O SENSOR DE IMAGEM

3 1.983

Este post é o primeiro de uma série dedicada ao sensor de imagem, onde eu vou descrever quais são os tipos e tamanhos dos sensores de imagens existentes. Eles estão presentes nas câmeras fotográficas, de cinema, de vídeo, de segurança, nos celulares e smartphones, etc. Neste post eu vou começar descrevendo como funciona um sensor de câmera (CCD, CMOS e APS). Como ele captura a luz e a transforma em imagens. E sempre lembrando que o blog eMania possui muitos posts educativos e informativos, todos relacionados com o seguimentos do audiovisual (cinema, vídeo e fotografia).

Um post muito interessante que está relacionado com esta série que eu estou escrevendo sobre o sensor de imagem, é o post  sobre “Aspec Ratio”, que descreve as proporções da tela no cinema e na fotografia. Mas agora vamos ao nosso post!

O Sensor de Imagem Digital.
O Sensor de Imagem Digital.

Mas o que é um sensor de imagem?

Vocês podem comparar um sensor digital de imagem de uma câmera digital como se fosse a retina dos nossos olhos, captando as imagens que são projetadas sobre ele e as transformando em códigos digitais.

O olho humano registra as imagens usando um processo analógico. As imagens processadas por uma câmera fotográfica, de vídeo ou de cinema digital, dependem de um processo de conversão analógico digital.

O sensor digital de imagem é literalmente um chip, um dispositivo de carga acoplada que captura a luminosidade das imagens que são projetadas continuamente sobre ele, por um minúsculo painel de células fotoelétricas convertendo a energia da luz em elétrons  gerando valores diferentes de voltagem e criando um pixel. Quanto maior for a quantidade de luz que incidir sobre as células fotoelétricas do sensor fotográfico, maior será a quantidade de elétrons.

Sensor de imagem digital capturando a luz -01

Sensor de imagem digital capturando a luz -01

Sensor de imagem digital capturando a luz -02
Sensor de imagem digital capturando a luz -02

Os sensores de imagem possuem fileiras destas células fotoelétricas que convertem a luz em carga elétrica, fazendo uma varredura lendo cada pixel um a um enviando para um processador que constroem a imagem e armazena em algum tipo de armazenamento (mídia).

SENSOR DE IMAGEM

Processo de conversão analógico digital e o seu armazenamento.

https://www.youtube.com/watch?v=XPec2EaBSSM

Todo o processo de captura da luz pelo sensor, a formação das imagens e o seu armazenamento, se resumem em: amostragem / digitalização / compressão / armazenamento. Em posts futuros eu vou explicar cada uma destas etapas. E no próximo post dando continuidade a esta série, eu vou escrever sobre o CCD e o CMOS.

Abraços!

Fernando Rozzo

você pode gostar também
3 Comentários
  1. Paulo Braz Diz

    Seria possível fazer (adaptar) sensores de imagem para câmaras de 35mm, de excelente qualidade, que se tornaram absoletas com o aparecimento das digitais?
    Obrigado
    Paulo Braz – Portugal

    1. eMania News Diz

      Olá, seja sempre bem vindo(a) ao Blog eMania!
      No mercado exterior existe um conversor digital chamado “I’m Back 35” que permite adicionar um sensor Digital à antigas SLRs de 35mm.
      Obrigado, eMania Foto e Vídeo.
      Visite nosso site: https://www.emania.com.br/

  2. […] de gamma, é processo de ajuste eletrônico da curva de sensibilidade do sinal de vídeo lido dos sensores de imagem ( CCD ou CMOS). Sua função é codificar a intensidade da luminosidade na imagem obtida pela […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.