Indústria Fotográfica em 2022 teve recuperação da “Cultura Retrô”

0 366

Com o término do ano de 2022 e o início recém-consolidado, além de todos os desejos de um Feliz e Próspero Ano Novo para o mundo da fotografia, é o momento de olhar para os números proporcionados nas diferentes áreas da indústria fotográfica e suas variantes.

Baseado em números que foram apurados pelo portal Digital Photograph Review, o Blog eMania fará um apanhado das principais estatísticas. E, para trazer uma abordagem mais detalhada de conteúdo tão relevante, a análise sobre os dados da indústria fotográfica será feita em duas partes com elementos distintos.

Indústria Fotográfica em 2022 teve recuperação da "Cultura Retrô"

Antes de abordar os números em si, vamos avaliar de maneira mais detalhada uma característica que parece cada vez mais distante do constante desejo de modernidade das gerações mais novas: a recuperação do que foi batizado como “retro-tech” ou, em termos mais simples, a cultura retrô.

Não à toa, dentre os destaque na apresentação montada pelo veículo especializado no mundo fotográfico, o destaque ficou para a mobilização que envolveu desde o uso de câmeras “point and shoot” até mesmo a possibilidade de adquirir smartphones antigos. Como, por exemplo, o iPhone 3G, produzido no hoje bastante tecnologicamente distante ano de 2008.

Indústria Fotográfica em 2022 teve recuperação da "Cultura Retrô"
Divulgação/Apple

Apesar desse caráter de resgate de elementos mais ligados ao passado, o portal também menciona a verdadeira “explosão” de um símbolo tanto dos tempos modernos como do conteúdo entregue em larga escala e curta (por vezes curtíssima) duração: o TikTok.

– Em termos de tendências, 2022 foi o ano da “tecnologia retrô” e do TikTok. A tecnologia de câmera mais antiga viu um ressurgimento com a Geração Z por sua aparência “retrô”. As pesquisas do Google por ‘iPhone 3G’ dispararam em fevereiro de 2022 e a #retrotech foi tendência ao longo do ano, com usuários de mídia social criando milhares e milhares de vídeos de Gen Zs experimentando smartphones mais antigos além do uso de câmeras point and shoot – destacou o DPReview.

Ícone "Verificada pela comunidade"
você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.