Home»Artigos de Foto e Vídeo»DJI apresenta o conceito Phantom X: o futuro dos drones

DJI apresenta o conceito Phantom X: o futuro dos drones

eMania
6
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Em um novo vídeo divulgado esta semana pela DJI, a prolífica fabricante de drones e câmeras super legais exibiu um conceito para um novo Unmanned Aerial Vehicle (UAV, ou veículo aéreo não tripulado, na tradução livre) chamado-o de Phantom X. Estamos falando apenas de um conceito, mas é um conceito bem legal de se pensar – e talvez um pouco perigoso: a automação.

Aparentemente automação está se tornando uma característica comum entre os drones mais recentes. A DJI apresenta o conceito do Phantom X e mais recente neste ano conhecemos a Lily, que , bem – ela é um stalker, pura e simples. Assim curiosamente já existem algumas tecnologias que exibem o conceito do Phantom X (ou está na iminência de existir) e – talvez mais importante ainda – disponível para o consumidor.

Nos últimos meses, temos visto uma série de novos drones que apresentam algum tipo de automação. Primeiro foi o Ares Drone, que permite aos usuários desenhar rotas de voo e movimentos da câmera digital em um iPad, e, então, o avião move e completa o trajeto fielmente usando uma tecnologia de GPS bastante avançada. Depois, há o 3DR Solo, que oferece manobras complexas, como sobrevoo de câmera como num cable-cam com o apertar de um botão. Esses drones ainda são UAV pilotados manualmente que em sua maior parte ainda há algum tipo de controle. Mas o próximo passo é largar os controles. Isso que a Lily – e o conceito de Phantom X – faz. Tudo o que é necessário para os utilizadores da Lily para fazê-lo voar é um saudável lançamento para o ar. Incrível não? É um drone lança-e-vai.

Inovações em drones, seu nome é Phantom X

Phantom X

Aqui está o vídeo promo impressionante da Lily. Como falamos, a Lily pode ser ativado simplesmente jogando ela (?) no ar, e então a Lily pode segui-lo ao redor e capturar cada movimento seu, sem que você tenha que tocar em um controle remoto de voo ou nada. E isso o Phantom X também o faz, pelo menos em seu conceito.

Pros curiosos, aqui está o que o drone Lily estava realmente fazendo, enquanto que o vídeo estava viralizando. Infelizmente, isso não parece ser tão eficaz como o promo fez parecer. Mas, tá certo, este vídeo é de seis meses atrás, e a Lily não está planejada para iniciar as entregas por mais alguns meses, por isso espero que estas questões terão sido endireitadas durante este período. Ainda assim, é engraçado ver a Lily quase raspar a barba do rosto do revisor e quase ir de cara com um grupo de banhistas no Central Park.

Agora para as novidades da DJI. Como podemos ver no Phantom X fictício dentro do vídeo da DJI, a maior coisa que o Phantom X poderia trazer para a mesa é a habilidade de desviar de obstáculos, uma característica que a Lily não tem (lembre-se dos banhistas). Se nós estamos pensando em usar GPS e permitir que drones nos sigam, nós precisamos ter a maldita certeza de que eles não vão sair batendo em qualquer coisa. É também uma enorme questão de segurança, e isto realmente deve ser um pré-requisito para uma tecnologia como esta.

O conceito do Phantom X mostrado no vídeo também incluem alguns outros potenciais recursos interessantes, como por exemplo um modo multi-cam, o que permitiria que os usuários “amarrem” os fluxos de vídeo de vários drones juntos, e, em seguida, alternar entre eles ao vivo. Isto pode ser útil em vários eventos ao vivo e transmissão de esportes (desde que os drones não voem perigosamente sobre multidões ou atletas), embora eu não esteja inteiramente certo porque isso seria útil em um contexto cinema tradicional, considerando que multi-cam geralmente é realizado em post.

E você, que recursos e tecnologias que você estaria interessado em ver na próxima geração de drones? Deixe suas ideias e opiniões para a gente nos comentários!Phantom X

Post anterior

Como procurar financiamento para seu filme indie

Próximo post

Saiba como realçar cores da sua fotografia