência de um lugar para o momento em que você, efetivamente, o visita.

Todavia, isso não pode te impedir de montar com clareza um planejamento para as imagens que você quer fazer. Assim, você respeita as condições do ambiente escolhido e, também, não cria uma expectativa “desregulada”.

fotografia de paisagem profissional

Não se apresse

Existem determinadas imagens as quais possuem um momento específico do dia para retratarem a fotografia de paisagem desejada, isso não há dúvida. Entretanto, tampouco essa necessidade pode fazer com que o processo criativo seja, de alguma forma, apressado ou feito de forma não-natural.

Mesmo que você tenha um objetivo estabelecido e possa até mesmo respeitar a ordem de importância, atendendo o seu anseio interno quando encontrar as condições ideais de ângulo e iluminação, se permita observar também todo o restante que esse ambiente pode te oferecer. Até mesmo porque o planejamento serve para facilitar o seu trabalho/hobby, não para prender de maneira “egoísta” a sua atenção”.

dicas-valiosas-para-os-interessados-em-fotografia-de-paisagem-Blog-eMania-24-03

Aceite o imponderável

Pode parecer um tanto quanto óbvio, mas, mesmo contando com recursos altamente tecnológicos na atualidade em relação a previsão do tempo, instabilidades são perfeitamente possíveis. Até porque, dentro de um curto espaço de tempo, tudo o que foi analisado meteorológicamente pode sofrer uma radical mudança de curso.

Porém, isso também deve fazer parte do planejamento citado anteriormente. Trace uma estratégia onde as possibilidades mais realistas, dentro do ambiente fotografado, estejam englobadas como favoráveis a fotografias de paisagem em alto nível de captação.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar Aceito Política de Privacidade