Home»Dicas de Fotografia»5 dicas para atuar com a Fotografia Fine Art

5 dicas para atuar com a Fotografia Fine Art

eMania https://blog.emania.com.br/content/uploads/2015/05/logotipo.png
eMania
3
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

A fotografia fine art é um estilo fotográfico que mistura as percepções do fotógrafo com a arte. Basicamente você traduz em uma imagem o que está pensando e precisa compartilhar exatamente esses sentimentos com quem vê o quadro.

É um tipo de fotografia ligado ao meio artístico e conceitual de um fotógrafo. Você libera seu olhar do mundo, mas nem por isso deixa de ser uma profissão e um mercado rentável.

No entanto, para transformar o hobby em uma real fotografia fine art, é preciso seguir algumas regras importantes. Você precisa de disposição, pro atividade, inspirações, conhecimento do mercado, especialização e, acima de tudo, ideias.

Veja neste post algumas dicas para trabalhar com fotografia fine art é ser realmente bem pago por isso. Descubra como transformar o seu sonho em um negócio lucrativo de verdade com as dicas abaixo!

1. Crie suas próprias oportunidades

A fotografia fine art é como qualquer carreira artística, você precisa criar o seu próprio caminho e as oportunidades para ter sucesso no mercado. Ao contrário do que acontece em uma fotografia de casamento, por exemplo, em que você tira fotos para o casal e já sabe quanto vai receber pelo trabalho, a fine art é feita a partir das inspirações do próprio fotógrafo.

Em outras palavras a imagem é criada primeiro e vendida depois. Não há um pedido prévio por determinada foto e nenhuma garantia que ela será comprada mais tarde. Por isso, é tão importante criar suas próprias oportunidades e virar-se sozinho para ter sucesso nesse mercado.

Da mesma forma você deve conhecer a fundo como funciona a comercialização dessas fotos e as oportunidades comerciais em volta delas. Muitos fotógrafos levam a fine art como um hobby, mas saiba que existe sim grandes possibilidades de ganhos. É só buscar se informar sobre o negócio fine art e preparar sua fotografia para atender a demanda do mercado.

2. Procure boas inspirações
5 dicas para atuar com a fotografia fine art

Como estamos falando de arte é preciso buscar por inspirações e eles estão por toda parte. Comece pelo básico, seguindo outros fotógrafos fine art, mas não pare por aí.

Visite teatros, cinema, galerias, museus e outros centros artísticos. Esses locais são perfeitos para encontrar inspirações e ter ideias de imagens realmente muito boas para sua fotografia fine art.

A leitura também é essencial para quem deseja trabalhar com este estilo fotográfico, não só literatura técnica mas também ficção e não ficção. Em suma, passeie livremente por todas as esferas artísticas, inclusive na música, e aproveite esse passeio para obter inspirações para seu trabalho.

3. A arte precisa ser comercial

Estamos falando de arte, mas ela precisa ser comercializável. A fotografia fine art por si só não é comercial, ou seja, você não a produz com a finalidade de vendê-la para alguém. Mas assim como pinturas em telas, por exemplo, elas podem protagonizar exposições milionárias e leilões também.

Contudo, para que isso aconteça, é necessário que você tenha um olhar comercial sobre as suas fotos. O que realmente inspira outras pessoas? O que faria com que alguém comprasse a sua foto para colocá-la em um quadro na sala de estar?

Essas são perguntas importantes de responder se você quer realmente viver de fotografia fine art. Apenas esse feeling para os negócios é que tornará suas criações vendáveis e lucrativas, proporcionando uma atuação profissional com fotografia e não apenas um hobby.

Para despertar o lado comercial de suas imagens valem algumas dicas: acostume-se a olhar para as telas e fotos comercializadas nesse meio. Busque por padrões nas imagens mais lucrativas de todos os tempos e procure descobrir o que elas têm em comum. Isso vai ajudar a produzir fotos que realmente vendam para colecionadores, expositores e entre outros fãs de arte.

Ter uma imagem bonita é essencial, mas não basta para vender sua fotografia fine art. É preciso inspirar outras pessoas e também transmitir valor em sua imagem para ser um fotógrafo fine art bem pago.

4. Procure especializar-se em um tipo de fotografia
5 dicas para atuar com a fotografia fine art

A fotografia fine art já é um estilo fotográfico e talvez você estranhe sugerir uma especialização a mais nesse meio. O fato, no entanto, é que você pode fazer uma foto fine art de inúmeras coisas, objetos e situações.

Quanto maior o seu portfólio e os diferentes tipos de fotografia que produz sobre esse olhar, mais difícil fica de se diferenciar de outros profissionais e ganhar destaque.

Atente-se para o fato de que as fotografias mais caras da história atingiram esse patamar por um motivo especial: elas são únicas. Seja pelo nome do artista que as assina, pelo seu conceito, pela composição da imagem ou qualquer outro motivo, elas não podem ser repetidas.

A maneira mais simples de fazer fotos únicas, com um alto nível de qualidade e profissionalismo, é escolher um tipo de fotografia e seguir nele. Que tal tirar fotos fine art urbanas? Ou então partir para o modelo mais conceitual ou artístico?

Descubra o que realmente mexe com você e siga por esse caminho. Deste modo você tem mais chance de ser único e, consequentemente, suas imagens terão um valor percebido muito maior.

5. Tenha um banco de ideias e as coloque em prática

Você já viu algumas dicas para aflorar o seu lado artístico e assim aumentar o seu portfólio fine art, não é mesmo? Quanto mais ideias tiver, melhor. Porém, é preciso que elas saiam da sua cabeça para se tornarem reais.

O primeiro passo para isso é registrá-las em algum lugar. Pode ser um diário, caderno de anotação, ou até mesmo um arquivo no seu computador. O mais importante é que seja um local que só você terá acesso e algo que veja com regularidade.

Depois disso é hora de pensar em como tirar as ideias que listou do papel e torna-las em fotos fine art. O que você precisa fazer para capturá-las? Quais os recursos envolvidos? Qual será o script da cena e a composição?

É lógico que você não precisa ter todos os passos mapeados, mas é importante ter ao menos uma ideia de como pretende fazer a fotografia fine art. Afinal de contas, qualquer coisa sem planejamento não passa de sonho. E, com certeza, suas ideias de fotos são mais do que isso, não é mesmo?

Comente

Post anterior

Assista a um verdadeiro curso de fotografia online gratuito

Próximo post

A digitalização de filmes pode ser bem mais simples com o Pixl-latr

O Autor

Nizar Escandar

Nizar Escandar

Editor Chefe do Blog eMania