Home»Artigos de Foto e Vídeo»As imagens marcantes da Copa Libertadores 2018

As imagens marcantes da Copa Libertadores 2018

eMania https://blog.emania.com.br/content/uploads/2015/05/logotipo.png
eMania
1
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

No último domingo, depois de muitas confusões, trocas da datas e claras demonstrações de incompetência administrativa, a final da Copa Libertadores da América foi disputada na cidade de Madri. E o clássico máximo do futebol argentino disputado entre River Plate e Boca Juniors teve emoção de sobra com imagens marcantes e uma memorável vitória riverista por 3 a 1 na prorrogação.

Porém, as imagens marcantes da competição não se reduziram única e exclusivamente ao duelo jogado na capital da Espanha. Afinal de contas, o torneio começou em janeiro e quase 50 equipes entraram em campo sonhando com a conquista continental.

Logo, acompanhe a seguir uma seleção das imagens marcantes dessa edição da Copa Libertadores:

Cachorro se torna atração principal na Venezuela

Foto: Reprodução/SporTV

Em Deportivo Táchira e Macará, antes mesmo da fase de grupos, um cachorro acabou se transformando em uma das melhores imagens da Copa Libertadores 2018 após andar calmamente pelo gramado e interromper a partida em solo venezuelano.

Duro choque entre Dedé e Esteban Andrada

Foto: Gustavo Garello/Associated Press/Estadão Conteúdo

Em jogo das oitavas de final da competição disputada na Argentina, o zagueiro Dedé, do Cruzeiro, e o goleiro Esteban Andrada, do Boca Juniors, acabou fraturando o maxilar e rendeu uma expulsão ao defensor brasileiro.

Treino aberto do Boca Juniors com lotação absoluta

Foto: Divulgação

Durante a semana do primeiro jogo da decisão entre Boca Juniors e River Plate, um treino aberto em La Bombonera levou um largo contingente de torcedores que chegou a superlotar o estádio e interditar o mesmo.

Fotógrafo aguarda partida decisiva tirando um cochilo

Em meio a expectativa para o segundo jogo da final que não aconteceu em função das agressões ao ônibus do Boca Juniors nos arredores do estádio Monumental de Núñez, um dos fotógrafos credenciados para a decisão preferiu aguardar o veredito se haveria ou não a partida de uma maneira bem relaxada ao lado de sua câmera.

Comente

Post anterior

Vencedor do Pulitzer é desafiado a fotografar com câmera de baixo custo

Próximo post

Assistente de fotógrafo: Por que ser um?

O Autor

Alberto Barbosa

Alberto Barbosa

Formado em jornalismo no ano de 2012 pelo Centro Universitário FIAM, atuou em diversos segmentos da comunicação como editoras e sites de conteúdo esportivo. Foi editor e repórter do Universo dos Sports e hoje é, além de freelancer, Editor-Chefe do Futebol Latino e também do blog eMania.