Home»Artigos de Foto e Vídeo»A HORA MÁGICA: FOTOGRAFIAS COM BELEZA TOTALMENTE NATURAL

A HORA MÁGICA: FOTOGRAFIAS COM BELEZA TOTALMENTE NATURAL

eMania
5
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp

A famosa a hora mágica nada mais é do que o momento em que o nascer e o pôr do sol se aproximam.  Tal “fenômeno” é chamado assim porque fisicamente o sol está mais distante e as ondas de luz têm uma camada atmosférica maior para refratar, produzindo tons e cores que vão mudando a cada momento com total destaque aos tons alaranjados do céu e das nuvens, o que chama mais atenção. É o tipo perfeito de fotografia para quem gosta de tons quentes e silhuetas. E o melhor: iluminação 100% gratuita.

Engana-se quem pensa que é só no céu que as cores ficam exuberantes com uma linda textura, qualquer superfície que recebe essa incidência mais forte da luz solar reflete cores absolutamente fantásticas. Pode ser a fachada de um prédio, um jardim, uma praia, uma montanha, e até mesmo um rosto. A iluminação natural flui em praticamente qualquer “objeto fotografável”.

Tudo fica muito mais lindo durante a hora mágica, ou hora dourada, como também é conhecida. Confesso que prefiro o nascer do sol, já perdi a conta de quantas vezes pensei: hoje vou sair durante a hora mágica só pra fotografar, porém, a preguiça matinal nem sempre deixa e acabo fotografando o pôr do sol mesmo, lindamente igual.

O mais legal é que não há exatamente uma técnica para fotografar durante a hora mágica. O segredo é ir testando mesmo conforme o seu gosto. É questão de saber olhar, de sentir a beleza natural do momento. Uma dica: é bom ficar atento para não usar muita abertura, visto que sua fotografia poderá ficar um pouco sem profundidade de campo, o que diminui a beleza do momento.

Interessante que a hora mágica também é muito usada no cinema. Grandes diretores de fotografia já revelaram que preferem gravar paisagens durante o nascer ou pôr do sol.  Arrisco dizer que toda paisagem fica mais bonita durante a hora mágica.  É claro que não devemos nos prender só a esse horário. Também é possível fazer ótimas fotos nos mais variados horários. Selecionamos algumas fotografias capturadas durante a hora mágica para você ter noção da exuberância desse momento proporcionado pela natureza:

A fotografia abaixo é um ótimo exemplo de como a hora mágica foi bem usada, mais especificamente no pôr do sol. O fotógrafo deixou o objeto fotografado em primeiro plano com o céu alaranjado de cenário. Iluminação “gratuita” e linda.

a hora mágica principal

Já nessa outra, podemos observar a infinidade de tons e cores que a hora mágica proporciona. É, com certeza, um espetáculo: o amarelo, o laranja e o rosa se misturam como os tons azulados do céu.

a hora mágica 3

Não é à toa que as fotos de “pôr do sol” ou “nascer do sol” são tão populares tanto entre fotógrafos profissionais quanto amadores. Para facilitar ainda mais a sua vida, aí vai mais uma dica sobre a hora mágica: são normalmente entre os 10 ou 15 minutos (podendo durar mais ou menos) antes e depois do nascer e pôr do sol, onde temos cores mais vibrantes e uma coloração mais amarela, nos dando uma impressão de leveza e simplicidade. Outra vantagem, além da vibração maior nas cores, são as sombras mais suaves e o incrível contraste.

Como já escreveu o escritor e artista alemão, Herman Hess, “só há felicidade se não exigirmos nada do amanhã e aceitarmos do hoje, com gratidão, o que nos trouxer. A hora mágica chega sempre”. E aí, tá esperando o que pra sair correndo fotografar?

Post anterior

Saiba tudo sobre sistema de cor e espaço de cor para tirar fotos com qualidade

Próximo post

Review: A lente dupla do iPhone 7 Plus