Home»Equipamentos de Foto e Vídeo»ARRI apresenta a nova ALEXA em convenção

ARRI apresenta a nova ALEXA em convenção

eMania https://blog.emania.com.br/content/uploads/2015/05/logotipo.png
eMania
0
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Uma das maiores produtoras de câmeras profissionais do mundo, a ARRI, mostrou suas novidades na convenção da NAB. Esta é a maior convenção de produtores e distruibuidores de conteúdo na América do Norte e possivelmente do mundo e acabou há pouco mais de um mês. A convenção da NAB – também conhecida com National Association of Broadcaster,  ou a Associação Nacional de Emissoras numa tradução livre – nos Estados Unidos é um dos principais eventos para profissionais do audiovisual no mundo. Essa convenção é tão importante que quase cem mil pessoas participaram (com mais de vinte e seis mil pessoas do mundo inteiro) desse evento anual altamente interessante. Obviamente onde tem tanta pessoas capacitadas e profissionais do mundo audiovisual  isto irá chamar a atenção das principais produtoras de artigos e produtos para o audiovisual, e chama principalmente a atenção das produtoras e desenvolvedoras de câmeras.

Na conveção deste ano tivemos obviamente um mar de novidade e tendências. Umas das principais novidades foi a câmera ALEXA da ARRI que é a primeira câmera de cinema digital que você pode tirar do case, fazer uma leitura do medidor de luz e, em seguida, filmar tranquilamente com qualidade de filme profissional. Esta câmera tem muita praticidade, porém também tem alta qualidade e isto chamou a atenção de muitos cinematógrafos e diretores de fotografia do mundo inteiro. Os noventa anos de experiência em fabricação de câmeras da ARRI ficaram evidentes na sua concepção, construção e detalhes finos. Diretores de fotografia experientes ficaram imediatamente fascinados. E o que fez a indústria comprar a ideia foi a reputação da ARRI  além, obviamente, da imagem semelhante a de filmes profissionais que a ALEXA produz.

ARRI - ALEXA

ARRI tem que inovar para manter a tradição

 

Porém não foi só isso que a ARRI mostrou nesta convenção e principalmente em outras convenções recentes. Recusando-se a repousar sobre louros, ARRI estava bastante dividida nos últimos tempos. Recentemente, no outono do hemisfério norte de 2013 durante o IBC, a ARRI introduziu uma filmadora de mão extremamente bem equilibrada (contudo não é leve): a AMIRA e no último outono (de novo do hemisfério norte) entregou 30 câmeras para NFL Films, a rede exclusiva da liga de futebol americano dos Estados Unidos. Esta é uma das redes televisas mais importante dos Estados Unidos devido ao tamanho do fanatismo dos americanos pelo futebol deles. E a NFL escolheu a AMIRA para substituir as câmeras de 16 milímetros após mais de 50 anos. (Eles estão mantendo “Films” no nome, no entanto.)

No outono do ano passado, a primeira atualização de software da AMIRA trouxe, entre outras coisas, suporte Bluetooth para monitoramento do áudio (ótimo!), Suporte Ethernet para controle remoto e exibição em laptop do painel LCD da AMIRA  (ótimo!), e uma indicação no visor da formação de onda (mais uma vez, ótimo!). A atualização 2.0 adiciona suporte Wi-Fi para iOS e Android para monitores de LCD do painel de controle da AMIRA e também o primeiro processo interno de gravação de 4K (UHD) com o ProRes da ARRI, que filma em até 60fps através de um aumento de 1,2x para 3840 x 2160. (Alguns desses recursos não são grátis e exigem a compra on-line a partir do ARRI License Shop. Atualizar para o 4K também requer a calibração do sensor em um centro de serviço ARRI.)

Porém uma coisa é certa com a AMIRA, não é uma câmera para iniciantes. Se você vier a possuir uma, comprar uma melhor nunca iria passar por sua mente. Devido ao seu peso e forma, ela se instala com tranquilidade no ombro, o que naturalmente dimunui tremores, fazendo gravações estáveis ​​sem necessidade estabilização de imagem, como nos velhos tempos de câmeras de filme. O visor é tão nítido e com aparência tão natural (como um visor óptico), que é difícil ficar com muita dúvida sobre o foco. Esta é uma câmera de mão que permite, ao longo do tempo, que você amorosamente desenvolva uma técnica pessoal para utiliza-la.

ARRI-ALEXA

Post anterior

Fotografias mais estáveis: como tirar?

Próximo post

Lente Nikon 10.5mm f/2.8G ED DX Fisheye: qualidade e nitidez a favor da criatividade

O Autor

Lucas Couto

Lucas Couto

Sou produtor de filmes independente e economista, com interesses em estudar a economia criativa e tudo que ela pode oferecer.