Home»Artigos»GoPro salva a vida de jornalista iraquiano em zona de guerra

GoPro salva a vida de jornalista iraquiano em zona de guerra

4
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Assim como é possível acontecer em outras profissões que envolvem a paixão pela arte, quando questionados sobre a relação que possuem com o que escolheram para a sua vida profissional, não é difícil ter como resposta que “É toda uma vida dedicada a fotografia, filmagem etc.” ou mesmo que “A câmera já se tornou uma extensão do próprio corpo.”

Se existia alguma dúvida de que essa frase poderia algum dia fazer mais sentido do que pensando na metáfora, um caso envolvendo o jornalista iraquiano Ammar Alwaely certamente vai trazer uma boa dose de realidade a ambas as afirmações.

gopro-salva-a-vida-de-jornalista-iraquiano-em-zona-de-guerra-no-iraque-eMania-2-19-05

Enquanto fazia mais um dia de cobertura a respeito das perigosas zonas de guerra de seu país na cidade de Mosul, a terceira maior cidade do país, Ammar esteve muito perto de estar em sua última cobertura não por um motivo de aposentadoria, mas sim pelo iminente risco de morte estando sob a mira de um atirador de elite do ISIS.

Provavelmente desconfiando ou incomodado com a presença de Alwaely e seus colegas no local, o atirador deu um tiro praticamente certeiro em direção ao peito do iraquiano . Porém, ele não contava que a sua bala acertaria precisamente na lente da câmera GoPro que estava posicionada no ombro esquerdo do repórter a fim de dar uma perspectiva mais real a caminhada do profissional na perigosa zona de conflito.

gopro-salva-a-vida-de-jornalista-iraquiano-em-zona-de-guerra-no-iraque-eMania-1-19-05

Logo após o tiro, ele e seus companheiros foram se proteger atrás do veículo militar em que estavam em um tom praticamente de incredulidade com o que havia acabado de acontecer misturado ao desejo de saber de onde havia vindo o disparo.

Ao lado de quem recebeu o tiro estava o também jornalista do veículo inglês The Sun, Owen Holdaway, que acabou captando todo o ocorrido e chegou inclusive a servir como testemunha em um relato quase que inacreditável sem o recurso da imagem:

“A explosão despedaçou a câmera, jogando plástico na cara dele (Ammar) e chegou a cortar o seu lábio. Eu percebi imediatamente que, se não tivesse acertado a câmera indo apenas alguns centímetros para a direita, acertaria o coração dele e seria fatal.”

Confira abaixo o momento em que Ammar “renasce” graças a sua GoPro:

Comentários

comentários

Post anterior

Filtro UV: Usar sempre ou eles podem afetar suas fotos?

Próximo post

Canon EOS Rebel T7i, EOS M6 e EOS 77D: Os lançamentos da Canon de 2017