Home»Dicas de Fotografia»O que levar em conta na hora de comprar filtros de lente ?

O que levar em conta na hora de comprar filtros de lente ?

eMania https://blog.emania.com.br/content/uploads/2015/05/logotipo.png
eMania
1
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Seja para proteger a sua lente ou conseguir efeitos em sua fotografia, uma hora ou outra vai precisar trabalhar com os filtros para câmera. Esses acessórios fotográficos têm muitas funções, modelos, marcas e preços para disputar a sua atenção.

Com tantas diferenças assim, qualquer fotógrafo pode se ver perdido na hora de comprar filtros para a lente de sua câmera. Afinal, como chegar a melhor opção para o seu caso? Devemos escolher o filtro mais barato?

Veja neste artigo as principais questões para levar em conta antes de comprar um filtro de câmera. Conheça as principais diferenças entre eles e fique preparado para fazer o seu pedido de forma mais inteligente.

Para que serve o filtro?

Antes de comprar um filtro de lente defina qual será a utilização desse acessório. Como já foi dito antes, eles podem ser usados para diferentes finalidades. Sendo assim, é importante compreender o objetivo com o filtro para fazer a aquisição correta.

Para você ter uma ideia, os filtros para lente são classificados em 4 grupos principais. São eles:

Filtros de proteção

Como o próprio nome sugere, os filtros protetores servem para proteger a lente e sensor da câmera. Eles atuam no bloqueio de raios ultravioleta, por exemplo, evitando que essa luminosidade afete a sua fotografia.

Além dos filtros UV, existem os Sky e outros modelos semelhantes para pequenas correções de cores e iluminação. Já a proteção da lente contra riscos, batidas e poeiras também é feita por filtros dessa categoria.

Filtros de correção

Os filtros de lente para correção ajudam a resolver alguns problemas na fotografia, que não poderiam ser corrigidos diretamente na câmera.

Dentro desse item se encaixam ainda os filtros para correção de contraste, polarizadores, densidade neutra, compensação, conversão e balanceamento.

Filtros de efeitos

Ajudam a criar efeitos na fotografia diretamente na captura, dispensando a necessidade de pós-processamento em suas imagens. Esses acessórios podem realçar partes da foto, alterar o foco e gerar uma série de efeitos muito úteis. Dois exemplos muito comuns desses modelos são: filtro CROSS e filtro FOG.

Filtros graduados

Já os filtros de lente graduados incorporam duas ou mais funções. Eles podem ser de correção ou efeito. Geralmente apresentam metade composta por efeitos ou correções, e a outra parte transparente.

Para ver em mais detalhes os tipos de filtros para lente e suas aplicações, leia o artigo Filtros na cinematografia.

Tipo de fixação

Depois de compreender a utilização de cada filtro, vamos conhecer os tipos de fixação desses acessórios em sua câmera DSLR.

Existem dois tipos de filtros classificados por seu modelo de fixação. O primeiro é o screw-in, fixado diretamente na câmera através das roscas localizadas na parte dianteira. O segundo é o filtro drop-in, que requer um suporte e anel para fixação frente à lente.

Os filtros de rosca mais comuns são polarizadores, UV e de densidade neutra. Já os modelos drop-in geralmente permitem a fixação de screw-in também no suporte. Apenas fique ligado se a marca e sistema escolhidos oferecem outros tipos de filtros que você pode querer usar.

Vale lembrar também que podemos encontrar filtros com ambas as formas de fixação. Esses costumam ser mais populares pela fácil aplicação e utilização mais facilitada.

Do que é feito?

O material de fabricação dos filtros para lente é o que mais determina o preço desses acessórios. Os filtros podem ser fabricados a base de vidro, resina óptica, plástico e poliéster.

Além disso, em modelos drop-in o anel para fixação costuma ser constituído de metal ou alumínio. O último costuma ser mais frágil e suscetível a queda, arranhões e/ou amassados. Os anéis em alumínio também costumam ficar presos na lente.

O material de filtros para câmera também varia de acordo com a utilização do filtro. Filtros de poliéster geralmente são usados para correção (cores e foco). Já o modelo em resina óptica costuma ser encontrado no sistema drop-in, como o filtro de densidade neutra graduada.

A resina é uma substituta do vidro, por isso não pode ser encontrada em qualquer tipo de filtro. Os polarizadores, por exemplo, precisam ser feitos em vidro especificamente. Mas ainda apresentam diferenças em relação a espessura e qualidade do vidro, o que também pode influenciar no preço.

Comparando a resistência, os filtros de vidro são frágeis em relação a quedas. Por outro lado, costumam resistir mais a arranhões do que a resina óptica.

Revestimento dos filtros de lente

Os revestimentos dos filtros de lente também são importantes. Eles ajudam na transmissão da luz, reduzir o flare, manter o contraste e reproduzir as cores de forma mais fiel. Os revestimentos de filtros também são usados para prevenir desgastes e facilitar a limpeza.

Contar com filtros com nenhum revestimento é muito perigoso para suas fotos. Todos os problemas que vimos acima podem ficar visíveis em suas imagens e você não quer isso, estou certo?

Como uma opção mediana ainda tem os filtros com apenas um revestimento. Apesar de serem melhor que os sem revestimento algum, são inferiores aos modelos multi revestidos. Filtros com múltiplos revestimentos apresentam a maior qualidade possível e por isso são mais indicados.

Entretanto, as mudanças não são tão perceptíveis assim. A melhor forma para entender as vantagens de um filtro multi revestido é fazer fotos com os três modelos e comparar as fotografias. Veja qual dessas opções mais lhe agrada e leve em conta o seu orçamento também, é claro.

Falar sobre filtros para lente não é fácil. Existe uma polêmica muito grande rondando esses equipamentos fotográficos.

Enquanto de um lado estão os defensores fanáticos da utilização de filtros, de outro marcam presença aqueles que dispensam tais acessórios. Contudo, o que mais importa não é comprar a ideia de adotar filtros, mas sim compreender as suas diferenças.

Agora que você sabe quais são as diferenças mais comuns entre os filtros, fica mais fácil compreender qual deles melhor atende a sua necessidade.

Você já usa filtros de lente em sua câmera? Quais deles escolheu e por quê? Deixe o seu comentário abaixo e ajude outros leitores a encontrarem suas respostas.

Post anterior

Os melhores modelos de Lente Fotográfica para Viagens!

Próximo post

Taxas de Compressão no Vídeo

O Autor

Nizar Escandar

Nizar Escandar

Editor Chefe do Blog eMania