Home»Artigos de Foto e Video»Sony: liderança em diversos segmentos tecnológicos

Sony: liderança em diversos segmentos tecnológicos

2
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

A Sony é considerada uma das principais empresas de tecnologia avançada da história. Explorando diversos segmentos como equipamentos eletrônicos domésticos, video games, celulares e máquinas fotográficas, a Sony conseguiu emplacar diversos produtos em listas de melhores e mais avançados equipamentos. Quer saber como tudo começou? O Blog eMania – Foto e Vídeo te conta.

História da Sony

A Sony nasceu no dia 7 de maio de 1946, em um Japão pós-guerra. A primeira sede da, ainda pequena, companhia, foi em um armazém destruído por bombas em Tóquio. Os responsáveis pela empresa foram Masaru Ibuka e Akio Morita, engenheiro e físico, respectivamente.
Morita nasceu em 1921 em uma família rica. Ele seria o herdeiro de um negócio forte de saquê no Japão. No entanto, Morita tinha paixão pela música clássica ocidental e por revistas eletrônicas japonesas, das quais era assinante de várias. Com interesse pela eletrônica, ele decidiu estudar física na Universidade Imperial de Osaka.
Com a licenciatura concluída, em 1944, Morita foi admitido como tenente na Marinha Imperial e iniciou a sua vida profissional no Centro de Pesquisa Naval Japonês. Foi nesse período que os destinos de Morita e Masaru Ibuka se encontraram. Ibuka, que também tinha interesse em eletrônica e tecnologia, tinha planos de criar produtos inovadores. Seu primeiro projeto, que não foi tão bem sucedido como gostaria, foi o de uma máquina elétrica para cozinhar arroz. Posteriormente, Ibuka desenvolveu almofadas elétricas aquecidas que foram sucesso de mercado e garantiram uma situação financeira confortável para o jovem empresário poder explorar outros caminhos.
Interessado pelos projetos de Ibuka, Morita abandonou a carreira militar e se juntou ao colega com um investimento de aproximadamente 190 mil ienes para criar uma empresa – que se tornaria a Sony.
No início, com apenas 20 empregados, o embrião da Sony fazia serviços de reparos de equipamentos elétricos e tentava construir seus próprios produtos ao mesmo tempo, porém, com nenhum maquinário e equipamentos científicos escassos.

Os primeiros produtos

A primeira tentativa de produto próprio da dupla de empreendedores foi um leitor de fita magnética destinado ao mercado de ensino da língua inglesa, que teve uma enorme aceitação junto às escolas e universidades locais. Porém, por causa do desgaste financeiro da guerra, os japoneses não tinham condições de investir em produtos eletrônicos sofisticados e o projeto não obteve muito sucesso.
Em 1950, a empresa investiu então no Soni-Tape, o primeiro cassete de gravação. O produto foi sucedido rapidamente pelo primeiro gravador de fitas cassetes magnético do Japão, chamado de G-Type. Ele pesava 35 quilos.

tumblr_n4l8spZSmQ1s6mxo0o1_1280

Consolidação da empresa

Em 1954 a empresa, que ainda se chamava Tokyo Tsushin Kogyo K.K. ganhou a licença para fabricar transistores. O transistor foi inventado nos Estados Unidos, mas ainda não era utilizado em rádios – que na época funcionavam a válvulas. A inovação foi, então, a produção do primeiro transistor japonês em 1954 e, no ano seguinte, o primeiro rádio transistor da história, já com a marca “Sony”.
Os rádios da Sony eram pequenos e portáteis e conquistaram o mundo pela qualidade e inovação. Pelo sucesso, em 1955 a empresa começou a utilizar o logotipo da Sony mesmo em produtos da Tosuko e em 1958, finalmente, o nome da marca foi mudado para Sony Corporation.

sony-tr-55

Inovação

A Sony Corporation foi responsável por diversos produtos inovadores. Foi ela que lançou a primeira televisão transistorizada do mundo (1960); a primeira televisão miniatura (1962); o primeiro vídeo-gravador doméstico do mundo (1964); o primeiro equipamento portátil de Vídeo Tape (1967); o primeiro rádio-relógio digital (1968); o primeiro vídeo-gravador a cores (1971); os gravadores Betamax (1975), o primeiro sistema de vídeo doméstico do mundo; a câmera eletrônica (1981); o primeiro leitor de CD do mundo (1982); a primeira câmera de vídeo (1983); o primeiro CD player portátil (1984); o primeiro VTR Digital (1985); o vídeo de 8 mm (1988); o micro-disquetes de 3.5 polegadas (1989); e o primeiro disco CD-RW (1997), conhecido como CD regravável.

Sony Internacional

Em 1960 foi fundada, nos Estados Unidos, a Sony Corporation of America e foi a partir daí que a marca começou a dominar o mercado mundial. A subsidiária inglesa foi aberta em 1968, aproximando a Sony também da Europa.
Presente nos continentes com o mercado mais forte – América, Europa e Ásia – a Sony começou a dominar o mercado em diversos outros setores eletrônicos como o de celulares, video games (com o Playstation), computadores pessoais (VAIO), televisões de LCD (Bravia) e câmeras fotográficas (Cybershot). A Sony é considerada, inclusive, uma das principais pioneiras das câmeras digitais.

sony_cyber_shot

Sony-Ericsson

A Sony se juntou com a empresa sueca Ericsson em 2001, formando uma joint-venture para a produção de telefones celulares. O objetivo da união foi combinar a qualidade e a liderança tecnológica da Sony com a excelência da Ericsson no setor de telecomunicação. De 2001 e 2011 o sucesso de vendas da Sony-Ericsson foi inegável, tento os seus celulares no topo das listas de consumo.
Em 2012, todavia, a parceria foi desfeita e a Sony-Ericsson se tornou a Sony Mobile Communications.

Câmera digital mais importante da história

Apesar de a Sony ter explorado diversos setores tecnológicos, as câmeras fotográficas da marca têm um destaque importante no mercado.
Em pesquisa da revista Photography Monthly, uma dessas câmeras foi emplacada como 6ª câmera digital mais importante da história da fotografia: a Sony Mavica, lançada em 1997.

Exif JPEG
Exif JPEG

Considerada por muitos especialistas como a primeira câmera digital da nova geração, a Mavica representava, nos anos 90, 40% das vendas de todas as câmeras digitais dos Estados Unidos.

Comentários

comentários

Post anterior

A LINGUAGEM NARRATIVA DO CINEMA E DA FOTOGRAFIA: “ OS PLANOS DE UMA CENA “

Próximo post

5 Dicas para Tornar Suas Fotografias com Smartphone um Sucesso