Home»Artigos de Foto e Vídeo»Sequência de imagens de GoPro sobrevive por um ano no fundo do mar

Sequência de imagens de GoPro sobrevive por um ano no fundo do mar

eMania
2
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

No começo da semana passada, o YouTuber Francis Darracott encontrou uma câmera GoPro enquanto pescava na costa da Inglaterra, próximo à cidade de Poole.

Aparentemente, de acordo com as manchas no vídeo, a câmera GoPro estava embaixo d’água por quase um ano. E apesar de a estrutura a prova d’água estar danificada e cheia de sujeiras estranhas, as imagens gravadas ainda estavam recuperáveis.

A estrutura da GoPro

Mesmo sendo feita para aguentar situações extremas, a câmera de ação GoPro não resistiu aos meses em que esteve imersa na água salgada, que corroeu a maioria dos componentes mais externos do equipamento. No entanto, o cartão de memória ainda estava intacto, e as imagens curiosas do fundo do mar puderam ser recuperadas.

As imagens

As imagens encontradas por Darracott, depois de ele ter limpado e transferido o vídeo para o computador, mostram um mergulhador pulando na água com o equipamento profissional que, claramente, se desprende do dono e cai ao chão. Segundo o YouTuber, a câmera continuou filmando por mais meia hora depois disso ter acontecido.

Ao ver o vídeo, é possível ouvir algumas tentativas de recuperação do aparelho. Em seguida, a câmera se move com a força de uma corrente d’água, dando outra perspectiva ao vídeo.

Como era o esperado, não acontece muita coisa por um tempo – a vida marinha parece ser vagarosa – até que algo curioso e interessante aparece na frente de nossos olhos:

Tudo isso significa que agora a comunidade tem à disposição três minutos de imagens interessantes vistas do fundo do oceano – cortesia de quem quer que seja que perdeu essa GoPro naquele local. Uma perspectiva difícil de ser encontrada, afinal, ninguém fica tanto tempo submerso em busca de imagens da vida marinha.

Reflexão sobre a tecnologia atual

Esse vídeo pode ser usado para fazermos uma reflexão sobre a vida útil da tecnologia que temos hoje em dia. Mesmo uma GoPro, feita para ser resistente e “sobreviver” a situações extremas, não aguentou os 11 meses embaixo d’água. Mas 11 meses seria muito, ou pouco para uma máquina resistir às forças da natureza?

Agora, Darracott quer encontrar o dono original da câmera para devolver a ele as imagens reveladas pelo pescador.
Bem… Mesmo que a sua câmera de ação tenha desaparecido por entre as ondas, não se desespera – você pode consegui-la de volta um dia.

Saiba como a GoPro surgiu

A GoPro é relativamente nova, mas hoje em dia é difícil encontrar alguém que ainda não a conheça, ou que não conheça as imagens magníficas que ela produz. Porém, ainda é raro encontrar alguém que saiba como a história dessa pequena notável começou. Então confira um breve relato do começo dessa revolução na fotografia:

A história da GoPro começou em 2002 com iniciativa de Nicholas Woodman, formado em artes visuais pela Universidade da Califórnia. Woodman era praticante de esportes radicais e amante do surfe. Por ser artista, uma de suas vontades era fazer imagens dessas aventuras radicais, no entanto, isso nunca foi possível por causa dos equipamentos que não eram propícios para fotografar uma manobra de surfe e também porque os fotógrafos raramente conseguiam chegar onde um surfista chega na onda do mar.

gopro 2

Por isso, Woodman pensou em desenvolver uma câmera portátil, resistente e à prova d’água que seria capaz de registrar os momentos de um ponto de vista jamais visto. Como teste, o surfista amarrou uma câmera de 35 mm ao pulso para registrar suas manobras no mar. Isso aconteceu em março de 2002, em uma temporada de surfe na Austrália e na Indonesia. O resultado: imagens únicas que só poderiam ser capturadas por uma câmera portátil feita para isso.

Post anterior

Momentos inesquecíveis das Olimpíadas: 4 acontecimentos que marcaram a história

Próximo post

Seguro Equipamentos Fotográficos: Tudo o que você precisa saber...