Home»Artigos de Foto e Video»Fotografia Artística: Dicas e Truques para Melhorar suas Fotos

Fotografia Artística: Dicas e Truques para Melhorar suas Fotos

7
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

A fotografia artística é o contrário de tudo o que você aprendeu até agora para tirar fotos perfeitas. Nela, a distância focal, iluminação fotográfica, abertura e outros aspectos profissionais, não necessitam estar perfeitamente alinhados para obter uma foto artística deslumbrante.

Obviamente, você ainda precisa conhecer estas definições e técnicas para fazer o seu trabalho de fotógrafo artístico. Entretanto, nesta modalidade de fotos, a sua criatividade ficará mais livre para ousar e experimentar o novo.

Um profissional de fotografia artística faz uso das técnicas padrões para conseguir resultados diferentes, contrariando a regra e capturando imagens fantásticas, nunca vistas no mundo da fotografia tradicional.

Como pode melhorar a sua fotografia artística? Basicamente, você precisa usar e abusar da sua câmera profissional em todo momento, adicionando uma quantidade absurda de criatividade e liberdade para os seus pensamentos.

Mas, fique tranquilo! Para ajudá-lo em todo este processo seguem abaixo algumas dicas e truques incríveis. Após a leitura deste artigo você irá conseguir tirar fotos artísticas fascinantes e ainda dominar todo este cenário criativo.

Entretanto, se ainda não está familiarizado com este tema, procure se lembrar das fotos em nu artístico, stop motion, foto montagem, fotograma e, até mesmo, a edição de fotos com uso de um software. Todas elas, e muitas outras, são exemplos importantes da fotografia artística e você vai descobrir nas próximas linhas como conseguir essas fotos da melhor maneira. Vamos lá!

1.     Faça fotografia artística que desperte as emoções do espectador

Esta habilidade é a mais importante de todas na fotografia artística. Você precisa recordar que o maior objetivo das fotos artísticas é despertar o olhar do espectador para algo novo e, principalmente, trazer-lhe uma nova emoção ao observar a imagem. Afinal, é por isso que a chamamos de fotografia artística, não é mesmo?

Assim como na pintura, escultura, ou qualquer outro tipo de arte, a fotografia artística está diretamente ligada às emoções que ela consegue despertar e reações de cada observador. Quanto maior o número de sentimentos e ações que você consegue provocar com a sua foto artística, mais especial ela pode ser.

Como despertar emoções com sua fotografia artística?
Fotografia Artística emocoes

Em primeiro lugar, a fotografia artística precisa capturar os sentimentos do próprio fotógrafo. Isso quer dizer, ela deve impactá-lo primeiramente para que possa ser efetiva nos sentimentos com os seus espectadores.

Dito isto, na fotografia artística você não pode simplesmente pressionar o obturador e tirar dezenas de fotos sobre qualquer objeto ou assunto. Será necessário um pouco de paciência, planejamento e observação sobre o tema de sua fotografia para descobrir o melhor ângulo e perspectiva.

No entanto, quando falamos em melhor ponto de vista não estamos nos referindo a situações técnicas, mas sim artísticas de sua foto. Em outras palavras, você vai buscar por ângulos diferenciados, inovadores e capazes de transmitir tudo aquilo que você deseja sem se ater ao que já foi feito antes.

Separe 45 minutos com sua câmera digital e o assunto que desperta seu interesse e será o alvo da fotografia artística, estudando cada parte e se conscientizando das cores e formas de seu tema. Em seguida, relaxe por alguns minutos e comece a fotografá-lo, redirecionando o foco da imagem para áreas específicas que podem trazer uma nova perspectiva para sua foto artística. Capture o maior número de detalhes de seu objeto e procure inovar a cada novo “clique”.

2.     Escolha e isole o seu assunto

Qualquer coisa pode se tornar o alvo de sua fotografia artística, mas nem sempre ela vai estar isolada e pronta para ser capturada. Em alguns casos, existirá uma série de coisas na imagem que podem tirar o foco do seu tema, ou bagunçar a sua mensagem.

Por esta razão, segue dois pontos também envolvidos diretamente na fotografia artística:

Escolher o seu tema

Para criar uma fotografia artística de sucesso você precisa considerar o objeto principal da imagem, o ambiente e todo o resto que será captado pela sua câmera. Contudo, apenas uma área da imagem terá mais destaque, exatamente o ponto onde se encontra o protagonista de sua foto artística.

Conhecer o seu tema e características vai ajudá-lo a definir a posição da câmera, a profundidade de campo, a velocidade do obturador, etc.

Isolando o seu assunto

Nem tudo o que aparece na imagem é importante para montar a sua foto artística, defina quais partes da cena são realmente necessárias para compor a sua imagem e transmitir todo o sentimento que você está buscando com esta fotografia artística. Aquilo que não se encaixa neste padrão, pode ser descartado de sua lente fotográfica.

3.     Conecte-se emocionalmente ao tema
Fotografia Artística conexao

No primeiro tópico você viu como captar imagens atrativas e despertar emoções em seu espectador. Agora, você precisa se conectar ao objeto ou assunto da sua fotografia artística de forma emocional, a fim de retratar de forma fiel a cena.

A seguir, veja algumas sugestões de como criar esta conexão e a forma de interpretar os resultados desta interação:

Impressão: veja o assunto escolhido da forma mais natural possível, um conjunto de formas geométricas que se traduz em algo palpável. Na sequência, identifique a melhor abordagem para dar origem a sua fotografia artística. Neste ponto, o aspecto fundamental é a primeira impressão, aquilo que se revela com o primeiro olhar para o assunto de sua fotografia artística.

Expressão: ainda falando sobre os aspectos físicos de seu tema, qual a sensação que ele reflete: trata-se de um objeto firme ou mais maleável, qual a espessura, possui partes pontiagudas, e assim por diante. Tente retratar estas particularidades em sua fotografia artística, experimente identificá-las sem tocar no seu tema, mas se isso for muito difícil apalpe-o para perceber as suas formas geométricas e demais características.

Significado: agora as coisas começam a ficar mais sentimentais. Nos outros itens você conferiu sugestões mais ligadas fisicamente ao seu objeto, a partir daqui elas irão conectá-lo de forma mais sentimental. Lute para descobrir o significado real de seu tema e deixá-lo o mais claro possível em sua fotografia artística.

Sentimento: com base nas respostas anteriores, este item será mais fácil de definir. Levando em consideração a primeira impressão do objeto, suas características físicas e significado, selecione o sentimento que deseja transmitir em sua fotografia artística e opte pela melhor forma de retratá-lo.

4.     Procure por novas formas para retratar o seu assunto
Fotografia Artística perspectiva

Geralmente, independente do tema de sua fotografia artística, ele já pode ter sido coberto por outro fotógrafo. Desta forma, pode ser difícil ficar aberto para uma nova perspectiva quando já conhece uma abordagem de sucesso para aquela cena. Para evitar isso, procure anotar todas as opções de abordagem e eliminar as opções que já tenham sido usadas, ou ainda, não despertam as emoções que você pretende. Como alternativa, se achar mais fácil, capture uma imagem para cada uma das opções em seu bloco de anotações e depois faça o descarte.

Quando você examinar as imagens resultantes mantenha sua mente aberta. Lembre-se, você está à procura de novas ideias, então, leve algum tempo para analisar cada caso e definir como você pode capturar a mesma coisa, mas de forma melhorada e inédita.

Finalmente, estas dicas podem ser aplicadas a qualquer momento e em qualquer lugar, por isso, fique a vontade para torná-las recorrentes em seu dia a dia como fotógrafo artístico para conseguir imagens inovadoras e de tirar o fôlego de seus espectadores.

5.     Solte sua imaginação na fotografia artística

Como estamos falando de coisas novas, abordagens inéditas, um fator indispensável para a fotografia artística é a imaginação livre do fotógrafo. Manter a sua mente “fora da caixa ajudará a enxergar novas perspectivas de um mesmo tema e proporcionar mais coragem para experimentar o novo, sem receios.

A melhor maneira para treinar a sua imaginação para ser livre pode estar na visita constante a exposições de fotografia artística, ou pesquisar a fundo sobre o tema. Há um número considerável de galerias virtuais que podem servir de inspiração para as suas fotos artísticas ou desbloquear a sua mente em busca de abordagens diferenciadas.

6.     Simbolismo de conteúdo e estilo
Fotografia Artística simbolismo

Simbolismo de conteúdo na fotografia artística é aquilo que sua imagem pretende representar, pode ser uma situação, uma causa, catástrofe e por aí vai. Já o estilo refere-se à forma como isso será abordado na foto artística.

O ponto fundamental entre eles é que ambos devem trabalhar juntos para trazer mais resultado com sua fotografia artística. Ou seja, o objetivo da imagem deve estar visível através da perspectiva escolhida para a imagem. Já falamos disto em outro momento, mais reafirmamos para que você não esqueça.

Os seus espectadores podem identificar e reagir de forma diferente para cada fotografia artística, a única forma de conectá-los com a causa de sua imagem é deixar claro a sua justificativa. Alinhe estes dois pontos para obter uma fotografia artística mais coesa.

7.     Aspectos fundamentais da fotografia artística
Fotografia Artística aspectos

Há uma série de características fundamentais na fotografia que a distingue de outros meios visuais, e você precisa estar ciente delas para obter o máximo com suas fotos artísticas. São elas:

  • A necessidade de um objeto sempre em frente à câmara
  • Capacidade de capturar pequenos detalhes
  • O momento para tirar a fotografia artística importa muito
  • A velocidade de exposição também conta
  • Você pode se beneficiar de pequenas surpresas
  • Iluminação é obrigatória para uma boa foto
  • A maneira como a câmera percebe as coisas é totalmente diferente do que enxergamos a olho nu
  • Algumas lentes de foto podem captar de forma diferente do que outras

Tudo o que foi citado acima, provavelmente, você já sabia da maior parte dos itens. Porém, para uma fotografia artística incrível, o fotógrafo precisa considerar todos esses aspectos e, especialmente, ficar atento ao visor para perceber a forma correta de capturar a sua imagem.

O que quero dizer é que nem tudo o que você enxerga pode ser retratado fielmente em uma fotografia, entender esta diferença e saber como contorná-la poderá salvar a sua fotografia artística a qualquer momento.

8.     Conheça e aplique os princípios básicos de composição
Fotografia Artística composicao

Organizar visualmente vários elementos dentro do visor LCD da câmera pode ser um desafio e tanto para muitos fotógrafos artísticos. Uma forma de facilitar isso é usar dos princípios básicos de design e composição para comunicar eficazmente a sua mensagem através da fotografia artística.

Então, vamos relembrá-los:

Elementos

Os componentes gráficos que compõem uma imagem. Tenha em atenção que cada um destes elementos não só contribuí para a impressão de uma imagem, mas também à “expressão” e “significado” dela. Os componentes são: linhas, formas, tons, cores, massa, espaço, textura, perspectiva, etc.

Princípios

As diretrizes básicas que precisam ser aplicadas a fim de fazer uma boa fotografia artística. São elas:

Tema x Assunto: o princípio fundamental. No início da realização da fotografia artística a seleção de um “tema” apropriado é essencial. É uma ideia temática que pode facilmente ser escondida envolta ao assunto e desenvolvida tomando uma imagem objeto principal da fotografia artística. Fique atento: tema (razão ou causa da foto), assunto (personagem principal). Para definir o tema de sua fotografia artística você pode criar uma lista de alguns motivos atraentes, apenas lembre-se de ser o mais especifico possível em cada um deles.

Ordem: organização da imagem para trazer simplicidade e clareza para a fotografia artística. A expressão e o significado que vimos anteriormente, ajuda a definir este ponto.

Dinâmica: contrastes de qualquer tipo. Trazer dinamismo em uma imagem serve, por exemplo, para produzir tensão, sensação de força, vitalidade, etc. O desafio é simplesmente controlar, dirigir e organizá-los em sua fotografia artística.

Domínio: alguns aspectos da composição podem influenciá-lo mais do que todos os outros. Trata-se da parte dominante na fotografia artística e, muitas vezes, é chamado centro de interesse.

Equilíbrio: existem dois tipos de equilíbrio, simétrico ou formal (transmite formalidade arregimentada, rigidez, etc.) e assimétrica ou informal (é mais dinâmica, com tensão entre objetos de diferentes tamanhos, cor, forma, etc.). O equilíbrio pode ser conseguido através da “impressão” de objetos na imagem, ou “expressão” e “significado” empregado na fotografia artística.

Proporção: tem a ver com o tamanho relativo dos objetos no espaço da fotografia artística. A proporção de espaço alocado a um objeto importante em relação ao outro com menor importância é o que chamamos de proporção na fotografia artística.

Padrão / Ritmo: estão intimamente relacionados. Um padrão é uma configuração específica de elementos visuais no design. Já o ritmo, envolve repetições de um padrão em intervalos regulares. Eles trazem tanto a ordem, como um sentido dinâmico para sua fotografia artística.

Deformação: a deformação é a alteração da forma geral de elementos visuais, torna-os instáveis e cria tensão na fotografia artística. Ele também pode criar uma nova perspectiva na profundidade da imagem ou assunto. A posição da câmera e escolha da lente afeta fortemente a deformação.

9.     Evite armadilhas com várias abordagens
Fotografia Artística angulos

Como regra geral existe três abordagens básicas para compor uma fotografia artística, entre elas:

Introspectiva: em que principalmente seus sentimentos pessoais e ideias para o objeto determinam o desenho e composição da imagem.

Extrospectiva: em que, independentemente de sua resposta natural ao assunto, você está guiado apenas por características visuais inerentes ao assunto na determinação de composição da imagem.

Ambispectiva: uma abordagem que é uma combinação das duas abordagens anteriores. É a melhor abordagem para usar na maioria das vezes.

Tipos de imagem

Uma fotografia artística pode ser dos seguintes tipos, conforme determinado pelo artista:

Documental: a ênfase da imagem está em retratar o assunto, transmitindo informação visual com maior precisão possível.

Interpretativa: o foco da imagem é transmitir sentimentos e pensamentos do artista sobre o assunto, o que pode resultar em uma imagem muito impressionista.

Combinação: uma combinação na mesma fotografia artística do modo interpretativo e documental.

Não limite a sua fotografia artística apenas em aspectos técnicos, pois você pode sufocar a intuição e o sentimento da imagem.

10.Preste atenção a composição interessante e prática
Fotografia Artística pratica

Sempre preste atenção para coisas que excitam o seu interesse. Quando algo captar o seu olhar, examine-o de perto e comece a verbalizar: “O que me atraiu?”

Visualmente, explore o assunto e reflita sobre a impressão, expressão e significado. Apresente tudo isso para si mesmo de forma verbalizada e decidia a melhor abordagem para cada fotografia artística.

Algumas vezes, você pode se surpreender com a simplicidade em conseguir uma boa composição para as suas fotos artísticas usando desta técnica. Nem tudo precisa ser tão complicado para trazer resultados impressionantes, experimente isso na sua próxima sessão de fotografia artística.

11.Continue a fazer fotografia artística

A coisa mais importante que você pode fazer com a sua câmera é usá-la. Ao fotografar alguns minutos todos os dias, você vai desenvolver suas habilidades e capacidades na fotografia artística e logo vai conseguir uma extensa coleção de fotos artísticas. Caso contrário, você vai acabar perdendo o jeito de tirar fotografias artísticas fascinantes.

A melhor forma de ganhar experiência e evoluir em qualquer coisa está na prática. Para ter alegria e fazer um bom trabalho, crescendo ao mesmo tempo como fotógrafo artístico, você tem que continuamente fazer novas fotos artísticas.

Conclusão sobre a fotografia artística
Fotografia Artística conclusao

Independente do modelo de fotografia artística que pretende empregar as suas fotos, jamais se esqueça que elas precisam carregar sentimentos e significado para os seus observadores.

Podemos ainda dizer que a fotografia artística pode não ser para qualquer pessoa, assim como nem todos podem ser um Picasso. Além das habilidades, técnicas e truques cobertos neste artigo, a fotografia artística demanda instinto do fotógrafo e facilidade em expressar os seus sentimentos.

Para as fotos artísticas cumprirem o seu objetivo o fotógrafo profissional precisa ansiar sempre por algo a mais em suas imagens. Ater-se ao básico na fotografia pode reduzir as chances de conhecer novos pontos de vista e técnicas arrasadoras, pilares fundamentais de qualquer fotografia de arte.

Em linhas gerais, a fotografia artística vem permitindo aos fotógrafos pisar em caminhos jamais trilhados em qualquer outro momento. Desde a invenção da câmera fotográfica profissional o homem realiza descobertas incríveis com suas imagens e o artístico permite trazer o âmbito social as nossas fotografias, sem excluir suas demais características.

Quer algo diferenciado? Então, faça coisas diferentes. Em outras palavras, deixe sua mente e corpo livre para experimentar novas coisas na fotografia e poderá se surpreender. Não deixe que as regras o impeçam de conseguir uma boa foto artística, opte por quebrá-las de vez em quando e confira o resultado. Será que elas podem trazê-lo uma boa foto artística? Só o tempo, e os testes, poderão dizê-lo. Improvise!

Quer compartilhar algo conosco sobre as fotos artísticas? Apresente o seu ponto de vista no campo abaixo.

Comentários

comentários

Post anterior

Lentes digitais e fotografias

Próximo post

Como fazer o efeito de dupla exposição sem a câmera analógica