Home»Dicas de Fotografia»É melhor usar o zoom óptico, ou se aproximar do objeto para fotografar?

É melhor usar o zoom óptico, ou se aproximar do objeto para fotografar?

eMania
6
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

As câmeras fotográficas compactas digitais já apareceram no mercado oferecendo a função de zoom em uma época em que as câmeras compactas analógicas dominavam o mundo da fotografia e não possuíam esse recurso, apenas o zoom óptico. Os usuários das novas câmeras, então, passaram a usar esse zoom pela facilidade de não precisar mais de aproximar de algo para fazer a fotografia, bastava acionar o novo recurso.
A verdade é que o zoom funciona justamente para isso: não precisar mais chegar perto de algo que se deseja fotografar, no entanto, há uma grande diferença entre a imagem feita com esse recurso e a imagem na qual o fotógrafo se deu o trabalho de chegar perto para fotografar. Por isso é importante saber quando se usar o zoom e quando usar a aproximação real.

Diferenças entre zoom óptico e zoom digital

O zoom óptico pode ser chamado também de zoom real e é a aproximação feita através do movimento de lentes na objetiva da câmera digital. Esse tipo de aproximação não prejudica a qualidade da fotografia porque é feita de maneira “analógica” que quer dizer que o que será impresso na imagem é igual ao que a lente está vendo.
Quando se trata do zoom digital, a história é diferente, porque a câmera pega um pedaço da imagem e aumenta só esse pedaço, como o zoom que se dá no computador, fazendo com que alguns detalhes da imagem se percam. Resumindo, o sensor da câmera estica a imagem.
É comum na hora de comprar uma câmera, por exemplo, que o cliente se impressione com a informação de que o equipamento tem 3x de zoom óptico e 10x de zoom digital. A informação que conta, no entanto, é a do zoom óptico, que aumenta apenas três vezes. As dez vezes do digital vai estragar com a qualidade das futuras fotos.

zoom óptico

Ângulos e perspectivas

O uso do zoom está diretamente ligado com a criação da profundidade de campo nas imagens e pode até deixar a foto chapada, sem nenhuma noção dessa profundidade, ou seja, ele pode fazer com que tudo que foi retratado na imagem pareça que está perto e no mesmo plano.
Isso acontece porque a diferença entre o zoom e a aproximação real é o ângulo de visão da lente da câmera e esse ângulo diminui com o uso do recurso de aproximação.
Os números medidos em “mm” são as distâncias focais, que é a capacidade de aproximação de uma lente. Seguindo a lógica, quanto maior for o número medido em “mm”, maior é a capacidade de aproximação da lente. Uma imagem normal, que é igual ao que o olho humano enxerga, é gerada por câmeras DSLR que estão com a distância focal de 50 mm.
O afastamento da câmera em relação ao objeto fotografado é representado por distâncias menores que 50 mm. O zoom, ou a aproximação da cena, é representado por distâncias focais maiores. As lentes fisheye, por exemplo, possuem uma distância focal muito pequena, por isso criam a distorção de imagem característica do equipamento fotográfico.

zoom óptico

A distância focal na prática

Quando você vai fotografar alguma coisa e no fundo da cena em que esse elemento está inserido há outro objeto, você vai se aproximar fisicamente do que deseja fotografar e faz a imagem sem utilizar o zoom. Desse modo, a distância entre os dois objetos vai ser retratada de modo parecido com o que enxergamos de verdade porque, sem o uso do zoom, não houve alteração de ângulo.
No caso de você não poder chegar perto do que deseja destacar na imagem e precisar usar o zoom da sua câmera, o seu equipamento vai fechar o ângulo de visão para poder chegar mais perto do objeto em destaque. Dessa maneira, a distância aparente entre os dois elementos vai ficar bem menor e vai parecer que eles estão próximos um do outro.
Quando é aplicado pouco zoom, quase não dá para perceber essa mudança, mas dependendo da intensidade da aproximação, a imagem retratada fica completamente diferente da real, principalmente se a distancia do objeto fotografado e dos objetos de fundo for grande.
Podemos citar um exemplo clássico: você está a dois metros de distância de uma pessoa e ela está a 20 metros de distância de um objeto ao fundo, por exemplo. Se você se aproximar um metro, a distância entre você e a pessoa diminuiu pela metade, mas a distância entre a pessoa e o fundo continua a mesma. Mas o zoom não funciona dessa maneira
Se levarmos em consideração a aproximação oferecida pelo zoom, se você estiver na mesma situação descrita anteriormente, ou seja, a dois metros de alguém, e usar o recurso para ficar em uma distância aparente de um metro da pessoa, ele diminui todas as distâncias pela metade, parecendo assim que o objeto no fundo está bem maior que o normal e isso faz com que ele aparente estar muito mais próximo da pessoa.
Quando o zoom for a única alternativa para retratar algo, vale a pena prestar atenção se a imagem não está sendo prejudicada por causa da perspectiva e das distâncias aparentes.

Post anterior

Corrida do Oscar já começou: veja quem larga na frente

Próximo post

Como fazer time-lapse da noite pro dia (e vice-versa)