Home»Dicas de Fotografia»Como escolher o melhor papel para revelar fotografias

Como escolher o melhor papel para revelar fotografias

eMania
2
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

Com o avanço da tecnologia e diversas opções para armazenamento dos registros fotográficos, como as redes sociais, cada vez menos, as pessoas têm interesse em revelar as suas fotos. Mas para quem ainda tem esse costume, na hora de escolher o melhor papel para revelar fotografias, deve-se considerar a quantidade de pixels e o tipo da impressora.

Quando se trata da quantidade de pixels da sua máquina fotográfica é preciso estar atento para que a qualidade da foto seja boa. Nesse contexto, a nitidez da imagem, as cores e definição estão diretamente relacionadas com esses pixels. Por isso, quanto mais eles forem a impressão da foto poderá ser maior e sem que isso comprometa a sua qualidade.

Já em relação ao tipo de impressora, esta pode influenciar diretamente no resultado da foto. Hoje em dia, a mais comum é a jato de tinta e a laser, sendo que esta última oferece recursos mais precisos e que garantem a qualidade da imagem.

Para você conhecer mais sobre como escolher o melhor papel para revelar fotografias confira algumas orientações importantes e continue lendo o nosso artigo, pois iremos lhe apresentar todas essas opções.

 

Quais os tipos de papel para revelar fotografias

 Muitas pessoas ainda têm dúvidas em qual tipo de papel fotográfico utilizar pra imprimir as fotos e isso depende do resultado que você deseja. Hoje, no mercado, as opções são inúmeras que vão desde texturas variadas, diferentes densidades de folha ou gramaturas, tamanhos e também de preço.

Para esclarecer melhor quais os tipos de papel para revelar fotografias, confira a relação abaixo dos modelos disponíveis:

 papel-para-revelar-fotografias_00002

  • Papel brilhante: para quem quer imprimir fotos em que as cores fiquem bem vibrantes, esse tipo de papel é o mais recomendado, já que ele irá ressaltar na imagem os detalhes. Entretanto, é necessário cuidado para que as digitais não danifiquem o papel.

 

  • Papel fosco: esse tipo de papel é mais recomendado para fotos em preto e branco ou se a pessoa quer conferir a imagem uma pegada mais no estilo vintage, pois o papel apresente um excelente acabamento. Quando utilizado para fotos coloridas o resultado pode não agradar, pois ele não irá destacar a imagem.

 

  • Papel semibrilhante: este tipo é o intermediário entre o papel brilhante e o fosco, variando sua qualidade desde lustrosas até acetinadas. Por isso, faça uma pesquisa para ver os resultados de fotos reveladas nesse papel semibrilhante para avaliar os resultados que ele apresenta.

 

  • Papel diferenciado: o papel diferenciado é recomendado para quem deseja obter o efeito foto-tela e realizar exposições, já que a sua densidade ou gramatura é bem diferente das demais.

 

  • Papel fibra (fiber-based papers): o diferencial desse papel se dá pela camada de gelatina que ele apresenta para garantir uma maior vida útil a fotografia, deixando-o assim mais pesada. Quem utiliza desse papel são profissionais da área e que têm um local apropriado para revelar as fotos, sendo que o tempo de secagem é extremamente demorado.

 

  • Papel resinado (resin-coatead papers): este tipo de papel apresenta uma camada plástica para impedir a atuação de substâncias químicas, garantindo assim a impermeabilidade da fotografia.

 

  • Papel cetim: o papel cetim apresenta uma superfície com textura leve e brilhante que garante impressões com alta resistência, evitando marcas de digitais, arranhões e riscos.

 

  • Papel pérola (pearl): apresenta uma textura superior aos demais e garante que as fotografias tenham imagens brilhantes no tanto certo. Além disso, não reflete a incidência de luz, garantindo um maior contraste.

papel para revelar fotografias

  • Papel tom quente e papel de contraste fixo: estes tipos não são tão conhecidos e se destacam porque papel de tom quente é produzido com cloreto e cloro-brometo de prata, indicado para imagens com cores em vermelho, marrom e amarelo. O papel de contraste fixo apresenta diferentes números de grau, que determinam o seu contraste.

 

  • Papel de contraste variável ou papel multigrade: indicado para fotografias com tons em vermelho, gerando maior contraste na imagem. Já para tons em amarelo, o efeito é contrário.

 

Essas são algumas orientações de como escolher o melhor papel para revelar fotografias de acordo com as suas necessidades de impressão.

Agora que você sabe sobre como escolher o melhor papel para revelar fotografias, que tal saber mais sobre os segredos do mundo da fotografa?

Post anterior

Conta no Instagram mostra como grupo de jovens asiáticos esbanjam suas fortunas

Próximo post

Aprenda de maneira objetiva 30 termos usados na linguagem da fotografia