Home»Artigos de Foto e Vídeo»Festival de Fotografia de Tiradentes chega a sua 7ª edição

Festival de Fotografia de Tiradentes chega a sua 7ª edição

eMania
4
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Entre os dias 22 e 26 de março, a fotografia entra em cena na histórica Tiradentes. A sétima edição do Festival de Fotografia promove o intercâmbio de experiências entre amadores e profissionais de todo o mundo, além de reunir artistas e curadores para discutir a fotografia contemporânea e a expressão desta arte.

Com uma programação extensa, o festival contará com a presença dos renomados fotógrafos espanhóis J.R. Duran e Cristina de Middel, que apresentarão seus projetos relacionados à fotografia. No dia 24, às 14h, o fotógrafo J.R. Duran participará do debate sobre a Rev. Nacional, a qual é o editor, e que será mediado pelo professor Rubens Fernandes Junior. O encontro, realizado no Centro Cultural Yves Alves, marca também o lançamento da oitava edição da publicação, que aborda o trabalho fotográfico de J.R. Duran sob a ótica dos mais diversos perfis e ofícios dos brasileiros, promovendo uma reflexão acerca do futuro do país.

A tree reflex in a road close to the Carajas National Forest. Collecting data on the harpy´s habitat before the deforesting is one of the major challenges of researchers.
Photo: JOAO MARCOS ROSA

Já a fotógrafa Cristina de Middel, será entrevistada pelo diretor do FotoRio, Milton Guran no dia 25, às 14h. Reconhecida como uma das referências na edição de fotolivros, Cristina de Middel investiga a relação ambígua entre a fotografia e a verdade. Mediante a combinação de documentos e práticas fotográficas conceituais, sua obra leva o público a questionar a linguagem e a veracidade da fotografia como documento, e joga com reconstruções e arquétipos que distorcem a fronteira entre a realidade e a ficção.

Outro destaque da 7ª edição é a mostra fotográfica “Oriente Risco”, que apresenta obras de 17 profissionais residentes no nordeste do país, selecionados por meio de convocatória pública realizada em 2016, com uma edição produzida exclusivamente para o Festival de Fotografia de Tiradentes. Além disso, estão programadas palestras e projeções noturnas no dia 24 e 25 de março.

Consolidado como um dos eventos nacionais mais importantes para a fotografia autoral brasileira, o festival apresenta, este ano, exposições, workshops, palestras, debates, lançamentos de livros, projeções noturnas e atividades educativas voltadas para a comunidade local.

Durante os cinco dias de realização do evento, aqueles que passarem pelo centro histórico de Tiradentes poderão participar de ações diferenciadas ligadas à arte da fotografia. “A programação do Festival transita entre a contemplação e a qualificação. As pessoas poderão participar de palestras, workshops e exposições temáticas, que ampliarão seus conhecimentos sobre os rumos da fotografia”, explica o curador do evento Eugênio Sávio.

Reunindo um time de profissionais conceituados, o Festival retratará a riqueza e a diversidade da fotografia brasileira. De acordo com Eugênio, profissionais de renome nacional e internacional, com produção artística representativa no cenário da fotografia, participarão das atividades. Entre os confirmados estão Anna Kahn, Alexandre Belém, Daniel Sosa, Éder Chiodetto, Inês Bonduki, Joaquim Paiva, Mauro Restiffe, Nydia Negromonte, Patrícia Veloso, Rafael Roccato, Renata Marquez, Rogério Assis. “O objetivo é fomentar a relevância e a beleza desta arte para a sociedade. Por isso, oferecemos uma programação gratuita, capaz de agradar a todas as pessoas”, destaca Eugênio.

Cerca de 20 artistas foram convidados para ministrar 15 palestras gratuitas e 15 workshops que estão com chamadas abertas para inscrição antecipada pelo site: www.fotoempauta.com.br/festival2017/workshop/. Os cursos de qualificação visam estimular a produção criativa em diferentes possibilidades e explorar a fotografia na arte contemporânea e na capacidade crítica de criar novos mundos.

FOTO ELZA LIMA
USO AUTORIZADO SOMENTE NA DIVULGACAO DO FESTIVAL DE FOTOGRAFIA DE TIRADENTES 2017 – FOTO EM PAUTA

Lançamento de Fotolivros

 A 7ª edição do Festival de Fotografia de Tiradentes marca também o lançamento de fotolivros de 20 autores brasileiros, que acontecerão durante o Festival no Sobrado Quatro Cantos, na rua Direita, 5.  Como destaque, dentre os lançamentos, está a obra “ZOO”, do fotógrafo mineiro João Castilho, que retrata diversos animais silvestres em ambientes residenciais. Embora possa parecer simples, deslocar um animal de seu ambiente natural para um ambiente doméstico causa um grande estranhamento para o animal e também para as pessoas. O principal objetivo do autor nesse trabalho é explorar uma tensão entre animal, deslocado de seu lugar habitual, e homem (fotógrafo) dentro de seu suposto lugar de conforto.

 Com a narrativa direcionada ao universo feminino, o fotolivro “Sereias”, dos fotógrafos Fernanda Oliveira e Sérgio Carvalho, revela o mundo das pescadoras artesanais no Ceará. Personagens como Cleomar, Márcia, Maria Cabelão e Sidnéia são retratadas pela dupla de fotógrafos que, ao longo de 4 anos, pesquisou e documentou a vida e o ofício de quem cuida da casa e se lança ao mar, vencendo medos e preconceitos de uma atividade dominada por homens.

Já o fotolivro “Chuva Fora de Lugar”, do fotógrafo Davilym Dourado, retrata um manifesto em favor da natureza, que reflete as mudanças climáticas que fragilizam a humanidade. O trabalho proporciona uma tomada de consciência sobre a relação do homem com o meio ambiente.

A obra “Pequena rota do insuspeitável”, do fotógrafo Cyro Almeida, reúne os registros fotográficos de diversos personagens encontrados na periferia de Belém (PA). A narrativa visual que compõe o livro foi planejada a partir da rota das vans (transporte urbano alternativo e não regulamentado) que ligam bairros periféricos considerados áreas de risco da violência. As fotografias não tratam da violência urbana, mas desafiam a pensar como a representação estereotipada, a distinção social e fantasia do medo, quando repetidas exaustivamente contra essas regiões periféricas, reforçam estigmas e a própria violência que criticam.

Outra grande novidade é a exibição da mostra de fotolivros vinda do Centro de Fotografia de Montevidéu, Uruguai, que reúne 32 obras de artistas de diferentes locais da América Latina e da Península Ibérica. A exposição estará disponível no Centro de Cultura da UFMG. A entrada é gratuita.

Sobre o Festival

Desde 2004 o projeto Foto em Pauta realiza em Belo Horizonte debates gratuitos e abertos ao público sobre o trabalho fotográfico brasileiro, além de possibilitar aos convidados conhecer a obra de grandes artistas e conversar com os próprios autores sobre a concepção do seu trabalho. Em Tiradentes, o Festival de Fotografia é realizado desde 2011 com a mesma proposta de divulgar a produção fotográfica brasileira, e fomentar o desenvolvimento da linguagem artística no Brasil.

A realização do evento ganhou força graças à solidificação das parcerias com apoiadores e patrocinadores, bem como a colaboração dos fotógrafos envolvidos, que participam das exposições e ministram palestras e workshops. O Festival é realizado com os benefícios da Lei Federal de Incentivo à Cultura e da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais; tem o patrocínio da Oi e do Itaú, e o apoio do Oi Futuro, Itaú Cultural, SESI, UFMG e FIAT.

Do seu início até hoje, o Festival de Fotografia de Tiradentes impressiona pelos números: já reuniu trabalhos de 466 fotógrafos em 55 exposições, além de lançar 68 livros de fotógrafos e realizar 77 palestras e 91 cursos e workshops. Todo este esforço demonstra a importância do festival para o debate e a democratização da fotografia autoral brasileira. E os resultados já podem ser sentidos nesta edição, que já recebeu 563 autores inscritos para duas convocatórias abertas ao público, com fotografias e livros recebidos de todos os lados do Brasil.

Beleza Americana
Foto Paula Clerman

Como chegar

Os eventos do Festival de Fotografia de Tiradentes estarão concentrados no Centro Cultural Yves Alves, na Rua Direita, nº168. Tiradentes fica situada na região do Campo das Vertentes de Minas Gerais, a 203 km de Belo Horizonte e a apenas 12 km de São João del Rei, outra importante cidade histórica mineira que merece ser visitada. Se você pretende ir de ônibus, pesquise ônibus para São João del Rei.

Serviço

7º Festival de Fotografia de Tiradentes

Data: 22 a 26 de março de 2017

Locais: Centro Cultural Yves Alves, Rua Direita, nº168 – Tiradentes/MG

Inscrições para as oficinas: www.fotoempauta.com.br/festival2017/workshop/

Informações sobre o festival: www.fotoempauta.com.br/festival2017

Nas redes sociais:

Facebook: www.facebook.com/fotoempauta/

Flickr: www.flickr.com/photos/fotoempauta/

Instagram: @fotoempauta

Twitter: https://twitter.com/fotoempautatwitter.com/fotoempauta/

Youtube: www.youtube.com/user/fotoempauta

Post anterior

Como fotografar raios e relâmpagos?

Próximo post

MULHERES NA FOTOGRAFIA: DIANE ARBUS, A FOTÓGRAFA DO COTIDIANO