Home»Artigos de Foto e Vídeo»Exposição fotográfica conta dura história de metrópoles latino-americanas

Exposição fotográfica conta dura história de metrópoles latino-americanas

eMania https://blog.emania.com.br/content/uploads/2015/05/logotipo.png
eMania
1
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

“A experiência das ruas urbanas, das luzes piscantes, do fluxo dos transeuntes, o ritmo da atividade, seu som e aroma, sua atmosfera, tudo isso se transforma no objeto do olhar fotográfico.” É dessa forma, direta e profunda, que os curadores da exposição fotográfica Urban Impulses (Impulsos Urbanos, em tradução literal) tentaram transmitir na exposição fotográfica que está sendo feita na cidade de Londres.

Mais precisamente na The Photographers Gallery, uma galeria pública que fica na capital inglesa e que, além de exposições, recebe também premiações como a Deutsche Börse Photography Prize ou a Bar-Tur Photobook.

exposicao-fotografica-conta-dura-historia-de-metropoles-latino-americanas-Blog-eMania-1-15-08
Foto: Ataulfo Perez Aznar

Além desse desejo de “passar a limpo” como foi a história das grandes cidades da América Latina mediante a realidade de intensos conflitos e regimes ditatoriais, a exposição fotográfica também demonstra ter outro objetivo claro: Exibir de que maneira as técnicas e conhecimento da fotografia local foram impulsionados a evolução por meio de diversos nomes que estão marcados na história. Mesmo com a ausência de um “norte” e a constante presença de obstáculos como, por exemplo, as guerras urbanas.

Alguns deles foram exemplos de gênios com a câmera na mão citados pelos próprios curadores da exposição, María Wills e Alexis Fabry, como o cubano Alberto Korda, a mexicana Graciela Iturbide ou o chileno Sergio Larrain.

exposicao-fotografica-conta-dura-historia-de-metropoles-latino-americanas-Blog-eMania-15-08
Foto: Fernando Bedoya

“Na América Latina, a fotografia funcionou como testemunho e como forma de afirmar posições políticas para combater os regimes autoritários. Citemos como exemplo o Chile, onde na época de Pinochet houve toda uma geração de fotógrafos que optaram pela fotografia como meio de expressão devido ao contexto político que os cercava. Claudio Pérez e os irmãos Montecino provavelmente nunca teriam sido fotógrafos se não fosse por essa conjuntura. Há pouquíssimos casos de contextos que geraram fotógrafos, e este é um deles”, disse Alexis em entrevista ao portal El País.

Comente

Post anterior

Case Rígido para Transporte. A Proteção Certa para seus Equipamentos.

Próximo post

Batalha de Câmeras 4K - Blackmagic Pocket 4K vs Canon EOS R vs FujiFilm XT3

O Autor

Alberto Barbosa

Alberto Barbosa

Formado em jornalismo no ano de 2012 pelo Centro Universitário FIAM, atuou em diversos segmentos da comunicação como editoras e sites de conteúdo esportivo. Foi editor e repórter do Universo dos Sports e hoje é, além de freelancer, Editor-Chefe do Futebol Latino e também do blog eMania.