Home»Dicas de Fotografia»13 lições de fotografia que você deveria ter aprendido antes

13 lições de fotografia que você deveria ter aprendido antes

eMania https://blog.emania.com.br/content/uploads/2015/05/logotipo.png
eMania
14
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Toda carreira tem seus acertos e erros ao longo de anos de construção e história e, na fotografia, é claro que isso funciona exatamente da mesma forma.

Se você é um fotógrafo amador, iniciante ou, até mesmo, já possua um tempo de carreira, deve estar interessado em aprender sobre quais são as principais dicas de fotografia que o ensinem a driblar os mais comuns equívocos da carreira, direcionando, mais rapidamente, o seu trabalho para um alto nível de qualidade e satisfação, certo?

Afinal, quem não quer viver apenas os acertos de uma profissão? Não ter clientes reclamando sobre o resultado final de seus projetos e, ainda, sempre se satisfazer com sua própria desenvoltura em cada trabalho?

Pensando nisto tudo, separamos as 13 lições de fotografia que visam poupar que erros simples, em sua maioria aqueles comuns aos novatos do ramo, sejam cometidos no desenrolar de seus ensaios prejudicando todo o valor do projeto fotográfico que está sendo desenvolvido.

Pronto para essas super dicas? Vamos lá?

1-     Trabalhe o planejamento de suas sessões fotográficas

Uma das primeiras aprendizagens de real importância no mundo da fotografia é que o planejamento das sessões e dos ensaios fotográficos é um passo essencial para que o êxito possa ser alcançado.

Nada pode acontecer por acaso tratando-se de um contexto profissional!

Você, quanto fotógrafo, deve sempre estar atento aos pormenores do trabalho que será executado e nunca deve, portanto, contar com a sorte. O planejamento é a ferramenta ideal para auxiliá-lo nisto tudo.

Não poupe tempo com o planejamento. Faça anotações, check lists, pesquisas que julgar necessárias para a execução do próximo trabalho. Invista em pensamentos que otimizem cada um dos detalhes da sessão, como paisagem, fundo, modelo, acessórios e etc.

2-     Aprenda a usar o flash da melhor maneira
licoes de fotografia flash

Quantos fotógrafos, em suma amadores ou iniciantes, não cometem o equívoco de direcionar o flash exatamente para cima do objeto central da foto sem, antes, estudar a trajetória da luz e suas melhores possibilidades de aplicação?

A luz é uma importante componente fotográfica e deve ser respeitada como tal.

O uso do flash requer alguns cuidados básicos como, por exemplo, apontá-lo para o teto ou para a parede, não incidindo, portanto, diretamente a luz no foco principal do quadro para não clarear demais. Ou ainda, o uso incorreto pode causar algum tipo de reflexo que acabe por cegar o ponto principal.

É bem fácil exemplificar isso: Sabe quando você tirou uma foto no espelho e não reparou que o flash da câmera estava ativado? Qual foi o resultado?

Por isso, é importante saber utilizar o flash adequadamente, buscando um enriquecimento da qualidade da fotografia. Se bem aplicado, o flash tem muito potencial!

3-     Use o flash auxiliar sem medo

O flash auxiliar é um importante acessório que facilita a vida do fotógrafo, pois direciona a luz para os pontos focais desejados, iluminando faces e destacando as curvaturas naturais que precisam aparecer nos registros.

É um importante divisor de qualidade: Uma foto pode ganhar muito valor devido ao uso correto do flash ou ser arruinada pelo uso do mesmo. A grande diferença está no profissional, que sabe, ou não, utilizar este recurso.

O flash auxiliar pode ser conectado a sua câmera fotográfica sem que as configurações básicas sejam alteradas, facilitando seu uso e descarte conforme cada uma das situações que são capturadas. Para tanto, é preciso anexar um gatilho na sapata da máquina e um receptor na parte inferior do flash.

Automaticamente, ao disparar o botão do obturador, o flash será liberado, alternando a luminosidade do quadro a ser registrado.

4-     Jamais menospreze o histograma

Você sabe o que é um histograma? Acredito que sim! Mas, será que você tem utilizado esse conjunto de gráficos no seu dia a dia fotográfico?

O histograma possibilita que o fotógrafo avalie a quantidade de luz e de sombra em cada uma das imagens que está registrando, pois é um recurso que fica disponível para verificação das fotos nas câmeras fotográficas e nos programas de edição. Seu objetivo é auxiliar o profissional fotográfico a enquadrar sua foto dentro daquilo que foi requerido em seu planejamento.

Vale recordar que as câmeras fotográficas sempre buscam por um balanço ao capturar as imagens e o histograma garante justamente que o profissional se certifique que este equilíbrio está sendo alcançado de maneira satisfatória.

Portanto, a dica de fotografia indispensável é que você deve aprender, o quanto antes, a usar o histograma! Não atrase, nem menospreze, esse uso!

5-     Desbrave as opções de focagem
licoes de fotografia focagem

Qual é o modelo da sua câmera fotográfica? E, qual é a capacidade de focagem dela? É uma 9 ou 19 pontos AF? Responder a essas questões é um dos passos mais fundamentais para que você consiga desbravar todas as opções de focagem que a fotografia dispõe!

Você, como fotógrafo profissional ou amador, pode trabalhar com sua câmera tanto no modo manual ou automático tratando-se da focagem.

Para aqueles que ainda não sentem tamanha confiança para atuar variando os pontos de autofoco da câmera, o básico, ou seja, o modo automático, pode suprir momentaneamente as necessidades para a execução do trabalho, porém a dica é que você busque por cursos e aprimoramentos a cerca do assunto, ok?

Já para os profissionais que conhecem as possibilidades dos pontos AF da câmera e conseguem trabalhar no modo manual, toda a criatividade está disponível para criação. Não ouse poupar nada!

Invista em ângulos diferentes, não deixe o objeto principal apenas centralizado, modifique a estrutura convencional da fotografia e garanta uma experiência única e ímpar que impacte o observador da imagem. Esta fórmula, com certeza, levará seu quadro a altos níveis de qualidade e satisfação.

6-     Saiba onde focar num grupo de pessoas

Na hora de fotografar um casal ou um grupo de pessoas é importante saber aplicar o conceito de focagem para que ninguém fique “embaçado” demais.

Para não perder tempo tentando acertar, a grande dica aqui é usar a profundidade de campo a seu favor e focar a câmera na pessoa que está mais próxima de você!

Você deve estar se perguntando: Mas e aquela pessoa que está mais distante? Não ficará desfocada? Não! Fique tranquilo, o equilíbrio da imagem será feito da melhor forma. E, se você quiser tirar a dúvida, teste o oposto, focando na pessoa mais distante ou naquela que está no meio do grupo.

Esta fórmula mágica, e simples, garantirá que você sempre obtenha os melhores registros de fotos de pessoas em grupo!

7-     Composição e luz: A arte da fotografia

A base fundamental da fotografia, e que tem que compor essa lista de dicas, é a composição geral da imagem, partindo primordialmente da luz que é capturada em cada foto.

A fotografia nada mais é do que esta simples junção. Todo o resto que a envolve e a influencia funciona como um pormenor, uma “cereja em cima do bolo” que merece atenção e cuidado, mas que, sozinha, não pode ser responsável pela qualidade e satisfação do trabalho fotográfico.

Para ser um bom fotógrafo você precisa se dedicar, antes de qualquer coisa, ao estudo desses dois itens que são tão essenciais.

Após uma correta, e completa, compreensão sobre a composição básica da fotografia e suas estruturas de luz, será possível sair em busca de outros aperfeiçoamentos, mais rico em detalhes.

8-     Não economize dinheiro na hora de comprar o tripé
licoes de fotografia tripe

O tripé, assim como o flash, é um importante equipamento que auxilia o fotógrafo em seu dia a dia profissional e, sendo peça fundamental como é, precisa ter um investimento adequado para suprir de maneira satisfatória seus objetivos.

Muitos profissionais “quebram a cabeça” e cometem o terrível erro de adquirir tripés mais baratos e com menos qualidade ao invés de investirem, logo, numa peça mais adequada e com maior durabilidade.

O tripé é muito importante na captura de fotos que exigem uma longa exposição. Também é de uso obrigatório em eventos e situações mais estáticas, pois garante um maior conforto para o próprio profissional.

9-     Não tire apenas uma foto JAMAIS

Em uma sessão fotográfica, que pode ser em um estúdio ou, principalmente, em um cenário natural como um parque ou uma praia, é interessante ter certeza de que tudo está sendo registrado e, nem sempre, há tempo hábil para conferir o que já foi capturado.

Devido a isso, uma importante dica é que nunca, JAMAIS, o fotógrafo economize na captura de fotos. Tirar duas ou até três fotos num mesmo ângulo, com um mesmo cenário e mesma pose é uma garantia de que nada será perdido posteriormente.

Trabalhar desta forma garante que nenhuma imagem será perdida devido a olhos fechados, por exemplo!

Essa dica também tem muito valor para os profissionais da fotografia que atuam cobrindo eventos, pois, devido à correria e a agilidade requerida nestes ambientes, fica fácil capturar poses inadequadas que, depois, serão apagadas.

Mas, atenção: Também não é indicado que uma mesma imagem seja fotografada dez vezes seguidas. Lembre-se que cada fotografia ocupa um espaço na memória do seu cartão, bem como gasta a sua bateria, não exagere!

10- Use o modo manual

Confesse: Você tem, ou pelo menos já teve, muito medo de fotografar no modo manual, não é? Fique tranquilo, pois esta apreensão é extremamente comum neste meio profissional.

Quem quer dicas de fotografia deve ouvir esta para, logo, colocá-la em prática: Desapegue do modo automático!

Se você entende sobre abertura, ISO e velocidade do obturador está na hora de mudar o seu jeito de fotografar e, se ainda não entende sobre essas questões, já passou a hora de estudar mais e mais sobre a fotografia!

E, já adiantamos: Fotografar neste modo é um desafio constante regado a erros e acertos que constituem e trilham a carreira do profissional.

11- Não troque seu equipamento antes de conhecer todas as suas variações
licoes de fotografia equipamento

Algo comum aos fotógrafos, independente do tempo de carreira que tenha, é a vontade de trocar de equipamento visando sempre aprimorá-lo. Você tem sentido que sua câmera e lente não estão acompanhando suas ideias e projetos? Será?

Explorar todas as possibilidades de um equipamento fotográfico leva um bom tempo. Com toda certeza, sempre haverá uma nova combinação capaz de inovar a sua fotografia, bastando curiosidade para colocá-la em prática.

A dica é que você explore ao máximo – e mais ainda, se possível – as possibilidades que o seu equipamento dispõe. Jamais troque seu aparato profissional antes de ter certeza de que alcançou o limite da exploração e das combinações daquele que já possui.

Para tanto, pesquise! O manual da sua câmera e lente são as primeiras fontes de pesquisa a se esgotar, mas são particularmente básicas. Procure na internet por textos e vídeos sobre o seu equipamento e vá treinando todas as dicas que encontrar.

12- Explore a compensação de exposição

Sabe aqueles números negativos e positivos na configuração da sua câmera? Pois é, eles podem ser bem confusos no inicio da carreira e muitos de nós vamos fugir de entendê-los por um bom tempo, mas somente quando o fotógrafo se arrisca a experimentá-los é que a aprendizagem começa, de fato, a caminhar para o trilho certo!

Após entender completamente o conceito de abertura de lente, é hora de investir um tempo de aprendizado sobre a compensação de exposição, um recurso que pode melhorar, muito, a qualidade da sua fotografia.

As opções de compensação variam para tons mais claros, indo de +1 a +7, ou para tons de imagens mais escuras, indo de -1 a -7.

Você pode escolher entre todas essas variações que, automaticamente, após sua definição, a câmera fotográfica irá buscar qual é a configuração mais adequada de acordo com o novo valor de compensação.

13- Explore o Photoshop em suas edições!

Sim! Fotógrafos não precisam, necessariamente, alcançar a perfeição em uma imagem, nós podemos sim utilizar os recursos de edição posterior, como o Photoshop, o mais conhecido e rico programa disponível para esse uso!

A fotografia é uma arte que merece ser respeitada como tal. Para tanto, a edição de imagem é uma importante ferramenta que ajuda o profissional a otimizar a qualidade de seu serviço antes de entregá-lo, finalizado, para seu cliente.

Há fotógrafos que não se arriscam neste campo, trabalham apenas com a captura das imagens e, as entregam assim aos contratantes, ou repassam seu serviço para um terceiro editar.

Fato é que, se você quer ver seu trabalho mais valorizado e com um valor agregado maior, é importante trabalhar a exploração do Photoshop ou de semelhantes.

E não deixe para aprender amanhã!

Anotou tudo? Hora de colocar tudo em prática!
licoes de fotografia pratica

Que tal começar a testar essas dicas agora mesmo? Diga-nos quais foram as mais interessantes e não deixe de comentar quais as dicas e tópicos que você vai colocar em prática primeiro!

Post anterior

Segredos para desfocar o fundo de uma foto

Próximo post

Como elevar os limites da sua composição

O Autor

Nizar Escandar

Nizar Escandar

Editor Chefe do Blog eMania